• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas extremamente valiosas que foram destruídas pela estupidez humana

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      22/03/19 às 18h49

O ser humano muitas vezes consegue ser incrível, construir coisas maravilhosas, moldar, modificar, criar e também destruir. Enquanto Midas, transformava tudo o que tocava em ouro, algumas pessoas também possuem um dom parecido, mas ao invés de virar ouro, o que elas tocam, acaba sendo danificado para sempre.

Parece inevitável, mas algumas pessoas simplesmente não conseguem evitar destruir tudo o que tocam. A estupidez humana às vezes ultrapassa todos os limites, e isso traz algumas consequências. Pode ser a simples tela de um celular trincada, até coisas extremamente valiosas, e que por um simples descuido ou acidente infeliz, foram destruídas. Veja agora 7 vezes em que a estupidez humana terminou em um grande prejuízo.

1 - Adolescentes britânicos destruíram formações rochosas da idade do gelo

Há cerca de 100 milhões de anos, antes mesmo que houvesse os dinossauros, a mãe natureza já trabalhar nas Brimham Rocks, uma estrutura equilibrada de várias rochas que chegam a quase 30 pés de altura, em Yorkshire, na Inglaterra.

A estrutura pode ter sobrevivido aos dinossauros, mas não teve a mesma sorte quando se deparou com um grupo de adolescentes. No começo desse ano, um grupo de jovens não identificados estava brincando naquela região, e acabou empurrando uma das rochas de um penhasco. A pedra quebrou, e em questão de segundos, eles destruíram uma obra que sobreviveu a milhões de anos. Após o acidente, uma equipe de geólogos e outros profissionais foi enviada para mensurar os danos e verificar a possibilidade de reerguer a estrutura. Algo que deve levar cerca de 300 milhões de anos.

2 - Construtores destruíram um castelo francês do século 18

Em 2012, o empresário russo Dmitry Stroskin, estava bastante interessado em comprar um castelo histórico no interior da França. Depois de muita negociação, ele finalmente conseguiu comprar o Chateau de Bellevue, que fica na cidade de Yvrac. Por ser uma construção muito antiga, Dmitry pretendia renovar as instalações, e para isso, ele contratou uma equipe de construção polonesa para fazer o trabalho. O empresário solicitou a eles que derrubassem um pequeno banheiro, enquanto ele fazia negócios em uma fábrica russa.

Pelo visto, os homens não entenderam bem as suas instruções, e acabaram demolindo todo o castelo, exceto o banheiro, que na verdade era a única coisa a ser destruída. Quando Dmitry voltou, descobriu que seu castelo agora não passava de uma história. Três anos depois e mais de US$ 1 milhão de orçamento, o empresário ainda estava comprometido com a reconstrução fiel do seu castelo.

3 - Igreja espanhola tenta restaurar escultura antiga e o resultado é um fracasso

Para trabalhar com restauração de obras de arte, é preciso ter um talento específico que nem todos têm. Quando um padre local, da paróquia em Estella, na Espanha, procurou um professor de arte e ofícios para restaurar uma escultura de madeira de mais de 500 anos de idade, ele não esperava por aquele resultado.

A escultura representa o mito de São Jorge e o Dragão, mas o valioso artefato religioso acabou saindo muito diferente da obra original, agora ela se parece mais com um confuso príncipe da Disney. A Associação de Conservadores e Restauradores Espanhóis acionaram os promotores pelo incidente, alegando que isso se tratava de "um crime por danos contra objetos de valor cultural e histórico".

4 - Um homem acidentalmente destruiu US$ 300 milhões em criptomoedas

Quando um novo software foi lançado com o propósito de proteger o dinheiro virtual e impedir o roubo de milhões de dólares, ninguém esperava que o programa poderia levar ao roubo acidental de milhões de dólares.

Um usuário identificado como "devops199" acabou disparando um bug no sistema enquanto usava a plataforma de gerenciamento das criptomoeda. Para a sua surpresa, ele se viu no controle de todas as carteiras do site, com US$ 300 milhões em criptomoeda. Em pânico, ele tentou de todas formas desfazer o erro, mas acabou apagando o código que lhe transferiu todos os fundos. Mas isso não fez com que o dinheiro voltasse para os seus respectivos donos, ao invés disso, todo aquele dinheiro foi perdido para sempre. Com a exclusão do código, todas as carteiras ficaram bloqueadas e ninguém tinha como acessá-las.

5 - Petróglifos sagrados destruídos por um paintball

Em 2010, David Smith e um amigo não identificado foram praticar paintball em um local sagrado nativo americano, localizado na Área de Recreação Nacional do lago Mead. Acontece, que durante a brincadeira, os dois acabaram destruindo 38 áreas contendo petróglifos (gravuras antigas feitas em faces rochosas). Pela história, aqueles desenhos nas pedras foram bastante significativos para as tribos da região.

David disse que pensou que a tinta seria lavada pela chuva. E isso poderia ter acontecido, se as bolas de paintball que ele usou fossem biodegradáveis, no entanto, a tinta usada deixou manchas oleosas que ninguém conseguiu remover.

6 - Agência de transporte destruiu o piano de um famoso pianista

A TSA, Agência do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, e responsável pela segurança dos transportes, recebeu o piano de cauda personalizado Steinway, pertencente a um pianista mundialmente famoso, Krystian Zimerman. O fato ocorreu no aeroporto JFK, em 2002, e na ocasião eles confiscaram o instrumento, porque a cola cheirava como uma bomba. Sem antes fazer uma investigação aprofundada, ou simplesmente checar com o dono do que se tratava, eles simplesmente destruíram o piano.

Depois disso, o músico viajou para os Estados Unidos apenas com partes do piano, que ele montava antes dos shows. Antes disso, ele não tinha muito a dizer sobre a política externa dos EUA, mas depois do ocorrido, ele se tornou um crítico declarado, e até se recusa a tocar no país.

7 - Criança apagou fogo que queimava há mais de 200 anos

Em uma visita ao Museu de Guanajuato Regional, no México, um menino acabou com 200 anos de história em segundos, quando ele apagou a chama da Independência. O fogo que foi extinto, era um símbolo histórico do país, chamado "El Fuego de la Libertad". O momento em que o garoto apaga a chama, foi filmado por um homem, aparentemente o responsável pela criança, que não faz nada para impedir o ato.

E você, o que achou? Conta para a gente nos comentários.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+