Curiosidades

O que nos deixa tão viciados no TikTok, de acordo com a ciência

0

O TikTok é a plataforma de mídia mais popular do mundo neste momento. Ele é uma rede social de compartilhamento de vídeos curtos, e seus usuários têm ganhado fama no mundo inteiro quando produzem algum conteúdo que chama atenção ou que é diferente.

Essa rede social foi lançada em setembro de 2016 pela empresa chinesa ByteDance para o mercado internacional, com o objetivo de criar e compartilhar vídeos curtos. E em 2020, ele foi o aplicativo mais baixado no mundo. Além disso, nos Estados Unidos, o TikTok desbancou o Instagram entre a geração Z, o que mostra o estrondoso crescimento da rede social de vídeos.

Justamente por esse uso e popularidade gigantes, o TikTok se tornou um fenômeno a ser estudado. E uma das linhas de análise mais frequentes sobre redes sociais é a adesão. O que inclui a ideia de como, no mundo digital, tenta-se atrair os usuários, os motivando a ficar cada vez mais tempo na plataforma.

Atração

Mag

Segundo estudos anteriores, existem três variáveis que influenciam de forma direta na quantidade de horas que um usuário passa nas plataformas de vídeo.

A primeira é a existência de uma motivação constante, que é entendida como o que leva o usuário a continuar usando a plataforma. Essa motivação constante está associada de forma direta com a satisfação experimentada quando se usa as redes sociais, além da que é gerada ao receber comentários positivos, curtidas ou outras recompensas disponíveis.

A segunda variável que aumenta o uso das redes sociais é o desejo de compartilhar experiências. Isso porque, quando as pessoas usam as redes sociais elas não querem somente consumir conteúdo. Elas também querem criar. Justamente porque essa ação gera uma sensação de pertencimento à comunidade. E se essa colaboração for incentivada, o número de adesão à rede também cresce.

A última variável, em específico em plataformas que oferecem a opção de gerar conteúdos em vídeo, como o TikTok, é necessário levar em conta a capacidade de produzir clipes com qualidade. Por conta disso, analisa-se de que maneira os usuários tendem a usar de forma mais constante a rede social conforme eles percebem que possuem capacidade de criar bons conteúdos em vídeo.

Fatores

Depor

Sabendo desses fatores que influenciam o uso das redes sociais e sabendo que quem investe mais tempo nelas são as gerações Z e millennial, um estudo foi feito para analisar se essas variáveis influenciam, e em qual medida, o uso que essas gerações fazem do TikTok.

O estudo foi feito com 1.419 participantes da geração Z e millennials. Ele concluiu que, por mais que todos dissessem que as três variáveis influenciem diretamente sua adesão à plataforma, o peso de cada uma delas varia entre as gerações.

Os millennials tiveram uma relação mais forte com o fato de poderem compartilhar comportamentos ou criar vídeos. Já a geração Z tem uma relação maior com a possibilidade de receber constantemente uma motivação que os faça querer usar ainda mais o TikTok.

Além disso, quando os usuários percebem que podem criar bons conteúdos no TikTok, porque as outras pessoas os aprovam, o sentimento de adesão à plataforma aumenta.

Uso

TikTok

Caracol

Com isso, é possível concluir que a adesão ao TikTok pela geração Z e millennial se dá por conta da possibilidade de poder compartilhar comportamentos, poder criar vídeos e receber motivação constante. O que deixa claro o caráter puramente social desse tipo de plataforma.

Saber qual é a motivação que faz com que as pessoas usem as redes sociais é fundamental. Isso é útil não somente para fazer estratégias bem sucedidas de publicidade, marketing e comunicação, como também para diminuir e tratar os efeitos negativos, como por exemplo, a dependência que o uso dessas redes pode causar.

Fonte: BBC

Imagens: Mag, Depor, Caracol

Grande Colisor de Hádrons pode ajudar a resolver o mistério da matéria escura

Previous article

Curiosidades sobre o ácido hialurônico, produto usado em tratamento contra rugas

Next article

Comments

Comments are closed.