O que músicas virais e doenças infecciosas tem em comum? Estudo revela que mais do que se imagina
Tempo de leitura:3 Minutos, 5 Segundos

O que músicas virais e doenças infecciosas tem em comum? Estudo revela que mais do que se imagina

É basicamente impossível imaginar um mundo, onde não haja músicas. Podemos ouvir um bom som onde quer que a gente vá hoje em dia. No metrô, no carro a caminho do trabalho, na praia, dentro do quarto no final do dia, ou seja, realmente em qualquer lugar.

No entanto, não costumamos relacionar música com doenças infecciosas. Mas esse estudo da Grã Bretanha mostrou que as músicas cativantes, que acabam se tornando “virais”, são baixadas de uma maneira parecida com a propagação de um vírus real.

Os dados do estudo foram coletado antes desse período atual de streaming de músicas. Entretanto, as descobertas sugerem que algumas músicas são totalmente infecciosas. E pulam de um hospedeiro para o outro de forma parecida com a de um vírus.

Estudo

Os pesquisadores analisaram os downloads de música feitos entre 2007 a 2014 nos celulares Nokia. Com isso, eles descobriram que algumas músicas se encaixavam de forma perfeita no modelo de doenças infecciosas conhecido como modelo suscetível-infeccioso-recuperado (SIR).

Olhando os resultados, as curvas epidêmicas que se observou fez com que os pesquisadores pensasse que podia existir mecanismos sociais parecidos em ação para a propagação, seja de músicas ou de doenças.

“As canções populares são frequentemente descritas como ‘virais’ ou ‘cativantes’, como se pudessem ‘infectar’ as pessoas. Talvez esta descrição seja mais adequada do que foi anteriormente reconhecido. Na verdade, as séries temporais de download de muitas canções populares que examinamos neste estudo são semelhantes em formato às séries temporais para doenças infecciosas”, escreveram os autores.

Viral

Por mais que exista realmente uma coisa sobre a natureza inerente de uma melodia que a faça mais provável de se tornar viral, as pesquisas sugerem que a estrutura de uma sociedade também tem uma grande influência na popularidade de uma música.

Por exemplo, estudos anteriores mostraram que quando se tocava o mesmo conjunto de músicas em grupos diferentes, era mais difícil prever qual delas seria a mais popular.

Além disso, estudos de neuroimagem descobriram que os adolescentes tendem a mudar de opinião a respeito de uma música quando eles recebem a opinião de outras pessoas.

Contudo, as duas linhas de estudo sugerem que as músicas só viram virais se elas por si só forem contagiosas o suficiente  e estiverem nas condições sociais certas.

Música

No estudo mais recente, os pesquisadores compararam vários gêneros musicais. Além de também terem identificado diferentes tipos de download e compartilhamento de música entre as pessoas.

Embora se considere as músicas pop as mais populares, foi visto que as músicas do gênero eletrônica ganharam mais popularidade. E se espalharam mais rápido na Grã Bretanha.

Os pesquisadores acreditam que isso acontece porque os fãs desse gênero musical, provavelmente, estão mais conectados. Isso faz com que a melodia cativante pule de uma pessoa para outra com uma facilidade maior do que em outros gêneros musicais.

Semelhanças

Como resultado se vê que as músicas eletrônicas de sucesso passam por períodos de epidemia curtos e rápidos. “Significando que essas canções parecem ganhar popularidade mais rápido do que as de outros gêneros e queimar suas populações suscetíveis mais rapidamente”, pontuam os pesquisadores.

Uma coisa parecida acontece quando se espalha um vírus contagioso em uma comunidade unida. Se transmite de pessoa para pessoa através das interações sociais. Depois disso, quando o alcance de indivíduos suscetíveis acaba, ele atinge seu pico e começa a diminuir.

“No final de uma epidemia de doença, uma grande proporção da população terá sido infectada com a doença. Ao passo que no final de um período de extrema popularidade de uma canção de sucesso, uma grande proporção da população reconhecerá aquela música”, concluem os pesquisadores.

Fonte: https://www.sciencealert.com/the-popularity-of-some-songs-spreads-like-an-infectious-disease-study-finds