Curiosidades

Samsung recebe autorização para começar a fabricar as telas do iPhone 15

0

Muitas pessoas podem ter ficado confusas ao ler Samsung e Apple juntas, mas a realidade é que a Samsung é a fornecedora principal de telas OLED para a empresa da maçã. E na última terça-feira, a empresa recebeu a aprovação para começar a produzir, em massa, os displays para o iPhone 15. O lançamento do modelo está previsto para setembro desse ano, mas ele pode ter um atraso.

Autorização

O Globo

Essa autorização para produção da Samsung veio antes das suas concorrentes. No caso das telas do iPhone 15 Pro, quem irá fabricá-las será a LG Display, que também já teve autorização para começar a produção. E as telas para a versão Pro Max ainda devem levar mais um ou dois meses para poderem começar a ser feitas.

A BOE, que fará as telas do iPhone 15 e 15 Plus, ainda não foi autorizada a começar a produção. E de acordo com o The Elec, um jornal coreano, a Apple focará na produção do modelo Pro ao invés do Pro Max nessa geração para garantir o fornecimento de 50 a 60% dos modelos ainda em 2023.

iPhone 15

Tudo celular

A cada nova geração do iPhone, novos recursos são apresentados e outros são melhorados. De acordo com o relatório da Display Supply Chain Consulting Company (DSCC), o modelo top de linha da 15ª geração do dispositivo deve ser o mais buscado entre os consumidores. Por isso que, segundo a consultoria da cadeia de suprimentos, a Apple fez uma encomenda maior para as telas do iPhone 15 Pro do que fez ano passado para as do iPhone 14 Pro.

Ainda conforme o relatório, o número total de displays para o iPhone 15 no mês de junho é duas vezes maior se comparado com o número do mesmo período do ano passado, momento em que a Apple estava se preparando para lançar os quatro modelos da 14ª geração. E o que isso significa? Que a empresa tem a capacidade de produzir mais unidades do novo modelo antes do seu lançamento.

Um outro dado também dá indícios sobre quais serão os modelos em que a marca irá focar. Conforme o relatório, as versões Pro do iPhone 15 foram responsáveis por 58% das encomendas de telas “durante o período de junho a julho”. Em comparação com o ano passado, para o iPhone 14 Pro, essa porcentagem era de 43%.

Esse foco maior na versão Pro do próximo modelo pode ser por conta da movimentação inesperada que aconteceu na atual geração da Apple. Isso porque, mesmo com preços maiores, os iPhone 14 Pro tiveram uma crescida em sua demanda, indo até mesmo além das expectativas da empresa. Por conta disso, isso deve ter um impacto nas decisões nas linhas dos produtos.

Preço

LaSexta

A cada novo lançamento vêm os rumores de que a Apple irá aumentar os preços dos celulares. No entanto, desde o iPhone XS Max, que foi lançado em 2018, nenhum modelo tem o preço de entrada maior do que 1.099 dólares, aproximadamente 5.740 reais, nos EUA.

Entretanto, isso pode mudar em breve, porque, de acordo com informações do LeaksApplePro, a empresa da maçã mudará os preços dos seus dispositivos. Segundo uma matéria feita junto com o HOwtoiSolve, divulgada por eles na última quinta-feira, existe um suposto iPhone 15 Ultra, que seria o top de linha, substituindo a versão Pro Max. De todos os detalhes que eles falaram sobre esse modelo, o que mais chamou atenção foi o seu preço sugerido de até 1.299 dólares, cerca de 6.789 reais.

Segundo fontes, o custo de produção desse novo modelo seria de aproximadamente 90 dólares mais alto do que o gasto com a produção do iPhone 14 Pro Max. “A estimativa inicial de minhas fontes é que o iPhone 15 Ultra pode ser vendido com preços em torno de US$ 1.199–1.299”, disse o vazador das informações.

O aumento de preço do modelo top da sua linha é justificado por conta dos recursos inéditos que ele terá. Ainda conforme o LeaksApplePro, o iPhone 15 Ultra só terá opções de armazenamento a partir de 256 GB, deixando a versão de 128 GB de lado.

Além disso, também é especulado que o modelo terá sua moldura em liga de titânio, que é um material mais leve, resistente e também mais caro do que o aço inoxidável que a empresa usa.

Outra novidade que a Apple deve trazer para a linha 15 é a entrada USB-C. E o modelo mais caro da linha provavelmente suportará Thunderbolt 4 para conseguir fazer transferência de dados bem mais rápido do que os modelos das gerações anteriores.

Um outro ponto que chama a atenção é que a Apple parece considerar a volta das bordas arredondadas. Esse design foi usado pela última vez em 2019 quando o iPhone 11 foi lançado. Depois disso, todos os modelos tiveram laterais achatadas.

Se o iPhone 15 Ultra for lançado nos EUA com seu preço de entrada sendo 1.299 dólares, ele poderá chegar ao nosso país por mais de 12 mil reais.

Fonte: Tecmundo, Tudo celular, Techtudo

Imagens: O Globo, Tudo celular, LaSexta

5 filmes incríveis para assistir na Netflix em agosto de 2023

Previous article

Médico projeta recuperação de até um ano a argentino lesionado por Marcelo

Next article

Comments

Comments are closed.