6 pessoas que detestaram os filmes baseados em suas vidas

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Entretenimento      28/09/15 às 18h09

Já imaginou se alguém resolvesse criar um filme inspirado em sua vida? Seria uma honra, certo? Isso não foi exatamente o que  algumas pessoas pensaram quando assistiram a produções cinematográficas inspiradas nas suas histórias.

Elas não apenas não se sentiram honradas como detestaram os filmes! As "biopics", como são chamados os filmes biográficos, costumam ser um sucesso nos cinemas, mas enfurecem aqueles que são retratados.

A seguir você vai poder relembrar algumas biopics que não caíram no gosto dos personagens retratados, ao contrário do público, que gostou bastante da representação.

1 - Marc Schiller - "Sem dor, sem ganho" (2013)

dinheiro[

Apesar de ser um filme engraçado, ele é baseado em uma história real, em que fisioculturistas matam pessoas por dinheiro.

Marc Schiller, que foi interpretado pelo ator Tony Shalhoub, se ofendeu com a maneira com que a sua tentativa de assassinato foi representada. Não é difícil imaginar o porquê, ele entrou em como após o atentado que quase tirou a sua vida.

2- Susan Keane - "Grandes Olhos" (2014)

grandes

O filme retrata a história de Margaret Keane, uma grande artista dos anos 1950, que fazia retratos de crianças com olhos grandes e assustadores.

Por muito tempo o seu marido vendeu as obras como se fossem dele, até que veio à tona que Margaret era a verdadeira autora das pinturas.

Embora apareça no filme com outro nome, a filha do casal Susan Keane, que foi interpretada por Farryn VanHumbeeck, reclamou do longa de Tim Burton, especialmente por alegar que seu pai foi o autor das pinturas.

3 - Hunter Doherty "Patch" Adams - "Patch Adams - O amor é contagioso"

adams

O filme retratou a história de Patch Adams, um famoso médico norte-americano que se caracterizava de palhaço para tratar os seus pacientes.

Apesar de fazer uso do bom humor e do riso em seu trabalho, ele não gostou de como foi representado no filme. Segundo ele, depois que o filme foi lançado tudo associado ao seu nome ganhou um aspecto "infantiloide".

4 - Mark Schultz - Foxcatcher - Uma História que Chocou o Mundo ( 2015)

FOXCATCHER

Apenas um dos três personagens principais  retratados no filme está vivo, Mark Schultz, que foi interpretado por Channing Tatum.

Ele não gostou nada da maneira com que foi representado e notou "subtextos" homossexuais, que até então haviam passado despercebidos na trama.

5 - Mark Zuckerberg - "Rede Social"

filme

Mark Zuckerberg, que no filme "Rede Social" foi interpretado por Jesse Einsenberg, foi outro que não aprovou muito a sua representação na produção cinematográfica.

De acordo com ele, a representação de David Fincher foi engraçada, mas não achou muito feliz a ideia de que o Facebook só foi criado por ele para chamar a atenção das garotas, já que ele namorava na época em que criou a rede social

"Os criadores do filme não conseguem conceber que uma pessoa vai criar algo simplesmente porque ela gosta de criar", com essa afirmação ele finalizou a sua opinião a respeito do filme.

6 - Ike Turner - "Tina" (1993)

tia

O filme retrata a vida da cantora Tina Turner, que foi vítima de violência doméstica. No entanto, o seu marido, Ike Turner, interpretado por Laurence Fishburne, se irritou ao ser retratado como um agressor de mulheres.

Ele se "defendeu" em entrevistas, dizendo que sua representação cinematográfica era falsa, já que ele "só dava uns tapas" na cantora, como se isso fosse algo normal.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+