Curiosidades

Saiba os riscos de consumir whey protein falsificado

0

Todos sabem que os exercícios físicos têm uma importância gigante para o corpo e o organismo em geral. Tanto é que a qualidade de vida de uma pessoa aumenta e melhora muito por conta dos ganhos através da academia e da prática de exercícios como a musculação. E há formas de melhorar ainda mais esses ganhos. Como? Através de suplementos como o whey protein.

Esse é um suplemento feito de proteínas que são encontradas no soro do leite e tem todos os aminoácidos necessários para que o crescimento, a força e a recuperação muscular sejam potencializados.

Nos últimos anos, o consumo tanto de whey como de outros suplementos cresceu no Brasil. Segundo a Pesquisa de Mercado ABIAD, feita em 2020, os produtos podem estar presentes em até 5% das casas brasileiras.

Contudo, com o aumento do consumo desse tipo de produto também começou uma nova forma de crime na qual o consumidor pode estar sendo lesado e nem se dar conta disso. Isso porque o whey entrou para a lista de produtos falsificados.

Mesmo que vender suplementos falsificados seja um crime, infelizmente isso não barrou a prática de acontecer. O que é uma pena porque as pessoas que tomam whey o fazem procurando melhorias em sua saúde, mas tendo um produto falsificado, além de não ter as vantagens que busca, ainda pode prejudicar seu próprio bem-estar.

Riscos

Mais saúde

O produto falsificado não tem somente uma matéria-prima sem qualidade e garantia, ele também não tem nenhuma segurança para seu consumo porque não tem fiscalização. Como eles não seguem nenhuma das legislações vigentes, que são bem rígidas, não existe uma garantia de qualidade e nem  algum grau de segurança.

Quando um suplemento é falsificado, ele pode ter muito mais do que ingredientes que não têm eficácia, eles podem estar adulterados. Com isso, eles podem causar danos à saúde. Os principais são:

  • Exposição maior a reações alérgicas;
  • Contaminação por micro-organismos que causam doenças;
  • Sobrecarregar o organismo por conta de substâncias possivelmente ilícitas;
  • Pode existir presença de açúcar, o que aumenta as chances de picos glicêmicos;
  • Vários efeitos como enjoos, dores de cabeça e gases.

Sabendo dos riscos, é importante também saber formas de se prevenir de comprar um whey ou algum outro suplemento falso. Nesse ponto, deve-se:

  • Desconfiar dos produtos com preços bem abaixo da média;
  • Evitar comprar de sites desconhecidos ou sem procedência, especialmente em marketplaces;
  • Escolher marcas conhecidas, que tenham qualidade comprovada;
  • Encontrar lojas físicas autorizadas no site oficial do fabricante.

Whey

Dicas de treino

Os cientistas têm visto nos últimos anos os efeitos da suplementação nos quadros de algumas condições, como diabetes, asma, pressão arterial, câncer, Transtorno do Espectro Autista (TEA), entre outros. No entanto, ainda não existem evidências boas do real benefício.

As evidências ainda não existem porque os estudos estão em fase inicial e outros estão na espera de complementações. Por exemplo, a indicação das doses ideais para os humanos para que tenham resultados positivos, ou então a superioridade do whey com relação às outras formas já conhecidas.

Até o momento, os benefícios mais consistentes que o whey traz são: melhoria na performance atlética; prevenção de perda e força muscular; e perda de peso.

Evolução no treino e no shape

Para as pessoas que praticam exercícios de forma regular, principalmente os de resistência, consumir proteínas estimula o crescimento muscular. E quando esse volume de exercícios é alto e intenso, consumir mais proteína melhora a composição corporal e ajuda na perda de massa gorda.

Segundo a Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva, a suplementação é uma estratégia prática que faz com que as pessoas consumam a quantidade necessária de proteína.

Mas é importante lembrar que somente o whey não dá esses resultados. É preciso que se faça uma combinação entre a suplementação e os exercícios.

Adiar perdas musculares

Conforme as pessoas envelhecem, elas perdem força e massa muscular. E estudos recentes confirmaram que a suplementação com whey tem vantagens para aqueles com um risco maior para uma síndrome conhecida como sarcopenia. Quem a tem, tem uma perda de massa muscular, força e diminuição do desempenho físico, sendo mais comum em idosos, pessoas sedentárias e que têm doenças crônicas.

Na visão dos cientistas, tomar whey junto com a prática de exercícios ideais para a faixa etária pode ajudar na prevenção desse quadro, fazendo com que os músculos e a força sejam preservados.

Acelera perda de gordura

O whey dá uma sensação de saciedade. Justamente por isso que os cientistas já observaram que usá-lo nos planos alimentares para quem quer perder peso pode funcionar porque ele realmente ajuda a perder massa gorda. Mas claro que os resultados são mais vistos quando isso é combinado com uma prática de exercícios.

É importante ressaltar que apenas a suplementação não diminui o peso, principalmente por conta do excesso de proteínas. No caso de uma pessoa que não faz exercícios, ela irá ganhar peso.

Fonte: Metrópoles, VivaBem

Imagens: Mais saúde, Dicas de treino

O que fazer quando a pressão cai por conta do calor?

Artigo anterior

Dengue assintomática: como saber se você teve a infecção sem sintomas?

Próximo artigo