icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Pesquisadores afirmam ter encontrado a cura do coronavírus

POR Bruno Dias EM Curiosidades 03/02/20 às 17h46

capa do post Pesquisadores afirmam ter encontrado a cura do coronavírus

O surto de coronavírus está preocupando todas as pessoas. E por ser um vírus mortal, as autoridades de todo mundo estão se mobilizando com a situação. Além disso, as autoridades querem conter o surto e identificar toda a rota do coronavírus. E a todo momento, sai uma notícia nova sobre o vírus, ela podendo ser verdadeira ou fruto de uma preocupação exacerbada.

Com a crescente do surto e gravidade, a Organização Mundial de Saúde mudou a classificação sobre o coronavírus e decretou emergência sanitária global. Inclusive, o avanço do coronavírus já fez mais de 100 vítimas fatais e chegou a 17 países. Já são mais de 10 mil casos confirmados até agora. Para ser mais exato, segundo um site, que monitora em tempo real os casos são 17485.

De todos os casos, 25% são graves. Então, não é de se espantar que especialistas estejam trabalhando o mais intensamente possível, na procura de uma cura para esse novo vírus.

E uma equipe de médicos da Tailândia pode ter sido bem sucedida. De acordo com informações da CNN, eles afirmam que conseguiram tratar com sucesso um paciente com coronavírus em Wuhan, que é a cidade onde o surto começou.

Basicamente, para isso, os especialistas fizeram uma combinação de medicamentos antivirais, que fizeram efeito em 48 horas. De acordo com um comunicado, que foi divulgado pelo Ministério da Saúde, no domingo.

Tratamento

Segundo Kriangsak Atipornwanich, médico do Hospital Rajavithi em Bangcoc, a paciente, que foi tratada, era uma idosa chinesa de 71 anos. A combinação de remédio que ela recebeu, foi a de medicamentos usados em tratamentos de HIV e gripe.

Atipornwanich afirma que ela tinha recebido primeiro medicamentos anti-HIV. Entretanto, eles não estavam fazendo efeito. Basicamente, por causa da gravidade do estado de saúde em que ela se encontrava.

Geralmente, todos os vírus, que afetam o trato respiratório, são transmitidos por via aérea. Do mesmo modo também por contato com a mão, boca ou olhos. Ele pode ser transmitido com alguém respirando no mesmo ambiente, em que uma pessoa infectada está, ou então, tocando algo que a pessoa infectada tocou.

Os casos registrados, até agora, foram transmitidos entre as pessoas, que tiveram um contato próprio, com pessoas infectadas. É estimado que, pelo menos, cada pessoa infectada tenha passado a doença para, pelo menos, três pessoas.

"A condição da paciente melhorou muito rapidamente, em 48 horas. E o resultado do teste também mudou de positivo para negativo, dentro de 48 horas", explicou o médico.

No último teste de laboratório, não tinha nenhum vestígio do vírus, no sistema respiratório da paciente.

Até a semana passada, ainda não existiam tratamentos que eram comprovadamente eficazes contra o coronavírus. Os hospitais em Pequim dizem usar os mesmos medicamentos que pacientes com HIV e Aids usam, como parte do tratamento contra o coronavírus. Mas ainda não é claro se isso foi bem sucedido ou não.

O tratamento atual lida com os sintomas e as pessoas geralmente usam máscaras para se prevenir. E por mais que os resultados sejam positivos no tratamento, a situação ainda é de extrema preocupação, por causa do avanço rápido do vírus.

Mais de 20 países já foram afetados e o surto parece que não estar perto de acabar.


Próxima Matéria
Via   Metropoles  
Imagens CGN
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest