Fatos Nerd

5 personagens da DC que merecem uma série na Netflix

0

O canal de streaming Netflix ganhou o mundo há alguns anos. Com cada vez mais usuários cadastrados, a empresa tem aumentado o investimento em conteúdos originais. Seu programas começaram a virar sinônimo de qualidade e ela ganhou ainda mais atenção quando fechou uma parceria com a Marvel Entertainment para produzir séries de alguns de seus personagens, começando por Demolidor. Antes de sua estreia, o programa já dividia opiniões, afinal, o herói teve uma adaptação em 2003 que não foi bem recebida, mesmo com um bom elenco no projeto, sendo Ben Affleck no papel principal. No entanto, a Netflix estava empenhada em não decepcionar os fãs. Dessa vez, com Charlie Cox na pele de Matt Murdock, Demolidor foi um sucesso absurdo. Seguindo seus passos veio as ótimas Jessica Jones, Luke Cage e – a que mais divide opiniões – Punho de Ferro.

Recentemente, Reed Hastings, o CEO da companhia, ao falar sobre o polêmico cancelamento de Sense8, disse que a empresa quer investir em mais conteúdos originais e que, principalmente, os que deem retorno. Para isso, Hastings afirmou que a Netflix está sempre ousando e revelou que pressiona seu time criativo para criar e desenvolver histórias malucas, de acordo com ele não há sucesso sem riscos. Contudo, é necessário saber em qual história investir. Não seja por isso!

Ao que tudo indica, a Netflix encontrou o jeito certo de fazer séries sobre super heróis. Nós vivemos em uma época onde eles estão dominando quase todas as mídias e nunca tivemos tanto nerds como agora, esperando para ver seus personagens favoritos ganharem uma chance no cinema ou na televisão. Por isso, selecionamos alguns heróis da DC (até porque a Marvel já está com seu caminho feito) que mereciam essa chance!

5 – Batwoman

Se é risco que a Netflix quer, ela poderia muito bem começar adaptando as histórias de Batwoman, especialmente a dos Novos 52 que traz uma personagem totalmente repaginada, com ótima história de fundo e personagens que valem a pena ver em tela. Batwoman agora é Kate Kane, mulher que, devido ao trauma sofrido pelo sequestro e morte de sua mãe e irmã, se dedicou aos serviços militares como fuzileira naval para impressionar seu pai.

Ao revelar que era gay, a personagem é renegada pelo pai e vaga sem rumo por um tempo. Quando tem uma experiência de quase morte, Kate é salva por Batman e encontra nele inspiração para transformar sua própria vida, assumindo dessa forma a persona de Batwoman. Os quadrinhos possuem uma trama que grita pela Netflix.


4 – Jonah Hex

Cadê a série do Velho Oeste da Netflix? Para estrear o gênero, que tal pegar um herói western?! Na verdade, Jonah Hex está mais para um anti-herói,afinal  ele é um caçador de recompensas com comportamento cínico, típico de quem não liga para nada e vive constantemente embriagado. Hex possui o rosto desfigurado, consequência por quebrar a Lei Apache, ao usar uma arma proibida na luta contra um membro da tribo. O resultado da trapaça lhe rendeu a Marca do Demônio, feita pelo próprio chefe da comunidade indígena que, segundo ele, marcou apenas um lado para que as pessoas soubessem que Jonah Hex é um homem dúbio, metade bom, metade ruim. Então, é ou não a cara da Netflix?!

3 – Questão

Charles Victor Szasz (não! não é o mesmo vilão do Batman) é um daqueles personagens que merecem mais atenção. Nos quadrinhos, ele é uma figura que possui um elevado grau de complexidade filosófica. Criado por Steve Ditko, com renovação de Dennis O’Neil e Daneys Cowan, Victor Szasz  – muitas vezes conhecido como Vic Sage – é um repórter com tendências violentas que esconde um passado de abuso. Com a ajuda de seu ex professor, ele canaliza sua raiva para atividades de vigilância noturna, usando uma máscara cor de sua pele para proteger sua identidade. Ele não possui nenhum super poder, no entanto, é ótimo detetive e um excelente lutador. Um prato cheio para a Netflix, se a série fosse rodada com a estilística noir então, ficaria melhor ainda!

2 – V

Quase todas as pessoas que assistem a Black Mirror acabam por adorar a série, afinal, muitos episódios podem ser relacionados com a realidade. No entanto, querem uma história mais atual que a de V de Vingança? A bela obra de Alan Moore foi escrita em no final da década de oitenta e nunca esteve mais atual. A graphic novel teve uma ótima adaptação para os cinemas em 2005, com Natalie Portman e Hugo Weaving, apesar disso, a trama concede possibilidade de ser explorada em forma seriada e, dada a complexidade e mesmo violência da história, a Netflix seria uma boa casa para ela.

1 – John Constantine

Esse é amaldiçoado! O coitado teve um filme em 2005 com Keanu Reeves no papel principal, e a obra é motivo de briga até hoje entre fãs. Enquanto alguns gostaram do trabalho, outros preferem visitar Lúcifer a rever alguma cena. De qualquer forma, John Constantine ganhou outra oportunidade, dessa vez na televisão. O problema é que o personagem é um expert em ocultismo; demonologia; realiza exorcismos aqui e ali; é arrogante; individualista, fuma adoidado, tem Alan Moore como um de seus criadores e foi cair na NBC.

Acontece que a emissora americana é um canal aberto, por isso, praticamente tudo que o personagem é e faz vai contra as políticas da empresa. Ou seja, alteraram muita coisa na história (exceto o visual de Matt Ryan que ficou bem legal). Na época a NBC teve de refilmar o piloto porque não agradou muito e, mesmo ganhado uma temporada completa, ela não foi renovada. O personagem chegou a fazer uma participação na série Arrow, da CW, mas acabou por ali mesmo.

John Constantine merece mais. Ele merecia uma chance na Netflix!

Concorda com a lista? Acredita que esses heróis se dariam bem no canal de streaming? Que outros personagens da DC você gostaria de ver na Netlfix? Não deixe de compartilhar sua opinião com a gente!

5 atores que desistiram das séries em que eles estrelavam

Matéria anterior

Dragon Ball Super – Cartoon divulga trailer dublado para anunciar a volta do anime

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos