CuriosidadesEntretenimento

Quem herdou a fortuna desses 5 ícones da música?

0

A indústria musical percorreu um longo caminho de sucesso nas últimas décadas. Felizmente, artistas de todos os gêneros conseguiram chamar a atenção e alimentar bem os fãs dos mesmos. Pudemos ver um período onde o rock estava em alta, então vários artistas e bandas se destacaram e chegaram ao topo de várias paradas de sucesso. Assim aconteceu com o pop, gênero que nos revelou grandes artistas, como o rei, Michael Jackson, Madonna, Britney Spears e vários outros ícones que ficarão eternizados. Atualmente, o Hip-Hop está cada vez mais forte. Graças aos grandes sucessos e fama conquistada, diversos músicos se tornaram tão influentes a ponto de ter a capacidade financeira de possuir o que quiser.

Podemos ver diversos artistas com cheque de pagamento substancial, diversos carros de luxo e até mesmo mansões com dezenas de quartos. No entanto, quando eles morrem, esses astros deixam as fortunas para seus entes queridos. Muitas vezes, até mesmo eles ficam surpresos com a herança herdada. E foi pensando um pouco sobre o assunto, que decidimos trazer essa matéria para você, caro leitor. Confira então conosco quais foram as pessoas que herdaram a fortuna de alguns ícones da música. Compartilhe com seus amigos desde já e, sem mais delongas, vamos lá.

Quem herdou a fortuna desses ícones da música

1 – Amy Winehouse

Amy deixou esse mundo cedo. A cantora, que se tornou um grande ícone da música, nasceu em 1983 e desempenhou uma carreira profissional de cantora de 2003 até o ano de sua morte, 2011. Ela ficou famosa por misturar diversos gêneros em suas músicas, incluindo o soul, o R&B e o jazz. A fortuna de Amy foi avaliada em US$ 10 milhões, além de outros US$ 2,7 milhões provenientes de outras empresas que ela administrava. Sua fortuna foi passada, sem qualquer debate, ao seu pai, Mitchell Winehouse.

2 – Jimi Hendrix

Jimi Hendrix é considerado um dos maiores guitarristas de todos os tempos. Sua influência no mundo foi grande e, no momento de sua morte, em 1970m possuía um patrimônio avaliado em US$ 5 milhões. Quando morreu, seu patrimônio líquido disparou para US$ 17,5 milhões. Esse dinheiro tem sido tema espinhoso em sua família, sendo contestado diversas vezes de acordo com a revista Rolling Stone. Depois de muita luta, acredita-se que a fortuna seja totalmente controlada por sua irmão adotiva, Janie, e o irmão, Leon.

3 – Jim Morrison

Jim ficou bastante conhecido por seu papel como vocalista do “The Doors”. infelizmente, o artista teve vida curta e morreu quando tinha apenas 27 anos. Seu patrimônio pessoal valia cerca de US$ 400.000 quando estava vivo. Sua morte fez com que esse valor aumentasse. Acredita-se que o patrimônio de Morrison no mercado atual seja superior a US$ 20 milhões. Após algumas disputas legais envolvendo diversas mulheres que alegaram ter filhos com o cantor, essa fortuna passou para sua esposa, Pamela Courson.

4 – Keith Moon

Keith foi considerado uma grande lenda do mundo do rock, sendo então reconhecido por ser baterista do “The Who”. Mesmo depois de sua morte, continuou sendo notado por seu estilo único de tocar bateria. No momento de sua morte, Moon possuía uma fortuna avaliada em US$ 70 milhões. Acredita-se que isso tenha ficado para sua filha, Mandy.

5 – John Lennon

Você já ouviu falar de John Lennon, é claro. Esse foi o co-fundador de “The Beatles”. Lennon e seus amigos criaram uma banda que se tornou a de maior sucesso comercial de todos os tempos. Quando faleceu, Lennon possuía uma fortuna avaliada em US$ 800 milhões. Desde então, Yoko Ono, sua esposa, passou a administrar seus bens e hoje arrecada cerca de R$ 12 milhões ao ano. Atualmente, estima-se que a fortuna esteja avaliada em US$ 1,1 bilhão.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo.

Ratos-toupeira-pelados sequestram os filhos uns dos outros e os transformam em escravos

Matéria anterior

Esse projeto transforma pessoas naquilo que sempre quiseram ser, mas não tinham coragem

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar