5 descobertas recentes do espaço que ninguém consegue explicar

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Ciência e Tecnologia      07/02/15 às 01h43

O universo gosta de nos confundir. E, às vezes, as descobertas que mais beneficiem a ciência são aquelas que nos deixam seriamente confusos e procurando por explicações que façam sentido.

Conseguir entender alguns fenômenos pode ser um esforço de anos e demanda um empenho e dedicação enorme de cientistas. Enquanto as solução não surgem, conheça alguns destes eventos sem explicação.

1. Misterioso campo Magnético da lua

lua

A lua sempre foi considerada pequena para ter um campo magnético, mas durante a ida do homem a lua foram encontradas algumas pedras magnéticas. O que explicaria isso? O mistério das rochas lunares com magnetismo permaneceu sem solução. Alguns cientistas americanos tentaram explicar.
A tese de alguns americanos da Universidade da Califórnia, aponta que a lua tem um manto sólido, feito de pedra, que circunda o núcleo onde há ferro líquido. De acordo com eles, o manto e o núcleo tinha rotações em sentidos diferentes e o choque gerado foi intensificado pela interação gravitacional entre a lua e a Terra. E isso teria gerado o magnetismo. A teoria parecia fazer sentido, mas com o tempo foi anulada .

2. Galáxia de 13 bilhões de anos

galaxia

Um vídeo produzido pelo Goddard Space Flight Center  e divulgado pela NASA, mostra um fenômeno interessante, a existência de uma galáxia de 13 bilhões de anos. As galáxias são uma junção de estrelas, gás, poeira e matéria escura que se mantêm unidos pela gravidade. O visual e a aparência de cada galáxia vão depender das interações com estrelas ou outras galáxias.

Por meio de algumas tecnologias, os cientistas conseguiram simular como uma galáxia se formou no início do universo e se desenvolveu até hoje. No vídeo é possível ver 13,7 bilhões de anos de evolução cósmica acontecer em menos de 1 minuto. O que levou essa galáxia a surgir é um motivo ainda não conhecido.

3. Ilha de Titã

magic

Em 2013, quando a sonda Cassini da NASA passou próximo a Titã, a maior lua de Saturno, captou uma imagem sem misteriosa. Os cientistas puderam ver uma estranha mancha branca sobre Ligeia, um mar de 150 metros de profundidade, no hemisfério norte de Titã. No entanto, nas  imagens anteriores tiradas em 2007 e 2009, a mancha não aparece. Foi levantada a hipótese de se tratar de um  iceberg desprendido da costa, ou um efeito gerado pela irrupção de bolhas e ondas sobre a superfície normalmente calma. Mas, por não saberem ao certo do que se trata, os astrônomos definiram o raro objeto nas imagens como "a ilha misteriosa".

4. Asteroide com anéis

asteriodes

A descoberta foi feita por um grupo de pesquisadores liderado por um brasileiro. Esta foi a primeira vez que anéis foram detectados ao redor de objetos menores do Sistema Solar. Até então só se sabia a existência de anéis ao redor de  Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Ainda não foi encontrada nenhuma explicação para o fenômeno.

5. Raios-x estranhos

raio

Pulsos de raios-X estão fluindo a partir do núcleo das galáxias de Andrômeda e Perseu. E espectro dos sinais (ou assinatura de luz) não corresponde a qualquer partícula ou átomo conhecido. Assim, os astrônomos estão provisoriamente argumentando sobre a perspectiva de um avanço científico, pois esse fenômeno poderia ser apenas o primeiro sinal tangível da matéria escura.

 

 

 

 

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+