7 efeitos colaterais que podem vir com novas tecnologias

POR Natália Pereira    EM Ciência e Tecnologia      22/05/18 às 16h34

O planeta Terra, assim como as pessoas que vivem nele, estão em constante desenvolvimento. Os anos passam e, com eles, as coisas começam a ganhar novas formas. Mas, ainda que a maioria acredite que estamos andando para frente a todo instante, alguns retrocessos acabam acontecendo. E, apesar da tecnologia ser maravilhosa em alguns aspectos, esta pode ser a responsável por inúmeras consequências no futuro.

Isso porque, se você parar para pensar, tudo tem dois lados e o desenvolvimento tecnológico não está isento disso. Enquanto criamos algo para resolver um problema eminente, um efeito colateral ainda pior pode vir como brinde. E, por isso, analisar essas questões é extremamente fundamental. Precisamos saber com o que estamos lidando e o que está por vir para, em fim, encontrar formas de combatê-lo. Mas, o que a tecnologia poderia carregar de tão mal assim? Bom, não é difícil imaginar alguns dos problemas básicos que já vem sendo debatido. Porém, acredite, existe muito mais por trás disso!

1 - Retrocesso linguístico

A maioria das pessoas, se não todas elas, acaba escrevendo de forma incorreta e abreviada na internet. Isso porque, com o desenvolvimento das redes sociais, elas tem desenvolvido a sua própria linguagem. Os meios de comunicação permitem uma maior agilidade na hora de enviar uma mensagem, ou mesmo fazer uma postagem, e estas acabam sendo enviadas de qualquer jeito. Fazendo com que questões gramaticais sejam deixadas de lado.

Como você já pode perceber em seu próprio cotidiano, palavras e até mesmo frases tem sido abreviadas o máximo possível. Pontuações tem sido esquecidas e vírgulas praticamente deixaram de existir nesse tipo de diálogo. E, apesar de já ser uma realidade, isso pode piorar ainda mais no futuro.

2 - A perda do offline

O mundo é digital! Você provavelmente já ouviu essa frase em algum lugar por aí e ela, sem dúvida, é condizente com a nossa realidade. Mas, será que isso é realmente positivo? Muitas pessoas já tem se questionado sobre isso, mesmo que outras ignorem o fato de que o meio offline tem sido deixado de lado. Apesar de acreditarmos estar cada vez mais conectados, ao interagir com as pessoas pelas redes sociais, essa comunicação tem sido deixada de lado na 'vida real'. As pessoas não sabem mais como se comunicar umas com as outras quando estão cara a cara coma elas. E, mais uma vez, a tendência é que isso piore.

3 - Poluição sonora

O céu já não é o limite a muito tempo mas, nos últimos anos, as coisas parecem ter começado a sair do controle. Você sabe o que é poluição sonora? Bom, ela se refere ao excesso de ruídos que tem feito com que a saúde das pessoas seja afetada tanto física quanto mentalmente. Podendo ser provocado por todo tipo de barulho constante que interfere no ambiente e causa irritabilidade. Agora, se isso tudo já é algo extremamente prejudicial nos dias de hoje, com carros incessantes rondando as ruas, imagina como será quando o céu também for tomado.

Apesar dos aviões e helicópteros já comporem uma boa quantidade de ruídos aéreos para as pessoas próximas a eles, isso pode se intensificar em breve. Tudo porque, em pouco tempo, os trones podem atingir novas funções e se tornarem ainda mais populares. O próximo passo para essa tecnologia é fazer com que ela possa ser usada para entregas de produtos e, quem sabe, até para vistorias policiais. O que fará com que eles se tornem ainda mais presente e, consequentemente, aumentem a poluição sonora nas cidades.

4 - Imersão completa em jogos

Como podemos ver no nosso dia-a-dia, as pessoas tendem a se imergir nos meios tecnológicos mesmo sem perceber que estão fazendo isso. E, quando se trata de jogos, isso pode ser ainda mais grave. Não é difícil encontrar gamers que dedicam as suas vidas para eles e isso tem se tornado ainda mais comum. O que, como o desenvolvimento de tecnologias como o Oculus Rift, tende a piorar ainda mais. A realidade virtual permite, no momento, uma imersão ainda maior no universo fictício e, no futuro, ela pode ser quase completa.

Por isso, muitos acreditam que, no futuro, essa imersão pode ser tão grande que o usuário não saberá mais diferenciar o que é real e o que não é. Além disso, os jogadores podem acabar deixando a sua saúde de lado para passar mais 'alguns instantes' no game. E, quem sabe, até desenvolverem certos tipos de desordens psicológicas. O que, como podemos ver, pode vir a se tornar um grande problema mais a frente.

5 - Energia sustentável não tão ambientalista

A principal afirmação utilizada para aqueles que apoiam as energias sustentáveis, como a eólica e a solar, é que esses não utilizam meios naturais finitos. O que, portanto, não causaria prejuízos para a natureza. E, apesar disso ser uma verdade, nada é perfeito e essa tecnologia não é uma exceção. Acontece que, mesmo com todos os seus benefícios, elas tem sido responsáveis por um grande impacto ambiental. Isso por que, mesmo que representem menos danos a vida selvagem do que os demais métodos, ela tem causado a morte de muitas aves.

O que acaba não sendo muito difícil de se imaginar. Já que, como você provavelmente já viu, os aerogeradores cortam o céu e ocupam espaços nos quais as aves sobrevoam. Podendo causar acidentes envolvendo esses animais. Além disso, muitos acreditam que estes podem confundir as placas de energia solar com lagos e acabarem mortos ao tentar mergulhá-los.

6 - O risco ambiental das impressoras 3D

As impressoras 3D são uma tecnologia fascinante que chamou a atenção das pessoas pelo seu diferencial quando foi lançada. Mas, ainda assim, permanece pouco acessível para o público devido o seu alto custo. O que pode ser resolvido daqui alguns anos. E, apesar de parecer magnífico, elas podem representar sérios riscos ao meio ambiente. Isso porque, estudos mostram que elas são capazes de emitir substâncias danosas como as obtidas na queima de cigarros e no uso de fogões a gás.

Além disso, apesar de acreditarem que o futuro será mais sustentável, essas impressoras, no momento, representam exatamente o contrário. Elas acabam usando filamentos de plástico barato que não são biodegradáveis e isso é um ponto negativo. Mas, apesar de serem um problema nesse momento, acreditasse que isso possa ser resolvido antes que estas sejam mais consumidas.

7 - Agrupamentos indesejados

A internet desenvolveu um enorme avanço na comunicação. Permitindo que as pessoas interagissem com todo tipo de pessoa, de todas as partes do mundo. Mas, apesar de serem extremamente positivos em vários aspectos, uma análise mostra que estas podem representar grandes riscos. Isso porque, independente do que você esteja procurando, não é preciso ir muito longe para encontrá-lo. E, com isso, alguns agrupamentos indesejados tem se formado com o tempo.

Enquanto, no passado, uma pessoa mentalmente prejudicada podia ser tratada individualmente, problemas como esse tem se tornado mais amplos. Um pedófilo, por exemplo, pode encontrar pessoas com o mesmo pensamento que ele na internet e compartilhar materiais indevidos com eles. Da mesma forma, pessoas com pensamentos suicidas, que se continham mais no passado, podem compartilhar suas dores e ações com outras pessoas como ela - criando jogos como o da baleia azul. Essas formações podem ser extremamente negativas para a sociedade e isso já tem sido evidenciado.

Como podemos ver, apesar de terem pontos positivos, o desenvolvimento tecnológico também pode ser bastante prejudicial. Todas essas questões já tem se tornado uma realidade e tendem a piorar ainda mais no futuro. Os problemas causados por elas ficam cada vez mais evidentes e precisamos descobrir como lidar com eles. O que acharam? Concordam com os pontos abordados? Deixem o seu comentário aí em baixo!

Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+