• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 casos bizarros de necrofilia no mundo animal

POR Mateus Graff    EM Mundo Animal      25/07/18 às 15h28

Você sabe o que é necrofilia? Essa parafernália se baseia em sentir-se excitado sexualmente por um cadáver. Esse fenômeno é conhecido há muito tempo pelos humanos, mas acreditem, também acontece no reino animal. Estamos falando isso porque existem alguns casos de animais que fazem sexo com outros animais mortos, algo bizarro de se ver.

A natureza é linda, maravilhosa e exuberante, mas também tem lá suas peculiaridades. Nós separamos alguns casos de necrofilia no reino animal, desde corvos e cangurus, a sapos e lagartos. Então, caros amigos, confiram agora a nossa matéria com os 7 casos bizarros de necrofilia no mundo animal:

1 - Corvos

Os corvos tem esse péssimo hábito de tentarem acasalar com seus colegas mortos. Mas vale lembrar que esse mesmo comportamento já foi observado em outros pássaros. Quando acontece a necrofilia, geralmente o ato é acompanhado de agressão e acontece durante a época de reprodução. Por que isso acontece? Os especialistas ainda não encontraram uma explicação clara.

2 - Cangurus

O canguru é encontrado exclusivamente na Austrália, tanto que é um símbolo do país. Os australianos se orgulham de ter esse animal como mascote, mas recentemente um deles causou polêmicas. A foto acima, com um suposto canguru de 'luto' por causa de seu amigo morto se tornou viral.

Porém, a imagem foi mal interpretada. Mark Eldridge, do Museu Australiano, explicou o seguinte: ""tima foto dos cangurus, mas eu acho que foi fundamentalmente mal interpretada. O macho está claramente estressado e agitado, seus antebraços estão muito molhados depois de ele lamber-se para se esfriar. Ele também está sexualmente excitado: a evidência está atrás do escroto [sim, em marsupiais, o pênis está localizado atrás do escroto]". Pelo que podemos concluir, o macho está tentando levantar a fêmea para se acasalar. Bizarro, não!?

3 - Sapos

O pequeno sapo brasileiro da espécie Rhinella proboscidea também não fica de fora dessa lista. Especialistas descobriram que o macho é capaz de extrair os ovos do cadáver de uma fêmea e fertilizá-los. O sapo fica em cima da fêmea e aperta sua barriga para fazer sair os ovos. Os cientistas chamaram esse ato de "necrofilia funcional".

4 - Lagarto

O teiú brasileiro, também conhecido em algumas regiões como Tiu, também já foi registrada cometendo necrofilia. O caso foi observado duas vezes, onde dois lagartos diferentes tentavam acasalar com o cadáver de uma fêmea.

Na primeira vez o lagarto tinha acabado de morrer e o corpo ainda estava fresco. O segundo caso foi com o mesmo corpo, porém um dia depois (quando o corpo já cheirava mal e tinha começado a inchar). O lagarto tentou por mais ou menos uma hora antes de desistir.

5 - Lontras

A lontra é um animal carnívoro, porte médio e semi-aquático que pode ser encontrado em quase toda a América Latina. Elas podem parecer fofas, mas não estão nessa lista por acaso. Em 2010, a veterinária Heather Harris documentou um comportamento perturbador entre as lontras. Foram 19 casos de lontras envolvidas em algo chamado de "comportamento sexual interespecífico".

Cerca de três lontras diferentes foram vistas vigiando, assediando, arrastando e até copulando com focas mortas por sete dias.

Mas esse comportamento já tinha sido observado há um tempo. Em 2017 uma lontra macho foi vista segurando uma fêmea embaixo da água até ela ficar imóvel. Depois, ele copulou várias vezes na carcaça. O mesmo macho foi visto com outra carcaça cerca de 10 meses depois.

6 - Golfinhos

Dois golfinhos machos foram vistos ao redor de uma carcaça de uma fêmea por dois dias em maio de 2000. Especialistas estavam tentando recuperar o corpo, mas foram recebidos com agressão pelos golfinhos.

Oportunistas, os machos começaram a copular com a fêmea morta quando seu corpo ficou de barriga para cima. Os golfinhos cheiravam a área genital e o peito da carcaça e também foram vistos com ereções. Outro animal muito amado pelos humanos, mas que infelizmente está nessa lista. Algumas das imagens desse ato foram publicadas nesse estudo.

7 - Pinguins

E finalmente chegamos ao animal que muitas pessoas não sabem se ele tem joelho ou não (sim, os pinguins tem joelhos). Brincadeiras à parte, agora vamos falar sobre o estranho caso do pinguim-de-adélia. A necrofilia entre pinguins foi observado pela primeira vez em 1910. O biólogo George Murray Levick, membro da Expedição Terra Nova de 1910-13, ficou chocado com o que viu. Essa observação foi retirada do registro oficial e mantida em segredo por quase 100 anos.

O ornitólogo Douglas Russell, do Museu de História Natural de Londres, deu uma entrevista à BBC em 2012. Ele declarou o seguinte: "O que está acontecendo não é de forma alguma análogo à necrofilia no contexto humano. Os machos veem um posicionamento que causa uma reação sexual. Eles não estão distinguindo entre fêmeas vivas que estão aguardando [a reunião de acasalamento] na colônia, e pinguins mortos do ano anterior, que por acaso estão na mesma posição."

Que diria, até os pinguins estão nessa. Mas e você, sabia que existia casos de necrofilia no reino animal? Não esqueça de comentar aqui embaixo!




Matérias selecionadas especialmente para você

Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+