Curiosidades

Qual é a chance de ser atingido por um detrito espacial?

0

Cada vez mais o ser humano está lançando coisas ao espaço, mas parece que as pessoas esquecem do ditado “tudo que sobe, desce”. E isso também é uma realidade para os detritos espaciais. Tanto que, no começo desse ano tiveram dois casos separados de detritos espaciais voltando para a Terra em lugares inesperados.

Um deles foi a reentrada descontrolada de um foguete chinês Longa Marcha 5B sobre a Malásia. Logo depois, em julho, surgiram relatos de algumas peças do foguete aparecendo na região de Nova Gales do Sul, Austrália. Essas peças foram confirmadas como sendo de uma missão SpaceX Crew-1.

Conforme a indústria espacial cresce, é de se esperar que incidentes como esse ficarão mais frequentes e podem ser um risco. Mas qual é a chance de alguém ser atingido por esses detritos?

Os detritos espaciais são os componentes restantes de um sistema espacial que não são mais necessários. Eles podem ser um satélite que chegou no fim da sua vida útil, ou então partes de um sistema de foguetes que cumpriram sua função e são descartadas.

Até onde se sabe, apenas uma pessoa foi atingida por esses detritos. Lottie Williams, moradora de Tulsa, em Oklahoma, EUA, foi atingida no ombro por um pedaço de lixo espacial em 1997. O detrito era do tamanho da sua mão e acredita-se que ele tenha vindo de um foguete Delta II. Depois do ocorrido, Lottie levou o pedaço para casa e denunciou às autoridades.

Agora, contudo, com mais e mais objetos indo para o espaço e voltando para o nosso planeta, as chances de uma pessoa ser atingida por algum detrito estão aumentando, principalmente com relação aos detritos de objetos grandes e descontrolados, como o Longa Marcha 5B.

O foguete foi lançado três vezes e em cada uma delas detritos voltaram para Terra em lugares inesperados. O primeiro entrou novamente em 11 de maio de 2020, com componentes pousando em duas aldeias da Costa do Marfim; o segundo reentrou em nove de maio de 2021, perto das Maldivas; e o terceiro neste ano sobre a Indonésia e a Malásia, com detritos caindo ao redor dessas ilhas.

Chances de ser atingido por detritos

BBC

Mesmo que esses detritos tendam a cair com mais frequência, a maioria das estimativas de uma pessoa ser atingida por eles é de um em 10.000. Essa é a chance de qualquer pessoa ser atingida, em qualquer lugar do mundo. Entretanto, a probabilidade de uma pessoa em particular ser atingida, como por exemplo, você, é de uma em um trilhão.

Para que essas estimativas fossem calculadas houve vários fatores. Mas tomando em consideração o foguete Longa Marcha 5B-Y3. Ele orbita acima da Terra por um tempo substancial. Nessa órbitas, ele passa cerca de 20% do seu tempo em terra.

De acordo com estimativas, 20% do planeta é habitado. Isso quer dizer que existe uma chance de 4% da reentrada da Longa Marcha 5B acontecer em uma área habitada. A porcentagem pode parecer alta, porém, quando se considera quanta “Terra habitada” realmente tem pessoas, a probabilidade de ferimentos ou morte se torna significativamente menor.

Entretanto, a probabilidade de esses detritos causarem danos às propriedades é bem maior. As chances podem chegar a 1% para qualquer reentrada da Longa Marcha 5B.

E como dito, o risco geral representado pelos detritos espaciais irá amentar com o grande número de objetos sendo lançados e reentrando na atmosfera. Tanto é que as empresas e agências espaciais ao redor do mundo têm muitos planos para outros lançamentos.

Como se precaver

BBC

Por mais que diminuir os riscos desses detritos voltar para a Terra em lugares indevidos seja um desafio, existem algumas opções. A primeira coisa é que todos os objetos lançados em órbita no planeta tenham um plano para desembarcar com segurança em uma área não povoada, que geralmente é a chamada Área Desabitada do Oceano Pacífico Sul (SPOUA), também conhecida como o “cemitério de naves espaciais”.

Outra opção é que se projete cuidadosamente os componentes para que eles se desintegrem completamente na reentrada.

Além disso, já existem algumas diretrizes exigindo a minimização do risco de detritos espaciais, como por exemplo, as diretrizes das Nações Unidas para a Sustentabilidade de Longo Prazo das Atividades do Espaço Exterior. Contudo, os mecanismos para isso ainda não são especificados.

Ao final de tudo, você deveria se preocupar em ser atingido por detritos espaciais? Por enquanto não.

Fonte: BBC

Imagens: BBC

O que são drones kamikaze usados pela Rússia?

Previous article

Nasa cria vídeo simulando o processo de criação da Lua

Next article

Comments

Comments are closed.