Entretenimento

4 ex-BBBs que ganharam uma edição e estão quebrados hoje em dia

0

O Big Brother Brasil (BBB) é um dos realitys shows mais consolidados na TV brasileira e também no exterior. O programa é exibido pela Rede Globo e anualmente prende a atenção de milhões de telespectadores. Tornou-se o sonho de muitos entrar na casa mais vigiada do Brasil e, de quebra, levar o prêmio milionário para casa. Além do super prêmio, as edições já revelaram o que são hoje grandes artistas, ou seja, é também a chance de sair do anonimato. Talvez esse último motivo seja o mais importante, pois nem só de dinheiro rápido vive uma pessoa e alguns vencedores são capazes de nos provar isso.

Pensando um pouco sobre tudo isso, resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou alguns ex-bbbs que ganharam uma edição e hoje estão ‘quebrados’. Como afirmamos, eles são a prova viva de que dinheiro rápido não faz a vida de todo mundo. Aproveite para compartilhar com seus amigos desde já e, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

1 – Rodrigo Cowboy

Rodrigo foi o grande vencedor da segunda edição do reality no Brasil. Ele admitiu ter perdido a maior parte do prêmio em investimentos que não deram tão certo assim. Um dos maiores prejuízos foi em uma empresa de estamparia de tecidos e distribuição de calçados. O ex-participante também se envolveu em problemas na justiça, sendo preso em 2007 suspeito de estelionato. Na época, Rodrigo teve que gastar 30 mil reais para sair da prisão.

2 – Dhomini

O goiano foi o grande campeão da terceira edição do Big Brother Brasil e também afirmou ter feito péssimos negócios com a grana. Dhomini montou uma dupla sertaneja com o amigo Dhoni, mas eles não conseguiram emplacar o sucesso. Para manter-se famoso e tentar algo, Dhomini tentou novamente o Big Brother Brasil em 2013, mas foi eliminado na segunda semana. Durante sua segunda participação, ele afirmou que gastou o que sobrou em terrenos e imóveis, mas acabou tendo pouco retorno.

3 – Cida Marques

Cida foi um grande marco para o programa. Ela tornou-se a primeira mulher a ganhar uma edição. Na quarta edição, Cida levou para casa o prêmio de 500 mil reais. Logo, ela se envolveu em uma grande polêmica judicial com seu ex-namorado, que a processou exigindo metade do prêmio. A mulher saiu vitoriosa no pleito, mas gastou cerca de 10% da fortuna com advogados e custos processuais. No entanto, ela perdeu muito dinheiro com empréstimos para familiares e até ex-participantes, que lhe deram o cano.

Suposição da mídia

4 – Emilly Araújo

Emilly venceu a edição de 2017 e levou para casa o prêmio de 1,5 milhão de reais. A mulher passou a ser alvo da mídia, que afirmava que ela havia perdido seu dinheiro. Fatores dão a entender isso, começando pelo aluguel do apartamento em uma zona nobre do Rio de Janeiro. Ela desembolsa 7 mil reais por mês, somados a taxas como IPTU e condomínio. No entanto, não é comprovado que ela esteja perdendo toda sua fortuna, pois foi divulgado apenas o valor do apartamento e Emilly ainda ganha com posts patrocinados no Instagram, rede que conta com 3 milhões de seguidores.

E aí, você sabia sobre isso? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante  para o nosso crescimento.

Debate ao vivo dos candidatos à Presidência da República

Matéria anterior

Anime de My Hero Academia revela o que o mundo pensa de Endeavor

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.