Assistir séries se tornou um hábito tão constante quanto ver filmes. Na verdade, as séries invadiram de vez a vida das pessoas. Há grupos, fóruns e até encontros presenciais para discutir as histórias e criar teorias. Esses programas de televisão desenvolveram seu próprio universo, seu próprio nicho, as pessoas adoram conversar sobre as séries que assistem, indicar novas e sempre procurar por histórias interessantes. Com um pouco de audácia, podemos dizer que vivemos na era de ouro das séries de televisão. Evidentemente, nem tudo é tão bom quanto parece.

Ser um seriador é saber que você está em constante risco de ter sua série favorita - ou no mínimo aquela que está entre seu top cinco - cancelada. Provavelmente, nem mesmo o fim do programa dói tanto para um apaixonado por esse meio quanto a série ser cancelada. E quando você acha que não pode ficar pior do que isso, o cancelamento chega no auge da história; quando uma reviravolta acontece ou quando o maior segredo da história é revelado. Depois da pessoa ser consumida por ataques de raiva, só resta a frustração. Infelizmente, este é um sentimento que muitos seriadores compartilham. A seguir, vamos relembrar alguns casos que deixaram muitos fãs arrancando cabelos.

Kyle XY (2006-2009)

A história gira em torno de um adolescente que acorda no meio de uma floresta sem saber de nada. Ele não sabe seu nome, aparentemente não sabe falar, tem mudanças constantes de humor e possui um detalhe curioso: ele não tem umbigo. A psicóloga que pega o caso resolve adotá-lo e, com ajuda de sua família, ela ajuda Kyle a se tornar uma pessoa melhor e descobrir de onde veio. A série foi cancelada na terceira temporada e em um momento de total revelação para Kyle, algo que mudaria completamente o rumo da história. O espectador acompanhou aos poucos, junto com Kyle, suas descobertas, o porquê de ele não ter umbigo, da onde ele veio exatamente e, quando a trama anuncia que mudará o rumo, o programa simplesmente acaba.

Publicidade
continue a leitura

Reunion (2005)


Então você começa a acompanhar uma série bem interessante, que envolve morte, mistério, segredos entre amigos e memórias perdidas no tempo. Tudo isso para ela ser cancelada na primeira temporada sem nenhuma explicação. Reunion conta a história de seis amigos que resolveram fazer uma reunião em comemoração aos vinte anos de formatura do ensino médio. Acontece que um deles está morto e os outros cinco se tornam suspeitos. A série foi escrita para ter o assassino revelado ainda na primeira temporada, provavelmente no último episódio, contudo, ela não chegou tão longe. O programa foi cancelado com nove episódios exibidos.

Terminator: The Sarah Connor Chronicles (2008-2009)

Publicidade
continue a leitura

Antes de Lena Headey entrar na disputa pelo trono de ferro, ela foi mãe de John Connor (Thomas Dekker). A série acompanhava Sarah Connor e seu filho tentando sobreviver fora do radar do governo nos dias atuais. Para variar a história não sai conforme planejado e uma androide do futuro (Summer Glau) é enviada para proteger a família. A série era boa de assistir, com personagens carismáticos, bom de briga e uma história que seguia o legado da franquia. Ela foi cancela na segunda temporada, quando, enviados ao futuro, os protagonistas descobrem que ninguém nunca ouviu falar sobre John Connor. Cancelar uma série dessa forma é cruel.

Flashforward (2009-2010)

A premissa era instigante, pessoas em todo o planeta perderam a consciência por um período de exatos dois minutos e dezessete segundos, nos quais elas tiveram um vislumbre de suas próprias vidas seis meses no futuro. A série questionava a possibilidade de poder mudar o que “está escrito”. Com seu desenvolvimento, esse tempo no futuro foi alcançado, então, o mesmo evento ocorreu, contudo, dessa vez, as pessoas se viram vinte anos à frente. Com um flashforward muito mais chocante que o primeiro, os fãs nunca saberão o desdobramento e as conclusão de tais situações.

Publicidade
continue a leitura

Alphas (2011-2012)

Certeza que quem cancelou Alphas não vai para o paraíso, pois este foi um ato de extrema maldade. A série era uma ficção científica muito boa, acompanhava um grupo de pessoas que possuíam habilidade especiais, elas eram o próximo nível da evolução humana, algo que lembrava X-Men. Esse grupo era liderado pelo humano Dr. Lee Rosen, que ajudava Alphas (como essas pessoas eram chamadas) a encontrar seu lugar no mundo. Sim, uma espécie de Professor Xavier. Embora as semelhanças fossem visíveis com o grupo de mutantes, a série conseguiu construir seu universo e desenvolver personagens complexos. O programa teve duas temporadas, sendo o último episódio de deixar todos de queixo caído. Tudo mudaria na série e os fãs não se continham de tanto entusiasmo para a próxima temporada... que nunca chegou. Nessa onda de revival, nada daria mais satisfação aos seriadores se anunciassem o retorno de Alphas.

Concordam com a lista? Alguma dessas séries estavam em seu top cinco favoritas? Quais outras séries caberiam perfeitamente aqui? Compartilhe sua opinião conosco. Lembrando que não temos a intenção de impor verdades, desrespeitar e nem ofender ninguém. Nossos intuito é apenas de informar, instigar e entreter mentes curiosas.

Publicado em: 12/09/17 15h17