• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

10 comidas bizarras que só poderiam ter sido criadas na China

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Mundo Afora      17/03/15 às 14h30

A China é conhecida por sua cultura diversa, por ser uma potência emergente na economia mundial e também pela sua colunária, considerada curiosa.

Se os insetos ou peixes exóticos chamavam a sua atenção, você precisa conhecer os alimentos dessa lista. Impossível não se surpreender ou ao menos ter vontade de viajar para conhecer de perto.

1. Arroz de plástico

1

Se existe um alimento que deve ser impossível de falsificação, seria o arroz. Mas os chineses fizeram isso de qualquer maneira. O arroz falsificado na China também é conhecido como arroz de plástico.

Mas, ao contrário do que o nome diz, ele não é feito de plásticos, mas sim de batata, batata doce e resina sintética moldada na forma de arroz real. A arroz falso era vendido nos mercados de chineses, especialmente em Taiyuan.

Ele permanecia duro como pedra, mesmo depois de cozido e não digeria facilmente.

2. Carne falsificada

2

Arroz adulterado não é a única especialidade dos chineses. Alguns deles também adicionam produtos químicos nas carnes de ratos e raposas e as vendem como carne de carneiro.

Os esquema de adulteração de carne era tão popular e bem sucedido que a polícia apreendeu 900 pessoas e cerca de 20.000 toneladas de carne em apenas três meses.

A polícia chinesa, para tentar evitar mais fraudes, criou um vídeo tutorial que ensina as pessoas a diferenciarem carne de carneiro verdadeira e falsa.

3. Tofu falsificado

3

O tofu é uma espécie de coalhada de soja, feita a partir da mistura de leite de soja com um coagulante. Recentemente as autoridades chinesas fecharam duas fábricas em Wuhan, na província de Hubei, que produzia e comercializava tofu falsificado.

O alimento era feito com uma mistura de vários produtos químicos. Um dos operários da fábrica confessou que eram utilizados farinha, glutamato monossódico, pigmento e até gelo nos tofus falsos.

4. Tofu de sangue de pato

4

Tofu de sangue de pato é uma iguaria chinesa. O sangue de patos abatidos é cozido até o ponto de engrossar, permitindo que ele seja cortado em quadrados e vendido.

Se você acha que a comida parece um pouco estranha, precisa conhecer a versão adulterada dela. Alguns vendedores tem misturado ingredientes mortais como formol no sangue do pato, ou pior, utilizam sangue de outros animais como búfalos e porco misturados ao do pato.

Houve um caso que conseguiu surpreender ainda mais as autoridades sanitárias chinesas, um casal foi pego misturando sangue de galinha com corante comestível e materiais utilizados para impressão.

Cerca de uma tonelada do alimento adulterado, produzido apenas pelo casal, foi confiscado.

5. Mel falso

5

Existem dois tipos de mel falsificado: o adulterado, que é a mistura de mel e xarope de açúcar, beterraba ou arroz e o mel realmente falso, feito a partir da mistura de água, açúcar, alúmen e corantes.

Estima-se que cerca de 70% do mel vendido na província de Jinan é falso. A polícia invadiu vários locais onde era produzido mel falso e apreendeu o equivalente a 38 baldes do produto.

O problema se torna ainda pior porque a China é o país que mais produz e exporta mel mundialmente. Um estudo realizado na França aponto que 10% do mel comercializado no país é falso e se origina no leste europeu ou China.

6. Garrafas de água contaminada

6

A polícia chinesas descobriu recentemente um golpe em que garrafas de plástico são preenchidas com água da torneira ou mal tratada e selada com padrão de qualidade.

Bactérias como a E. coli, além de ungos nocivos à saúde, já foram encontrados nas garrafas. Aproximadamente 100 milhões dela são vendidas anualmente.

Apesar de ter sido descoberto pelas autoridades há pouco tempo, o golpe é antigo, e vem sendo aplicado desde 2002.

7. Macarrão feito de arroz podre

7

Os chineses consomem um macarrão feito de arroz, mas em alguns casos eles são produzidos com matéria-prima estragada. Há casos em que se utilizada arroz podre e mofado, que normalmente é utilizado como ração animal.

Para ficar com uma aparência melhor, o macarrão adulterado é misturado com aditivos causadores de cancro, como dióxido de enxofre, por exemplo. Na cidade de Dongguan foram encontradas 50 fábricas que produziam cerca de 500.000 kg de macarrão adulterado por dia.

Além disso, 30 de outras 35 fábricas visitadas estavam produzindo macarrão de baixa qualidade.

8. Carne de porco que faz mal à saúde

8

O Clembuterol, também conhecido como "pós de carne magra" é um aditivo adicionado à ração animal. A substância queima gordura nos animais, aumentando a disponibilidade de carne magra.

O grande problema é que esse aditivo causar doenças, como sudorese e doenças cardíacas, além de tonturas em seres humanos. A sua utilização na alimentação animal começou na década de 1980, mas foi banida em 2002, já que oferecia riscos à saúde.

Mesmo assim, algumas empresas que produzem carne ainda oferecem o aditivo aos animais. Uma dessas empresas, inclusive, é simplesmente a maior produtora de carne da China, uma filial da Henan Shuanghui.

Quando foi descoberta, a empresa emitiu um pedido de desculpas, recolheu cerca de 2.000 toneladas da sua carne e despediu ou suspendeu 24 trabalhadores. Entre os anos de 1998 e 2007 a China encontrou 18 focos de clembuterol, que deixou uma pessoa morta e 1.700 doentes.

9. Vinho falsificado

9

Vinho falsificado é outro grande problema na China. A China Central Television informou que metade de todo o vinho vendido na China é falso. Pessoas do ramo da indústria do vinho acreditam que cerca de 90% dos vinhos Premium do país são falsos.

O golpe era simples: os fabricantes de vinho falsificados usavam o nome original, etiqueta, e design de garrafas de vinho caro. Outros simplesmente recolhiam garrafas vazias de vinhos caros e, em seguida, as enchia com vinho baratos.

Hoje, grandes hotéis, restaurantes e casas de leilão quebram garrafas de vinho após o uso para evitar que elas sejam reutilizadas. Apenas em uma operação, a polícia recuperou mais de 40.000 garrafas de vinho falsificado no valor de mais de US $ 32 milhões.

10. Caranguejos de Yangcheng

10

Os caranguejos peludos são os mais caros na China. Por isso não nenhuma surpresa as pessoas tentarem fazer caranguejos comuns se passarem pelo tipo mais caro.

Até mesmo produtos químicos são aplicados sobre os caranguejos para que eles se pareçam com os peludos. Para você ter uma ideia, apenas 1 em cada 300 caranguejos peludos são reais.

Para combater os caranguejos falsos, a Associação Empresarial de Suzhou Crab exigiu que um anel de plástico com um código numérico especial fosse anexado a uma das garras de cada caranguejo peludo inicial.

 

 

Próxima Matéria
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+