• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Você conhece a "música do diabo" inspirada por 'ele' mesmo?

POR Isabela Ferreira    EM Mistérios & Horror      28/03/18 às 18h12

O que é preciso para agradar uma plateia? Segundo o cineasta Alfred Hitchcock, o segredo para isso é "dar-lhes prazer. O mesmo prazer que eles têm quando acordam de um pesadelo". Pode parecer algo nada agradável, mas já percebeu como acordamos envolvidos depois de um pesadelo? Nada parece tão real quanto aquilo. E o que você faz em seguida? Levanta da cama? Toma um copo de água? Bem, tem gente que vai correndo escrever em detalhes o terror do pesadelo... Principalmente se tiver sonhado com o próprio diabo.

"Mas por que falar disso?", você se pergunta. A resposta é muito simples: foi exatamente o que aconteceu com o violinista Giuseppe Tartini, que viveu entre o fim do século 17 e o início do 18. Enquanto criança, se achava pouco habilidoso mas decidiu se dedicar e mais tarde, se tornou um dos melhore músicos do mundo. Será que isso teria atraído o diabo?

Diabo inspira música de violinista

Por natureza, o ouvido humano é acostumado com sons mais leves e simples. Por isso, os músicos clássicos tinham a preocupação em não impactar tanto em suas melodias. No entanto, há uma combinação de três notas que é chamada de trítono e sua entoação é bastante complexa. É o tipo de som que soa de forma intrigante aos nossos ouvidos, nos colocando em um estado de alerta involuntário. Possui uma harmonia contraditória e é por isso que é bastante utilizado em filmes de suspense atualmente.

No entanto, os músicos que o utilizassem durante a Idade Média eram acusados de compor músicas ao diabo. Por outro lado, uma das obras-primas de Tartini usa exatamente o trítono. Ela é chamada de Sonata per Violino em sol menor - Il Trillo del Diavolo, que em tradução significa: Sonata para Violino em Sol Menor - O Trinado do Diabo. A música apresenta rápidas mudanças de ritmo, apresentando uma melodia incrivelmente assombrosa e dramática.

A grande questão é que ela realmente foi composta ao diabo. Após ter um pesadelo com o senhor do submundo, ele se sentiu inspirado. Na época, contou ao astrônomo francês Jérôme Lalande: "Uma noite sonhei que tinha feito um pacto com o diabo, o qual se dispôs a me obedecer em troca da minha alma. Meu novo servo antecipava meus desejos e os satisfazia. Tive a ideia de entregar-lhe meu violino para ver se ele sabia tocá-lo. Qual não foi meu espanto ao ouvir uma sonata tão bela e insuperável, executada com tanta arte";

Ele ainda acrescentou que se sentiu encantado. Foi neste momento que sua respiração falhou e ele acordou. No mesmo instante, se levantou da cama e rapidamente tentou reproduzir o som em seu violino, mas foi sem sucesso. Entretanto, ele diz que em seu Trinado do Diabo, conseguiu transmitir algo parecido ao que ouviu naquela noite, mas que ainda assim, em qualidade muito inferior.

O diabo da história

Obviamente, o relato de Tartini nunca pôde ser comprovado. Entretanto, acredita-se que a sonata tenha sido escrita enquanto estava recluso e que na verdade, o "diabo" que o inspirou, é ninguém menos que o compositor Francesco Maria Veracini. Após o violinista começar a abusar de sua excentricidade, as pessoas começaram a achar que ele estava ficando maluco.

Permaneceu bom tempo em isolamento e treinando violino de forma intensa, o que apenas embasava a hipótese de loucura. A verdade é que até hoje muitos compositores se questionam sobre como ele teria conseguido criar a obra... Alguns chegaram a sugerir que ele tinha 6 dedos na mão, para que fosse possível. Bem, talvez ele realmente tenha sido inspirado pelo diabo, não é mesmo? No vídeo acima, você pode escutar a música composta pelo violinista... É realmente dramática!

E então pessoal, o que acharam? Já conheciam a música do diabo? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+