11 imagens impactantes que explicam a Segunda Guerra Mundial

POR Eduardo Coelho    EM Mundo Afora      31/08/15 às 18h03

Apesar de milhares, até mesmo milhões, de fotos terem sido tiradas durante o período correspondente a Segunda Guerra Mundial,  algumas delas tiveram uma popularidade maior, por motivos do ambiente ao qual elas estavam inseridas. Mas mesmo dentro dos registros fotográficos mais pertinentes ao conflito mundial de nações, alguns deles, podem nos remeter a várias sensações, mais do que se houvessem textos de legenda.

Dentro dessa perspectiva, e te convidando a acompanhar um pouco do que foi,  esse conflito bélico envolvendo diversas nações do mundo, resolvemos apresentar para vocês, algumas imagens que ilustram perfeitamente como a guerra ocorreu e os rumos com o qual algumas delas, delimitaram o direcionamento que a nossa sociedade percorreu nos anos que se sucederam aos confrontos.

Confira conosco abaixo, o apanhado de registros visuais da 2ª Guerra Mundial e as suas respectivas explicações:

1. Conferência de Yalta

churchill-stalin

A foto em questão, dá uma bela amostra do que foi a Conferência de Yalta, que consistiu em uma série de reuniões do dia 4 à 11 de fevereiro de 1945, onde Franklin Roosevelt, Winston Churchill e Josef Stalin delimitaram alguns dos rumos a serem tomados na Segunda Guerra Mundial, visando dar o fim ao confronto o mais rápido possível e manter a paz mundial após o desenrolar do conflito.

O que de fato soa um tanto quanto utópico e lúdico, já que essa é a aparente única vez com o qual o comunista soviético Stalin se integra aos governantes capitalistas dos Estados Unidos e Inglaterra, que após a guerra se moveram um para cada polo social e ideológico e protagonizaram a Guerra Fria, que perdurou por décadas.

2. Bandeira Soviética sendo erguida no Palácio alemão de Reichstag

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-1-838x604

A imagem registra a bandeira comunista, com a foice e martelo, que eram os símbolos soviéticos, sendo ministrada e movimentada em terras alemãs, já que o Palácio de Reichstag é localizado em Berlim. O detalhe mais curioso dessa imagem, foi descrito pelo fotógrafo oficial dela, Yevgeny Khaldei.

O soviético afirmou que quando o exército soviético invadiu Berlim, próximo a derrocada final do império nazista, Stalin prontamente o enviou para Berlim para que ele registrasse as imagens, confiantes de que a vitória do exército vermelho seria um marco histórico e ideológico que perduraria por diversos anos. Como resultado disso, Khaldei realizou um book com 36 fotos da arrancada para a vitória dos soviéticos dentro de Berlim, que foram usadas como o marketing do governo de Stalin mostrando o poderio comunista ao mundo inteiro.

3. O filho de Stalin

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-2-838x582

Esse rapaz com a mão dentro do bolso do casaco de pele, é o filho primogênito de Stalin, chamado Yakov Dzhugashvili. O registro fotográfico em questão, mostra Yakov sendo pego pelas tropas alemãs de Hitler. A relação entre Stalin e seu filho era extremamente conturbada, com direito ao pai deserdar o filho e tudo mais.

Acontece que mesmo com a relação difícil de elo paternal, Stalin tentou resgatar seu filho dos alemães em duas oportunidades. Entretanto, em 1943, Yakov acabou falecendo dentro do campo de concentração alemão, por motivos 'inexplicáveis'. Alguns afirmam que ele foi assassinado pelos oficiais alemães por ter um mal comportamento, outros reiteram que Yakov cometeu suicídio ao se jogar diretamente em cercas elétricas que envolviam a prisão.

4. Homens ao mar: HMAS Armidale

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-3

O HMAS Armidale foi um navio de guerra, de somente três mastros, e com apenas uma bateria de canhões. Foi criado com o intuito inicial de ser um caçador de minas, que operava para o governo australiano durante a Segunda Guerra Mundial.

Durante uma missão em 1942 nos mares próximos ao Timor Leste, a pequena embarcação australiana, foi detectada pelos japoneses, que logo trataram de abater o navio. Como resultado disso, os 29 tripulantes que sobreviveram, começaram uma verdadeira cruzada pela sobrevivência em alto mar. Alguns dos sobreviventes se agarraram a uma balsa e começaram a remar rumo ao território australiano, entretanto só depois de vários dias alguns deles foram encontrados e devidamente resgatados. Os da imagem, foram fotografados por vias aéreas, por pilotos australianos que prometeram ajuda, mas nunca mais foram vistos.

5. Olimpíadas dos Campos de Concentração

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-4-838x563

Dentre os anos de 1940 e 1944, os jogos olímpicos que eram para acontecer em Tóquio e em Londres, tiveram que ser oficialmente paralisados por conta da Segunda Guerra Mundial. Não para todo mundo, pois os diversos campos contendo prisioneiros na Polônia, em Varsóvia e região, realizaram paralelamente a sua Olimpíada.

Em 1944, por exemplo, ocorreram secretamente os Jogos Olímpicos de Woldenberg, com diversas atividades olímpicas, onde 370 dos 7.000 prisioneiros, figuraram nas diversas modalidades, entre elas, até mesmo esportes coletivos como o handebol e basquete. As medalhas eram de papelão e as bandeiras das nações, era feita com lençóis.

6. O pequeno judeu dos guetos de Varsóvia

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-5-838x595

Os judeus dos guetos de Varsóvia, capital polonesa, realizaram uma verdadeira revolta, que durou dez dias seguidos, contra os oficiais alemães. Mesmo entrando com a plena consciência de que estavam em desvantagem contra o exército fortemente armado, eles se recusaram a se entregar e desistir.

O termo que é atribuído ao "Menino do Gueto de Varsóvia", foi o nome dado a um garotinho judeu que não tinha nem dez anos de idade, e que chegou a ser preso pelos oficiais nazistas. Ele teve que erguer as mãos para o alto, enquanto o soldado nazista o ameaçava com uma metralhadora. E apesar da foto do garotinho ter sido tão difundida e atribuída ao Holocausto, ninguém sabe dizer exatamente o que aconteceu ao pequeno judeu. Várias pessoas ao longo dos anos seguintes, reivindicaram a paternidade do garoto que nem vivo era mais.

7. "O Dispositivo", "The Gadget"

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-6-838x660

As bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki, que varreram boa parte da população e construções das respectivas cidades japonesas, na verdade, não foram as primeiras armas nucleares. As bombas que explodiram no Japão, foram as primeiras a diretamente matarem e destruírem pessoas. A primeira bomba atômica criada foi a chamada de "Gadget"  ou "Dispositivo".

O teste com ela ocorreu poucos dias antes do lançamento oficial em Hiroshima e Nagasaki, realizado no deserto do Novo México, nos Estados Unidos. A explosão do teste resultada pelo "Dispositivo", contou com a formação de nuvens no formato de um gigante cogumelo, de cerca de 12.000 metros de altura. Além de um flash cintilante de luz, equivalente a 10 sóis, da nossa Via Láctea, podendo ter sido visualizado, de outros estados norte-americanos, e até mesmo do norte do México.

8. Francês em prantos

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-7-838x676

Em 1940, os soldados nazistas invadiram Paris, o que foi um marco relevante para a derrota francesa na fase da Segunda Guerra Mundial, que ainda era dominada pelos alemães. A fase foi conhecida como "Os anos negros" pelos franceses, ou mesmo "Les Annee Noires". O homem em prantos na foto, era o francês Monsieur Jerome Barrett, ao ver a derrocada do exército francês, que já foi estimado antes da guerra, como o mais poderoso de toda Europa.

Hitler aliás, exigiu que os franceses assinassem sua rendição da guerra, no mesmo lugar que a Alemanha se rendeu na primeira grande guerra, na Floresta de Compiegne, inclusive, no mesmo vagão de trem. O vagão, que havia se tornado uma relíquia, e estava em um museu, foi especialmente movido para a floresta de Compiegne, para que houvessem as assinaturas. Uma humilhação sem precedentes para o povo francês!

9. Choro em Sudetos

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-8

Essa imagem foi um registro, capturado em Sudetos, na antiga Tchecoslováquia, no mês de outubro de 1938, posterior à invasão e anexação da cidade, aos territórios alemães, antes do início oficial da Segunda Guerra.

A imagem mostra uma moça aos prantos, erguendo um dos braços para condecorar e reverenciar as tropas nazistas, ao mesmo tempo que a outra mão, segura um lenço para limpar seus olhos marejados. A imagem gerou controvérsias pois foi usada como publicidade, tanto pelos alemães que mostravam a moça emocionada, quanto pelos aliados, para mostrarem o seu descontentamento.

10. Cabeças raspadas na França

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-9-838x1036

Após a França ser libertada das tropas nazistas no fim da 2ª Guerra Mundial, os cidadãos do país que de alguma forma, deram apoio a invasão dos alemães, foram rigorosamente perseguidos e tiveram os seus cabelos completamente raspados, como um sinal de verdadeira humilhação e desonra.

Em torno de 20.000 cidadãos, a maioria mulheres, em 1944, tiveram os seus cabelos raspados em praça pública. Esse foi um sinal de punição, extremamente difundido durante os conflitos do século passado, tendo sido inclusive, usado pelos alemães, para punirem as mulheres que porventura dormiram com homens que não fossem 'arianos'.

11. Nazistas muçulmanos

fotos-incriveis-da-Segunda-Guerra-Mundial-10-838x569

Essa fotografia registrada acima, corresponde aos soldados nazistas alemães, que eram muculmanos. Na hora do registro fotográfico, eles estavam prestando suas orações diárias a Alá. Essa era a brigada da 13ª Waffen-Gebirgs-Division der SS Handchar, uma junta completamente composta de muçulmanos, a maioria deles era bósnio.

O líder dessa tropa era Mufti Hajj Amin al Husseni, que teve apoio do governo alemão, para assassinar judeus no Norte da África, na Palestina e em alguns lugares do Oriente Médio.

Imagens realmente impressionantes e que demonstraram um pouco do que houve de mais expressivo durante a segunda grande guerra envolvendo as nações do mundo. Alguma lhe impressionou mais do que as demais?

Eduardo Coelho
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+