Curiosidades

Momento do parto é eternizado com esse carimbo com placenta

0

Ser mãe é o sonho de várias mulheres. Viver a gravidez pode ser um momento mágico na vida de uma mulher, e se esse for o sonho dela, ter um filho pode ser um momento bastante esperado e imaginado. Então, nada mais justo e esperado do que a mãe querer se lembrar do momento do parto de seu filho.

Contudo, todos sabem que o momento do parto é uma hora de preocupação para várias mulheres. Por isso, vários hospitais têm adotado medidas para que a experiência do parto fique mais leve, tanto para a futura mãe, quanto para o bebê.

Uma dessas formas é o carimbo feito com a placenta do bebê recém nascido. Esse carimbo de placenta está disponível tanto na rede pública quanto na privada, e tem o objetivo de trazer uma lembrança positiva para a mãe do momento do parto e nascimento do seu filho, além de também eternizar a ligação entre a mãe e seu filho.

Carimbo

Metrópoles

O carimbo de placenta é feito pelas próprias enfermeiras obstetras. Elas limpam os coágulos de sangue da placenta antes de colorirem com tinta ou então com corante natural. Depois disso, elas a pressionam em uma folha de papel grossa e então o carimbo está pronto. O último a se fazer é colocar o nome, peso, comprimento do bebê e o horário do seu nascimento.

Segundo Suzana Feitosa, enfermeira obstetra, os carimbos de placenta ficam prontos entre 10 e 15 minutos. Ela também ressalta que eles podem ser feitos independente do tipo de parto, seja ele normal ou cesárea. O que varia é o descarte da placenta depois do nascimento da criança.

Nos casos anatomopatológicos, ou seja, quando a placenta não pode ser descartada devido a fins de estudo médico, se a mãe quiser esse carimbo para recordar do momento do parto, ele é feito com o próprio sangue.

Placenta

Metrópoles

Mesmo sabendo da existência da placenta, muitas pessoas não sabem qual é a sua importância. Ela é o órgão responsável pela troca de nutrientes durante toda a gestação. É através dela que acontece a comunicação do bebê com a mãe no período embrionário.

Além disso, a placenta também estimula os hormônios femininos durante a gestação, filtra o sangue materno e realiza trocas gasosas. Tudo isso a faz ser fundamental para o desenvolvimento do embrião.

Com relação ao carimbo de placenta, o fato é que a maioria das mães tem vontade de tê-lo e levá-lo para casa para eternizar o momento do parto. Geralmente, os hospitais particulares já têm a equipe de enfermeiras obstetras preparadas para fazer o carimbo, enquanto que nos hospitais da rede pública não é sempre que existe a possibilidade de fazer essa arte.

Dentre os hospitais da rede pública, o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), no Distrito Federal, se destaca quando o assunto é carimbo de placenta. Eles são feitos principalmente nos partos de risco. No caso de morte do bebê, normalmente, as mães aceitam o registro do parto como uma forma de lidar com o seu luto.

Lembrança

Metrópoles

Quem teve o registro do nascimento da filha com o carimbo de placenta foi a advogada Eduarda Vieira, de 26 anos. Ela guardou o registro do seu parto feito em novembro na forma do carimbo de placenta feito pela equipe do HRT.

“Meu parto foi super humanizado, fui muito bem acolhida pelas equipes. Foi algo mágico, indescritível. Eu amei a iniciativa das enfermeiras ao fazer essa arte. Poderei mostrá-la para a minha filha e terei sempre uma boa lembrança ao vê-la”, disse ela.

“Me senti muito especial recebendo o carimbo da placenta, com certeza eterniza o momento do parto. Fiquei muito feliz pelo atendimento recebido. Acho que iniciativas assim deveriam chegar a mais mães, pois é uma sensação maravilhosa”, relatou Thaís Sampaio, de 22 anos.

Fonte: Metrópoles

Imagens: Metrópoles

Inteligência artificial faz artes super-realistas a partir de textos e imagens

Previous article

3 expressões do dia a dia que abrasileiraram a Europa

Next article

Comments

Comments are closed.