O emocionante último pedido deste morador de rua com um câncer terminal

POR Magno Oliver    EM Mundo Animal      11/01/17 às 13h53

Existem sinais perigosos de câncer que as pessoas geralmente ignoram. E aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você quais são eles.

Segundo um estudo do Atlas de Mortalidade por câncer no Brasil, "a taxa bruta de mortes a cada 100 mil homens subiu de 100,47 para 103,2. Enquanto o índice de óbitos a cada 100 mil mulheres cresceu de 83,99 para 86,92".

Entre 2011 e 2012, as taxas de mortes por câncer subiram muito no Brasil, segundo informações da pesquisa. E um diagnóstico de câncer terminal deixou o morador de rua Clifford James Herbert preocupado não com os seus últimos dias de vida e sim uma outra coisa.

cliff7

Em vez de pensar em um meio de buscar viver mais e se livrar do câncer, ele ficou preocupado em achar um lar para a sua cadelinha Baby que precisava de novos tutores com urgência.

cliff1

Clifford trabalhava em uma fazenda e já foi dono de uma oficina mecânica, mas perdeu o emprego depois de passar por complicações decorridas de uma cirurgia cardíaca que o fez ficar impossibilitado de trabalhar.

cliff2

Após buscas para encontrar alguém para cuidar da cadelinha Baby, ele foi encontrado por Jenine-Lacette DShazer que o viu abraçado à cadela com muito frio nas ruas da Califórnia e a pediu ajuda para encontrar um lar para o animal.

cliff4

Depois de conhecer a história do morador de rua, ela resolveu ajudar criando uma campanha de doações por meio da plataforma.

homeless-man-cancer-dog-baby-1

Ela conseguiu arrecadar uma grana e o mandou para uma pousada para descansar um pouco e ter os últimos dias de vida com dignidade. Já a cadelinha Baby conseguiu um lar e vive com uma família que também cria cães.

homeless-man-cancer-dog-baby-2

O que você achou da história de Clifford? Mande seu comentário para gente!

Via   g1     thelightmedia  
Imagens honesttopaws
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+