Os 5 piores casos de racismo no futebol

POR A redação    EM Copa do Mundo      17/07/15 às 19h20

O Racismo é um preconceito ou discriminação baseados diferenças biológicas entre povos, geralmente envolvendo a presença ou ausência de melanina na pele do indivíduo. Branco, negro, pardo, indígena. Todos parte de uma única raça: Humana. Mas algumas pessoas esquecem que qualquer ser humano tem direitos, e merece ser respeitado acima de tudo. Com isso, elas acabam perdendo ótimas oportunidades de ficarem caladas ou atuando em episódios deploráveis de estupidez.

Se o Racismo ocorre no cotidiano, no esporte não seria diferente. Sendo o futebol o desporto que mais atrai adeptos no Brasil (e provavelmente em todo o mundo), a concentração de cenas racistas são bem requentes. Ainda há pessoas de defendam a permissão de práticas racistas nos jogos, com o argumento de que é "apenas para desestabilizar o adversário", mas a prática é crime, com pena de um a três anos de prisão.

Confira os cinco piores casos de racismo no Futebol:

05 - Aranha - Grêmio x Santos

aranhareclamarobertoviniciusagenciaelevengazeta

O goleiro Aranha do Santos enfrentava o Grêmio, em Porto Alegre, mas durante o jogo, parte da torcida adversário passou a chamá-lo de macaco e fazer o som do animal para ele. O goleiro alertou o juiz e saiu da partida revoltado. O Grêmio foi eliminado da Copa do Brasil devido à esse episódio.

04 - Balotelli - Eurocopa e Internet

balotellipedesilenciogetty

Durante a Eurocopa 2012, o atacante italiano, de origem ganesa, Balotelli, foi vítima de preconceito da torcida do time adversário. Uma banana foi arremessada para o campo por torcedores da Croácia. Cerca de 400 croatas foram envolvidos no ataque racial a Balotelli. Ainda assim, entre agosto de 2014 e março deste ano, Balotelli sofreu 134 mil ofensas racistas por meio de posts nas redes sociais.

03 - Elias - Corinthians x Danubio

eliasgritarodrigogazzanelfp

O Corinthians venceu o time uruguaio Danubio por 4 a 0, na Copa Libertadores da América. Os torcedores uruguaios xingaram o jogador corinthiano Elias de diversas formas, além de imitarem macacos de maneira ofensiva para o jogador. Os insultos foram percebido por todos, mas Elias não quis levar o caso adiante.

02 - Neymar - Barcelona

neymarcomemoraalejandrogarciaefe

Este ano, a TV espanhola La Sexta exibiu um momento em que torcedores do Espanyol proferiram ofensas racistas contra o atacante brasileiro. Porém, o próprio Neymar não se manifestou contra as ofensas, e ainda fez um gol durante a partida.

01 - Daniel Alves - Atlético de Madrid x Barcelona

daniel-alves

O baiano Daniel Alves tem sido alvo de racismo por muitas vezes, mesmo antes de ter entrado para o Barcelona, em 2008. Num jogo entre Atlético de Madrid e Barcelona, o jogador comeu uma das bananas que foram atiradas contra ele, em protesto irônico por ter sido chamado de "macaco".

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+