18 Raios-X bizarros de objetos inusitados dentro de pacientes

POR Rafael Miranda    EM Ciência e Tecnologia      11/02/15 às 20h06

A Radiopaedia é uma espécie de Wikipédia para médicos radiologistas: trata-se de um arquivo incrível com imagens que mostram o corpo humano em limites extremos. É um local para encontrar (e compartilhar!) radiografias de gente que se acidentou das mais diversas formas.

O site foi fundado pelo Dr. Frank Gaillard em 2005, quando ele ainda estudava radiologia na Austrália. Qualquer médico — ou qualquer pessoa curiosa o bastante para gastar o próprio tempo livre lendo casos médicos — sabe que acontecem um monte de esquisitices dentro dos hospitais. Dessa forma, a Radiopaedia serve como um fonte de informação educacional, compartilhando tutoriais e conhecimento sobre tudo que se diz respeito a radiologia.

Mas ela também serve para divertir um pouquinho. Só um pouquinho.

42

O site não é muito acolhedor a novos usuários, especialmente aos leigos hipocrondríacos buscando os próprios sintomas. Ainda bem que um aviso no cabeçalho do site diz isso: "Este site é voltado para médicos e profissionais da radiologia, possui conteúdo doado por usuários, e material que pode ser confuso para a audiência leiga". Mas dê uma chance à página, e você será agraciado com o senso de humor dos radiologistas.

O Dr. Gaillard contribuiu com muitas das primeiras imagens do site, e elas vêm junto de observações engraçadinhas.

Alguns médicos têm um fascínio estranho por objetos dentro do corpo humano. No livro Stuck Up!, Marty Sindhian, Rich Dreben e Murdoc Knight reuniram 100 imagens bizarras de raio-X, com iPods, Barbies e fitas cassete em lugares onde não deveriam estar.

Confira agora algumas das imagens compartilhadas na enciclopédia de raios-x bizarros:

30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 43 44 45 46 47

Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+