Curiosidades

O mundo secreto do comércio de nudes

0

Expor fotos íntimas de alguém, sem autorização de uma pessoa, na internet, é crime. Não é de hoje que as pessoas têm o velho costume de enviar nudes umas para as outras. Às vezes, podemos confiar muito em alguém, mas acabamos nos decepcionando, quando tal pessoa espalha algum conteúdo indevido na internet.

Em outros casos, as pessoas são chantageadas por conta de seus nudes, como é o caso de mulheres chantageadas e ameaçadas por uma multidão de estranhos anônimos depois que seus dados pessoais, fotos íntimas e vídeos foram compartilhados na plataforma de mídia social Reddit.

Existiam milhares de fotografias, um fluxo aparentemente interminável de mulheres nuas ou seminuas. Embaixo dessas fotos, homens estavam postando comentários cruéis a respeito dessas mulheres, e também ameaças de estupro.

Nudes

BBC

“Eu me senti nauseada enquanto percorria as imagens e comentários online. Muito do que vi era explícito demais para compartilhar”, disse Monika Plaha, jornalista da BBC.

“Uma dica de uma amiga me trouxe até essas imagens. Uma de suas fotos foi retirada do Instagram e postada no Reddit. Não era um nude, mas estava acompanhada de linguagem sexual e degradante. Ela estava preocupada consigo mesma e com outras mulheres. O que encontrei foi um mercado online. Centenas de perfis anônimos dedicados a compartilhamento, troca e venda de imagens explícitas. E  tudo parecia ocorrer sem a permissão das mulheres retratadas”, revelou Plaha.

O pior é que não eram somente nudes que estavam sendo compartilhadas para milhares de pessoas. Mas os homens, escondidos pelo anonimato, se uniam para expor a identidade da vida real das mulheres. Essa prática é conhecida como “doxxing”.

Com isso, endereços, números de telefone e perfis de rede social estavam sendo trocados online e as mulheres se tornando alvo de comentários sexuais, ameaças e chantagens.

O Reddit se autodenomina “a primeira página da internet”. A audiência do site é de aproximadamente 50 milhões de usuários diariamente. A página permite que esses usuários criem e administrem fóruns que são chamados de “subreddits”. Eles podem ser sobre qualquer assunto. E mesmo que a maior parte desses fóruns sejam inofensivos, o Reddit tem um histórico de hospedar conteúdo sexual controverso.

Como uma medida de resposta a isso, a empresa colocou regras mais rígidas e reforçou sua proibição de postar ou ameaçar postar conteúdo íntimo ou sexualmente explícito de pessoas sem seu consentimento.

Compartilhamento e venda

BBC

Mesmo assim, como visto por Plaha, era nítido que essas proibições não estavam funcionando. Tanto que ela e sua equipe encontraram dezenas de subreddits dedicados a compartilhar nudes de mulheres de todo o Reino Unido.

Além disso, existiam homens no subreddit compartilhando e vendendo fotos das mulheres que pareciam serem nudes trocadas entre parceiros, e que não tinham a intenção de serem publicadas. O pior é que também existiam vídeos mais explícitos em que as mulheres pareciam terem sido filmadas sem consentimento.

Esse comércio de nudes se difundiu ao ponto de especialistas em abuso online dessem um nome a ele: cultura de colecionador. De acordo com Clare McGlynn, professora de direito da Universidade de Durham que é especialista nesse tipo de abuso online, “este não é um fenômeno apenas de pervertidos ou esquisitos ou outros excêntricos que estão fazendo isso. Há muitos deles, são dezenas de milhares de homens”.

“A troca de imagens ocorre em pequenos grupos de bate-papo privados em aplicativos de mensagens, bem como em sites onde dezenas de milhares de homens se reúnem”, continuou ela.

A especialista pontua que vários dos homens envolvidos ganham status nessas comunidades construindo grandes coleções de imagens, tendo sido elas conseguidas ou publicadas de forma não consensual. E é justamente esse acúmulo excessivo que pode dificultar com que essas nudes sejam eliminadas de vez.

Tanto que, sete mulheres disseram à BBC que tentaram remover suas nudes do Reddit, mas que sentiram que a empresa não estava fazendo o suficiente para ajudar. Dessas, quatro disseram que as fotos nunca foram removidas. E algumas delas tiveram que esperar oito meses até que o conteúdo fosse excluído.

De acordo com o Reddit, ele removeu pouco mais de 88 mil imagens sexuais não consensuais no ano passado e disse que leva a questão “extremamente a sério”. “Sabemos que temos mais trabalho a fazer para prevenir, detectar e acionar esse conteúdo de forma ainda mais rápida e precisa, e estamos investindo agora em nossas equipes, ferramentas e processos para atingir esse objetivo”, disse um porta-voz da empresa.

No Brasil

BBC

De acordo com o artigo 218C do código penal, introduzido em 2018, estabelece que oferecer, trocar, transmitir, vender, distribuir, publicar ou divulgar, por qualquer meio – inclusive pela internet – fotografias, vídeos ou outro registro audiovisual que contenha pornografia ou nudez sem o consentimento da vítima, assim como cena ou apologia de estupro ou de estupro de vulnerável ou cena de sexo, é crime.

Por exemplo, se uma pessoa receber uma nude por WhatsApp e compartilhá-la, mesmo sem ter sido a primeira pessoa a expor aquela imagem, ela também é considerada infratora. Por conta disso, a lei prevê prisão de um a cinco anos, se o fato não for um crime mais grave.

E se esses nudes forem compartilhados por um tutor, padrasto, madrasta, irmão, tio, empregador ou qualquer outro título que a justiça considere “de autoridade” sobre a vítima, a pena pode aumentar em 50%.

Fonte: BBC

Imagens: BBC

Pelo menos 700 italianos caem em golpe de compra de nacionalidade de um país falso

Artigo anterior

Por que estudo do sexo no espaço é fundamental para futuro da humanidade?

Próximo artigo