• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você faz todo dia e podem te ferir gravemente

POR Mateus Graff    EM Curiosidades      08/08/18 às 16h51

Já fizemos uma matéria alertando os nossos leitores das 10 coisas que todo mundo deveria ter na sua casa imediatamente. Bom, hoje a Fatos Desconhecidos resolveu dar outro alerta para vocês. Estamos falando sobre coisas que você faz todo dia na sua casa ou em qualquer lugar, mas que podem ser verdadeiramente perigosas.

Por exemplo, sabia que espirrar muito forte ou mesmo prender o espirro pode ser muito perigoso? Ou que existe um grande número de pessoas que se ferem nos EUA ao tentar cortar um abacate? Pois é, separamos dados relativos a alguns hábitos simples que escondem alguns perigos.

Lembrando que queremos apenas dar um alerta sobre alguns cuidados e não dizer que vocês não devem fazer tais coisas. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com as 7 coisas que você faz todo dia e podem te ferir gravemente:

1 - Espirrar (ou segurar espirro)

Esse item pode parecer ser uma loucura estar aqui, mas acreditem, um espirro pode resultar em consequências desagradáveis. Existem histórias de pessoas que espirraram tão forte que acabaram rompendo o disco intervertebral e tiveram o nervo ciático preso entre duas vértebras.

Isso é chamado de "efeito chicote" e ocorre quando o corpo faz força para fora com um espirro muito violento. Sabemos que um simples espirro pode espalhar germes da gripe, por exemplo, mas também pode ter consequências mais sérias. Contudo o ato de segurar um espirro pode estourar um tímpano, romper vasos sanguíneos e até músculos da cabeça. Claramente não estamos dizendo para vocês não espirrarem (espirro é involuntário), estamos apenas alertando sobre os perigos de dar espirros ou de segurá-los.

2 - Cortar abacate

Mas como cortar abacate pode ser perigoso? Segundo a Associação Britânica de Cirurgiões Plásticos, existem algumas preocupações com esse hábito. Muitas lesões são causadas durante o corte dessa fruta. Embora algumas feridas sejam superficiais, muitas pessoas acabam cortando o tendão ou o nervo, o que leva um bom tempo para cicatrizar.

Alguns são mais dolorosos e podem deixar até grandes cicatrizes pelo resto da vida. Só para vocês terem uma ideia, na Nova Zelândia, cerca de 100 pessoas já cortaram seus dedos ou mãos enquanto tentavam cortar abacate. A preocupação é tanta que já existem até tutoriais ensinando como cortar um abacate sem ferir as mãos.

3 - Escadas são muito, mas muito perigosas

Em quase toda casa existe uma escada que é usada para pegar coisas em lugares mais altos e coisas do tipo, certo? Pois bem, a American Journal of Preventive Medicine mostra que houve um aumento de quase 50% nas lesões relacionadas à escada nos EUA entre 1990 e 2005. Cerca de 2,1 milhões de pessoas nos EUA foram tratadas por lesões relacionadas às escadas nesse período. Isso dá cerca de 136 mil casos por ano. Os homens representam cerca de 77% de todos os acidentes registrados com escadas. Mais de 95% desses acidentes ocorreram em casa. Loucura, não!?

4 - Ir ao banheiro

Obviamente ninguém deve deixar de ir ao banheiro, mas temos alguns números que mostram que devemos tomar cuidado nesses momentos. Cerca 500 mil americanos já se feriram dentro do banheiro. Enquanto a maioria dos casos, aproximadamente 234.094, são lesões não fatais, o perigo aumenta conforme as pessoas são mais velhas.

Pelo menos 50% de todas as pessoas de 65 anos que tiveram fraturas de quadril devido a uma queda, tem maior probabilidade de morrer dentro de 12 meses após a lesão. Sendo assim, quem tem uma pessoa na terceira idade dentro de casa, é bom ter uma atenção a mais quando ela for ao banheiro. O recomendado é adequar o cômodo para que acidentes não aconteçam.

5 - Embalagens a prova de roubo

Uma coisa tão simples, mas que machuca muita gente. As embalagens à prova de roubo são difíceis de abrir, o que faz as pessoas pegarem lâminas, facas e coisas perigosas para abri-las. Em 2007, nos Estados Unidos, a mídia cunhou o termo "wrap rage" ("raiva total" em tradução livre) ao se referir a uma frustração e raiva que as pessoas sentiam quando não conseguiam abrir uma dessas embalagens.

Um estudo sobre o assunto foi feito na Grã-Bretanha e apontou que mais de 60 mil pessoas já tinha recebido tratamento hospitalar por causa de ferimentos relacionados a abertura dessas embalagens. O número aumenta ainda mais durante o Natal.

6 - Misturar coisas, como produtos de limpeza

Amônia e água sanitária, por exemplo, podem causar queimaduras graves. Existem outras combinações químicas que podem produzir resultados assustadores e trazer consequências graves. Vinagre e alvejante, por exemplo, são muito perigosos. Assim como misturar paracetamol e álcool pode levar a danos irreversíveis ao fígado e beber Red Bull e leite causa dores de estômago. Existe uma matéria do Buzzfeed que mostra algumas misturas que podem acabar em acidentes graves.

7 - Usar chinelo

Principalmente no Brasil, o uso do chinelo é muito comum. Mas quando usamos esse tipo de calçado, os nossos pés ficam muito expostos a ferimentos. O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido estima que todos os anos cerca de 200 mil pacientes são tratados por lesões relacionados ao uso de chinelos. São três tipos de lesões relacionadas aos chinelos: fratura dos dedos dos pés, fascite plantar e tendinite.

Lembrando mais uma vez, queridos leitores, que a intenção dessa matéria não é fazer com que vocês parem com esses hábitos, mas sim mostrar alguns dados sobre coisas que fazemos todos os dias e que precisam de certa cautela.

Mas e você, sabe de mais algo perigoso, mas comum, que podemos acrescentar nessa matéria? Comente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+