Curiosidades

Qual a diferença entre cesárea e parto normal?

0

gravidez é, na maioria das vezes, um momento mágico na vida de uma mulher, capaz de mudar toda a percepção que ela anteriormente tinha sobre a vida. Assim, ter um filho pode ser um momento bastante esperado e imaginado. Mas nesse período, a mulher tem que fazer várias escolhas. Uma delas é a de como será o seu parto.

O parto pode acontecer de duas formas. O chamado parto normal, que se considera a forma natural de dar à luz, é quando o bebê passa pelo canal vaginal, e a cesárea é a forma feita através de uma cirurgia por um obstetra, em que ele faz um corte na região abdominal para permitir o nascimento do bebê.

Claro que essas duas opções de nascimento são bem diferentes e têm seus prós e contras. No parto normal, a mulher tem um tempo de recuperação mais rápido, um menor risco de infecção e o bebê tem um risco menor de apresentar problemas respiratórios.

Em contrapartida, a cesárea pode ser a melhor opção para a futura mãe quando se vê o risco de complicações tanto para a mulher como para o bebê, como por exemplo, diabetes gestacional, ou situações emergenciais, como ruptura uterina ou infecção da placenta.

Para que uma das formas de parto seja escolhida, a mulher deve ter a orientação do seu obstetra. Ele deve levar em consideração o desejo da futura mãe, e também analisar o estado geral da saúde tanto da mãe como do bebê. Além disso, é necessário observar quais são os possíveis riscos relacionados com cada uma dessas formas de dar à luz.

Diferenças

Corretora Cedro

Como dito, é claro que essas formas de dar à luz se diferem entre si, tanto com relação ao trabalho de parto como o período pós-parto. Por isso, mostramos aqui algumas das diferenças principais.

Parto Normal

YouTube

O parto normal é natural e indicado em muitas situações. Isso desde que a gravidez não seja uma gravidez de risco. Contudo, quando se opta por ele, não se sabe com exatidão quando ele vai acontecer.

No momento que o parto estiver em curso ele pode ser com ou sem anestesia, dependendo da vontade da mulher. Mas todo o trabalho de parto pode causar dores na mãe antes e/ou durante o parto.

Entretanto, a recuperação pós-parto é mais rápida e a mulher também tem um tempo de hospitalização menor, sendo normalmente apenas um dia. A dor pós-parto também é menor, caso não tenha sido feita uma episiotomia.

O parto normal também não deixa cicatriz na mãe e tem um menor risco de infecções ou complicações no pós parto, sem contar que o útero da mulher volta ao tamanho normal mais rápido.

Com relação ao bebê, o parto normal o dá um menor risco de doenças respiratórias justamente porque ele tem um contato com as bactérias boas existentes no canal vaginal que fortalecem seu sistema imunológico.

Cesárea

Meu parto

A cesárea é a outra opção de parto que a mulher pode escolher. Ela é uma cirurgia indicada, principalmente, quando a gravidez é de risco e existe uma chance maior de complicação para a mãe e/ou para o bebê. Por conta disso, geralmente ela é programada e a futura mãe sabe o momento exato em que irá dar à luz.

Ela é feita com anestesia e a mulher não sente dor durante o parto. Entretanto, a recuperação da cesárea é mais lenta e precisa de um maior tempo de hospitalização. Sendo geralmente dois ou mais dias.

Por ser uma cirurgia, a mulher sente mais dores no pós-parto, além de também ficar com uma cicatriz, podendo ser maior ou menor dependendo do tamanho do corte que foi preciso fazer e o processo de cicatrização de cada uma.

Além disso, a cesárea apresenta um risco maior de infecções e complicações no pós-parto e o útero da mulher demora mais para voltar ao tamanho normal.

Com relação ao bebê, ele tem um risco maior de doenças respiratórias por ele não ter tido contado com as bactérias boas existentes no canal vaginal.

Fonte: Tua saúde

Imagens: Corretora Cedro, YouTube, Meu parto

6 palavras que usamos que se originaram na África

Matéria anterior

O menor parque nacional do mundo é, na verdade, uma ilha

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos