• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Nós seremos capazes de viajar em um buraco de minhoca?

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      06/03/18 às 16h45

Um buraco de minhoca pode ser definido como um atalho hipotético gerado pelo espaço-tempo. Ele possui pelo menos duas "bocas", que são conectadas através de uma espécie de tubo. A verdade é que não há evidências de que eles realmente existem... Nem de que algo possa de fato viajar de um lado para o outro. No entanto, considerando o espaço-temporal contínuo, tais possibilidades passam a ser questionadas pela Teoria da Relatividade Geral, de Einstein.

A teoria, proposta em 1915, estabelece relações entre a energia de um corpo e a massa, explicando também que o tempo e espaço são relativos. Tudo depende apenas do ponto de vista de quem observa. Ainda menciona como um corpo de massa é capaz de deformar o "tecido" do espaço. Supondo que o corpo seja suficientemente grande, a exemplo de uma estrela vermelha que está morrendo, ela pode entrar em colapso e acabar formando um buraco negro. Tal fenômeno seria responsável pela distorção total do espaço-tempo. Isso faria com que a alteração da gravidade afetasse tudo que estivesse a redor.

Mas afinal, seria possível viajar por um buraco de minhoca?

A partir da teoria de Einstein também surgiu a ideia de que, caso existam dois buracos negros, eles podem estar interligados por um buraco de minhoca. O que tornaria isso possível seria o emaranhamento, que é capaz de conectar dois objetos que se posicionam distantes um do outro. Quando duas partículas estão emaranhadas, de alguma forma guardam uma conexão entre si, mesmo quando separadas por enormes distâncias. Dessa forma, o que acontece para uma, afeta a outra.

Diversos experimentos do tipo já foram feitos. Entretanto, acredita-se que o emaranhamento funcione apenas entre partículas pequenas. Mas se o mesmo for aplicável aos buracos negros, os físicos apontam que um buraco de minhoca também também os conectaria. Neste caso, ele seria praticamente imperceptível, visto que seria extremamente instável para permanecer aberto.

Concluímos então, que seria impossível viajar através de um desses. Para que isso fosse possível, uma enorme quantidade de energia quântica negativa seria necessária, para contrariar a imensa gravidade presente nos buracos negros. Por outro lado, ainda é possível dizer que permanecemos com um paradoxo em questão: Segundo Einstein, nada sai de um buraco negro. Mas segundo a mecânica quântica, nada desaparece completamente.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Via   Scientific American     Seeker  
Imagens Ewao Pinterest
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+