7 curiosidades nada animadoras sobre alguns alimentos

POR Thamyris Fernandes    EM Curiosidades      06/06/14 às 15h10

Todo mundo sabe que a comida industrializada, típica das cidades grandes, não são realmente tão saudáveis quanto seus anunciantes "pintam". Elas contém conservantes, corantes e uma série de outras substâncias, muitas vezes até nocivas à saúde do ser humano. Acontece, no entanto, que temos acesso facilitado a esses alimentos e, na hora da fome, são eles mesmos que costumam nos salvar.

Bom, sem querer deixar ninguém traumatizado, a verdade é que o cuidado com esse tipo de comida precisa ser grande. Especialmente com os que apresentam maior probabilidade de misturas, como os embutidos e as bebidas lácteas, por exemplo.

Mas, enfim, indo direto ao ponto, o Fatos Desconhecidos vai mostrar hoje algumas novidades que talvez você ainda não saiba sobre sete desses alimentos. É provável que você não ame as informações que vamos apresentar, mas acredite, são para o seu próprio bem.

Confira:

1. Carne moída

1

Você nunca nem sonhou com isso, mas 70% da carne de vaca moída nos supermercados contém uma substância conhecida como "baba rosa". Popularmente, isso corresponde a um aditivo comestível, feito à base de subprodutos da carne, como peles e demais sobras. Mas tudo passa antes por um tratamento químico, para se tornar apropriado para o nosso (seu) consumo.

2. Frango

2

Sabia que os frangos que crescem em franjas, daqueles dos supermercados, são alimentados com arsênico? Aliás, para quem não entendeu o espanto, essa substância metálica é considerada um veneno extremamente nocivo para a saúde do ser humano (um grama de arsênio é suficiente para matar sete pessoas adultas). Com relação aos frangos, no entanto, ele é usado como complemento alimentar para que a carne fique rosada.

3. Salsichas

3

O principal recheio do amado cachorro-quente, ou só hot dog, é produzido a partir de uma mistura feita a base de gordura, retalhos de carnes (milhares delas) e uma liga. Esse último ingrediente, por sua vez, é feito à base de farelo de pão, farinha e aveia.

4. Queijo ralado

4

Todo mundo adora a praticidade dos alimentos industrializados. O caso do queijo que já vem ralado, então, é um love só das donas de casa. No entanto, nesses pacotinhos, além do queijo, podem ser encontrados fragmentos de polpa de madeira, para evitar que o conteúdo se empelote, como normalmente acontece quando é ralado em casa.

5. Iogurte grego

5

Esse tipo de iogurte está na moda e quase todo mundo se derrete por ele. No entanto, o iogurte grego gera uma quantidade enorme de resíduos tóxicos devido ao seu processo de fabricação. O pior de tudo é que ninguém sabe o que fazer com esses detritos!

6. Cerejas em conserva

6

Mesmo muito saborosas e feitas à base de cerejas naturais (bom... em alguns casos não), as conservas são produzidas a partir de um processo que retira toda a cor natural da fruta. Depois disso, elas ficam de molho em um xarope à base de milho. Só depois é que entram os corantes (em grandes quantidades) para deixá-las da "cor de cereja".

7. Mel

7

Esse é um alimento muito saboroso e traz um monte de benefícios, desde que o mel consumido seja realmente o produto vindo das colmeias. O que acontece, muitas vezes, é que nos supermercados o mel vem misturado com aditivos alimentares e xarope de milho. É muito raro quando eles apresentam pólen de verdade.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+