Curiosidades

Quando a alimentação saudável pode acabar virando um problema?

0

Todos sabemos que uma boa alimentação pode influenciar na nossa saúde e na disposição que temos para enfrentar o dia a dia. O segredo não está em apenas comer frutas e legumes. Mas sim fazer uma dieta equilibrada com todos os alimentos em quantidades certas. Isso porque o nosso corpo precisa de um pouco de cada alimento para que tenhamos uma vida saudável.

Mas é claro que nem sempre conseguimos seguir essa dieta saudável e acabamos comendo algumas, ou muitas, besteiras. Contudo, existem pessoas que, quando se dispõem a mudar a alimentação para ter um melhor bem-estar e saúde, conseguem seguir esse novo caminho 100%.

No entanto, assim como a maioria das coisas, quando a alimentação saudável se torna uma obsessão, ela pode ser bastante prejudicial e trazer consequências para a saúde mental.

Ortorexia

Alimentacao2, Fatos Desconhecidos

Quando essa escolha se torna uma obsessão ela é chamada de ortorexia. Alguns sinais desse distúrbio são: a mania de contar as calorias, ler rótulos nutricionais, pesquisar com frequência por alimentos saudáveis, ansiedade por não conhecer o cardápio de lugares novos, medo de comer o que “não deve” e sentimento de culpa e frustração quando isso acontece.

Ao contrário do que muita gente pensa, esses hábitos são prejudiciais. E o que difere a ortorexia de outros distúrbios alimentares, como por exemplo a anorexia, é que nele o foco está na qualidade da comida ao invés da quantidade. E ter uma alimentação saudável só traz benefícios se essas escolhas não trazem  junto um medo, privação e estresse.

Solução

Alimentacao1, Fatos Desconhecidos

“Quando você está estressado, seu corpo tende a retardar a digestão. Pensamentos do tipo: ‘eu realmente não deveria comer isso’ ou ‘esta comida é ruim para mim’, fazem parte do estresse autoimposto. Que tem o potencial de afetar negativamente a capacidade de digestão adequada do corpo. Você pode então atribuir a prisão de ventre ou inchaço como mais uma prova de que não deveria ter feito certa alimentação, quando na verdade foi sua mentalidade que sabotou seu corpo. Se tivesse comido com um senso de neutralidade e nenhum código moral, a resposta ao estresse interno do corpo não teria entrado em ação”, explicou Stefanie Jung, coach nutricional.

Se sabe que ter um cuidado com a alimentação é algo imprescindível. Mas quando esse cuidado passa a comprometer a saúde mental e  bem-estar é preciso ficar atento.

Assim que se reconhecer os sinais de obsessão é preciso procurar ajuda de especialistas de saúde mental e também do corpo. Serão esses profissionais que ajudarão da melhor maneira possível. E tratarão o problema o aliando a uma boa alimentação e uma boa qualidade de vida.

Fonte: https://www.msn.com/pt-br/saude/nutricao/ortorexia-quando-a-alimenta%c3%a7%c3%a3o-saud%c3%a1vel-pode-ser-prejudicial/ar-AANU8jH

10 bandeiras do Brasil que já existiram

Matéria anterior

8 vilãs da Disney mais queridas pelo público

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos