Fatos Nerd

Por que a Marvel nunca vai fazer um filme do Cavaleiro da Lua?

0

Devido à popularidade explosiva do Universo Cinematográfico da Marvel (UCM), mais pessoas estão cientes de personagens que vão além dos super populares Homem-Aranha e Homem de Ferro aos guardiões Rocket Raccon e Groot. No entanto, existem certos personagens que permanecem às margens, mesmo para leitores de quadrinhos, principalmente os iniciantes. O Cavaleiro da Lua é um deles.

Dependendo do roteirista, ele é a versão mais tranquila do Batman ou um assassino que fala com um deus da lua quando não está ocupado conversando com suas múltiplas personalidades, que incluem alguns personagens famosos da própria Marvel. Apesar de ser esotérico, o Cavaleiro da Lua possui admiradores que sonham de um dia o herói poder dividir a tela com Capitão América, Nick Fury e companhia.

A verdade contundente, no entanto, é que um filme do Cavaleiro da Lua nunca acontecerá. Entenda o porquê.

1 – Vigilante assassino que fala com deus

Quando se trata de religião e tópicos religiosos o Universo Cinematográfico da Marvel decidiu – sabiamente – ir com calma, porém, com o Cavaleiro da Lua é impossível separar homem e religião. Para começar, ele extrai poderes do deus da lua Khonshu, no caso, isso significaria legitimar deuses mais poderosos dentro do UCM.

O personagem chega a acreditar que seja o escolhido por este deus e assume arriscadas missões acreditando que está fazendo o trabalho de Khonshu. Isso seria algo complicado de se transpor para as telas, pois o Cavaleiro pareceria um ocultista maluco, ou seja, alguém matando pessoas de acordo com sua crenças religiosas. Imagine a confusão.

2 – Implicações religiosas

O UCM percorreu um caminho cuidadoso quando se trata de religião, por exemplo, Thor é literalmente um deus, nórdico, ainda sim, um deus! Ao mesmo tempo, seu primeiro filme fugiu um pouco desse caminho para enfatizar que ele e seus amigos asgardianos são mais como alienígenas de um planeta diferente do que seres que nós, popularmente, concebemos como divindades.

Acontece que o Cavaleiro da Lua e Khonshu (deus que o guia) mudariam tudo isso. Dentro do UCM, ficaria explícito que ele está cheio de um panteão de diferentes deuses tentando influenciar o mundo dos homens mortais, inclusive seu inimigo, o deus Seth. Neste ponto, seria quase impossível para o público levar a ameaça de Thanos e outros muito a sério. Outro problema, seria o questionamento de o porquê o Cavaleiro da Lua consegue conversar diretamente com um deus e outras pessoas precisam de intermediários.

3 – Semelhanças com Batman

Uma das áreas em que a Marvel tem sido muito bem sucedida é fazer com que seus vários personagens na tela fiquem distintos tanto dos heróis do cinema quanto da DC. Homem de Ferro, por exemplo, poderia ter acabado como uma variação do Batman: homem branco bilionário que, movido por uma tragédia, usa uma série de artes improváveis para combater o crime. Contudo, graças a Robert Downey Jr., Tony Stark tem sua própria personalidade e carisma bem diferentes do vigilante de Gotham.

Cavaleiro da Lua não teria tanta sorte. Um homem rico de dia e um vigilante mascarado à noite que vive em uma mansão construída sobre uma caverna. Tem um fiel mordomo e combate criminosos apenas com os punhos e alguns equipamentos temáticos. Sim, para quem realmente conhece o personagem, sabe que existem diversas diferenças, porém, para o público que não está familiarizado com os quadrinhos (que são muitos), eles encarariam o personagem como uma cópia de Batman.

4 – Similaridades com Soldado Invernal

Um super-herói dificilmente é completo sem um sidekick, mesmo os que são famosos por agirem sozinhos, possuem arcos que exploram esse lado. Cavaleiro da Lua tem um número limitado de personagens e um deles é, imaginativamente, chamado de Midnight. Infelizmente, assim como a própria história do Cavaleiro da Lua está um pouco perto de Batman, a de seu ajudante também possui similaridades com outro personagem bem conhecido.

Midnight é um companheiro leal que é considerado morto depois que ele e Cavaleiro da Lua lutam contra uma organização secreta que passou anos tentando infiltrar-se no governo americano. Ele volta dos mortos, porém, parte homem, parte máquina reforçada e passa a ser usado para combater heróis e o próprio país. Já acompanhamos essa história com Soldado Invernal que, por sinal, foi muito bem recebida. Novamente, o público ligaria facilmente as pontas.

5 – Seu traje

Pode parecer coisa à toa, mas continua a ser um argumento válido. Tentar adaptar o uniforme do herói para as telas pode ser um dos obstáculos mais complicados de se quebrar. Claro, a maioria dos trajes nos quadrinhos parecem um pouco ridículo, mas é trabalho dos figurinistas transformar bizarrices em algo esteticamente aceitável para as telas. Uma das melhores saídas para esse problema é escurecer a cor do uniforme. Para Feiticeira Escarlate, por exemplo, coloque uma jaqueta marrom e vestido preto, já é possível trabalhar em cima disso.

Como Cavaleiro da Lua se encaixa nisso? Bom, pra começar seu traje é…. branco. Não só ficaria visualmente pobre em grande parte dos ambientes como não há realmente muitos  figurinistas que possam torná-lo moderno ou realista sem se distanciar drasticamente dos quadrinhos. Caso sigam o padrão e tornem o traje escuro, o herói perderia sua famosa imagem e pior, ele poderia se aproximar ainda mais de Batman nas comparações.

Por fim, cada cena seria um pesadelo para a equipe de figurinistas, já que branco suja com absolutamente qualquer coisa. O que nos leva a pensar como seria seu traje no mundo real, um ímã para sujeira e sangue.

Cavaleiro da Lua pode até ser um personagem interessante nos quadrinhos, mas sua aparição, seja na TV ou no cinema é bem inviável. Tem algo mais a acrescentar na lista? Mudaria aluma coisa? Conte pra gente!

30 ilustrações minimalistas dos seus super-heróis preferidos

Matéria anterior

Garoto vai adotar animal de estimação e encontra seu Gato que estava perdido há mais de 1 ano

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.