5 histórias insanas sobre a II Guerra Mundial que ninguém sabia

POR A redação    EM Curiosidades      07/08/15 às 14h34

As coisas que aconteceram na II Guerra Mundial ainda causam estranheza devido aos acontecimentos "fora do comum". A II Guerra Mundial é sem dúvida o episódio mais trágico na história da humanidade.

A guerra de seis anos, com epicentro na Europa, se espalhou para todos os cantos do globo com inúmeros homens, mulheres e crianças afetadas pelo conflito.

Milhões foram mortos no campo de batalha, no ar, no mar e nas cidades e zonas rurais em toda a Europa. Todo mundo sabe a cronologia. Todo mundo sabe como e por que os Aliados venceram. No entanto, durante uma guerra, há dezenas de incidentes chocantes ocorridos que são menos notórios.

Os nazistas tinham uma base no Ártico para construir armas nucleares

1

Um pequeno grupo de soldados noruegueses detonou cargas explosivas em uma base nazista secreta no ártico que tinha como objetivo a construção de armas nucleares. A operação Gunnerside foi realizada em 1943.

O Japão queria criar um "raio da morte"

2

Nikola Tesla afirmou em 1934 que ele tinha um "raio da morte", que poderia acabar com exércitos inteiros. Isso nunca foi comprovado e a maior parte do mundo não lavava a ideia muito a sério com exceção do Japão. O Japão conseguiu fazer um protótipo do "raio da morte" capaz de matar a uma distância de até meia milha. O problema: O alvo tinha que ficar totalmente imóvel por cinco a 10 minutos.

Hitler tinha armas biológicas

3

Nazistas com armas biológicas soa como algo bastante perigoso, não é mesmo? Os nazistas já haviam realizado uma série de testes biológicos com insetos bizarros e todo o tipo de doenças. No início da guerra, Hitler emitiu uma ordem obscura que disse que não poderia haver nenhuma pesquisa de armas biológicas ofensivas.

Cientistas nazistas ignoraram essa ordem e desenvolveram as armas de qualquer maneira, mas Hitler se recusou a mudar sua ideia quando ele foi informado de que ele agora tinha armas de destruição maciça.

Tentativa de "invadir" o Havaí

4

Em 07 de dezembro de 1941, o piloto japonês Shigenori Nishikaichi estava voando para casa depois de uma manhã produtiva quando ele pousou em uma ilha devido a um problema técnico. Os moradores de Niihau, a ilha mais pequena do Havaí, recepcionaram o piloto de forma amigável.

Para ser justo, eles não tinham ideia que os EUA estavam em guerra com o Japão. Niihau não tinha tecnologia avançada como "telefones" ou "qualquer forma de comunicação." Aproveitando da situação, o soldado ajudou a arquitetar a dominação da ilha para o Japão. Claro que tudo deu errado e ele e seus companheiros foram mortos.

"Kamikazes" submarinos

4

Só há uma coisa mais louca do que alemães e japoneses fazendo planos para destruir a América: um plano alemão-japonês para destruir a América. Era o seguinte: antes do fim da guerra, os nazistas ordenaram que um submarino U-234 tirasse todas as suas armas secretas do Japão, incluindo, aparentemente, uma porrada de urânio.

Claro que tudo deu errado. A versão mais aceita é que o submarino foi capturado e o urânio que estava nele foi usado para bombardear Hiroshima. Os japonazis queriam enviar uma bomba com urânio para a América através de submarino que se auto-destruiria para concluir o plano.

 

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+