História

5 coisas boas que alguns dos seres mais repugnantes da história fizeram

0

Mortes, terror, destruição, guerras, escravidão, por trás de um passado trágico e assustador que algumas figuras da história também existem coisas boas, por mais que não pareça ser possível.

Você conhece as primeiras fotografias da história? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você quais foram elas.

Você sabia que grandes ícones da nossa história já fizeram algumas coisas boas para seus povos e você nem chegou a ter conhecimento? Confira a listinha que separamos para você com algumas delas.

1 – Josef Stalin

312ce04700000578-3446334-image-a-43_1455430920717

Josef Stalin morreu em 1953 depois de três décadas de um regime brutal e foi considerado responsável pela morte de milhões de pessoas.

Ele governou a União Soviética pelo período de 30 anos e ficou conhecido por aplicar punições severas a seus inimigos.

De acordo com o portal vix, “em suas três décadas no comando da União Soviética, ele implementou políticas de saúde e educação que permitiram taxas mais baixas de doenças e a expectativa de vida no país aumentou de 32 a 68 anos.”

2 – Muammar Kaddafi e a questão da igualdade entre gêneros

vaidade-infantil1

Kadhafi governou a Líbia por 42 anos considerado com “mão de ferro”. Ele foi morto depois de um ataque feito por forças rebeldes. Segundo o portal G1, “em 1977, proclamou a “Jamahiriya”, que definiu como uma “República de Massas” governada por meio de comitês populares eleitos, e concedeu a si mesmo o título de “Guia da Revolução“.”

Durante o seu longo mandato, ele fez coisas boas para seu povo, como a preocupação com a igualdade de gênero. Kaddafi proporcionou educação de qualidade para homens e mulheres, além de ter melhorado a estrutura dos hospitais, tornando-os acessíveis para todos os cidadãos.

3 – O ditador do Camboja Pot Pot e a ajuda aos agricultores

10-terribles-y-sangrientas-figuras-historicas-que-quiza-no-conocias-8

De acordo com o portal Terra, “Pot Pot foi  ditador do Camboja e o líder do Khmer Vermelho, um sangrento regime que vigorou no país entre 1975 e 1979 e levou à morte, segundo estimativas, entre 1,7 milhão e 2 milhões de pessoas – um dos maiores genocídios do século passado.

As leis do país no período eram tão assustadoras que previam a condenação por traição de pessoas que chegavam ao trabalho atrasadas. O governo entrou em colapso em 1979, após o país ser invadido pelo Vietnã. Pot e a cúpula do Khmer Vermelho foram obrigados a fugir para as florestas, de onde seguiram lutando para permanecer no comando do país.

Ele morreu em 1998, após o general Ta Mok, que então governava o país, ameaçar entregá-lo para ser julgado nos EUA. Oficialmente, ele morreu após sofrer uma parada cardíaca, mas há suspeitas de que ele tenha cometido suicídio ou sido envenenado.

Mas antes de ser essa figura que causava medo em muitas pessoas, ele ajudou os agricultores pobres concedendo pedaços de terra a vários deles. Além disso, ele também proporcionou oportunidade para as pessoas obterem acesso às suas culturas.

4 – Hitler defendeu o direito dos animais

hitler_con_su_perro

Hitler é um ícone muito conhecido de toda a humanidade por ter escravizado pessoas, bombardear e aterrorizar cidades.  De acordo com o psychologytoday, apesar de ter matado milhares de pessoas e nações, com os animais, ele teve um comportamento diferente. Talvez influenciado por seu vegetarianismo, Hitler estabeleceu, durante seu governo, políticas para minimizar o sofrimento em matadouros de animais e chegou a proibir a dissecação de animais vivos.

5 – Saddam Hussein e a melhoria da educação no Iraque

saddam_hussein01

De acordo com o portal G1, “Saddam Hussein foi capturado em 13 de dezembro de 2003, nas proximidades de Dawr, onde as tropas americanas o encontraram escondido em um buraco cavado no chão.
Centenas de milhares de pessoas, principalmente xiitas e curdos, morreram durante seu regime, um episódio doloroso que é o pano de fundo da atual tensão entre as autoridades federais e a região autônoma do Curdistão.
Saddam também travou uma guerra contra o Irã nos anos 80 e em 1990 ordenou a invasão do Kuwait, que provocou sanções internacionais que deixaram a economia iraquiana de joelhos.

O país ainda paga indenizações ao vizinho do Golfo.” Segundo informações do globalresearch, um legado positivo deixado por Hussein foi percebido na educação. Ele criou escolas e universidades gratuitas, além de ter conseguido aumentar de 52% para 80% a taxa de alfabetização dentro de uma década.

O que você achou destes feitos? Mande seu comentário para gente!

Afinal, por que alguns palhaços estão assustando as pessoas ao redor do mundo?

Matéria anterior

6 segredos de mágica fascinantes sendo devidamente revelados

Próxima matéria

Mais em História

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.