• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 estilos musicais que mais foram adorados e odiados no Brasil

POR Isabela Ferreira    EM Entretenimento      09/04/18 às 18h17

A música é uma boa combinação entre vários ritmos e sons, que vão sendo organizados ao longo da melodia. E muito mais que isso, ela é capaz de combinar e despertar um monte de sentimentos em nós, meros ouvintes. Mas já percebeu como ela também tem o poder de aproximar e afastar as pessoas? É comum que  um grupo passe a ter maior intimidade por possuírem os mesmos gostos musicais. É algo que acontece muito no Brasil e pelo mundo.

É claro que sempre existe aquele gênero musical que mais te agrada. Em contrapartida, também deve existir aquele que você simplesmente não suporta. O mundo é exatamente isso, diversidade.... O  que explica os motivos para existirem tantos conteúdos, produzidos de tantas formas diferentes. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 estilos musicais que mais foram adorados e odiados no Brasil. Confere aí!

1 - Emo

Houve um período em que o Brasil era dominado pelos emos. Por todo lugar em que você andasse, encontraria pelo menos um adolescente com um corte de cabelo diferentão, maquiagem carregada, vestido de preto e com detalhes rasgados. Bem, esse visual era influenciado por um estilo musical que tem o mesmo nome, mas também é conhecido como emocore.

Caracterizado por ser um tipo de música completamente diferente, possui musicalidade melódica e bastante expressiva. Em grande parte das vezes, as letras possuem caráter confessional. Teve origem em Washington, nos Estados Unidos, por volta da década de 1980 e daí, ganhou o mundo.

2 - Screamo

Embora sejam parecidos, o emo e o screamo possuem divergências. Fato é que não dá pra falar de um, sem mencionar o outro. O screamo surgiu por volta da década de 1990, também nos Estados Unidos, carregando influências do hardcore, do punk e do post-hardcore. É um estilo mais agressivo e que, embora também conte com letras sentimentais, elas aparecem de forma menos frequente. No mais, também já foi bastante aclamado e odiado no Brasil.

3 - Tecnobrega

Vamos então para algo totalmente diferente e que tem raízes nacionais: o tecnobrega. Esse estilo musical nasceu em Belém do Pará, sendo representado no Brasil principalmente pela Banda Calypso... E também pela Gaby Amarantos. É uma mistura entre o carimbó, o brega tradicional, forró, merengue e até a música eletrônica. Ao ouvir esse tipo de som, podemos perceber que a guitarra e os sintetizadores são os personagens principais. Embora seja tradicional de nossa cultura, não é algo que agrada a todos e até hoje, é mais popular na região nordestina do país.

4 - K-pop

Brasil

O termo é uma abreviação para korean pop, um tipo de música originada na Coreia do Sul. É muito marcado por seus elementos audiovisuais, já que os clipes também são partes importantes para caracterizar a melodia. O movimento ganhou mais força no Brasil somente no ano de 2012, após o rapper sul-coreano Psy virar um fenômeno na internet e explodir com a música "Gangnam Sttyle". Ainda é um dos estilos musicais mais amados e odiados em nosso país.

5 - Pagode

Quem é que não tem aquele parente que sempre coloca um pagode nas festinhas entre família? Se você não for essa pessoa, é provável que conheça um caso assim. É um estilo musical que também tem origem brasileira. Para ser mais específico, nasceu no Rio de Janeiro, entre o fim da década de 1970 e o início da década de 1980, como uma proposta alternativa ao samba. Tudo aconteceu a partir das tradições onde o samba era tocado nos "fundos de quintal", entre família e amigos mesmo. É o tipo de estilo que, ou você gosta ou não gosta... É difícil ter meio termo.

6 - Funk

Brasil

Sim, não poderíamos deixar de mencionar o funk. Originalmente, o funk tem suas raízes nos Estados Unidos. No entanto, assim que chegou ao Brasil ele ganhou uma personalidade autêntica e completamente brasileira, fugindo do que era conhecido no exterior. O funk carioca, principalmente, nasceu carregado por batidas repetidas e envolventes, aliadas à letras pesadas e que faziam apologia ao sexo e objetificação da figura feminina. Não é preciso explicar o motivo para ter sido, e ainda representar grande contradição no gosto popular brasileiro.

No entanto, vale lembrar o que o gênero foi sendo modificado ao longo do tempo, abrindo espaço para o poder feminino e deixando um pouquinho de lado as letras pesadas. No entanto, continua sendo amado e odiado pelo Brasil.

7 - Metal

E quem sempre bateu de frente com o funk? Sim, o rock e todas as suas vertentes. Mas, aqueles que sempre pegaram mais pesado foram os famigerados metaleiros. O Heavy Metal é um estilo musical que nasceu entre 1960 e 1970. Suas origens constam entre o Reino Unido e os Estados Unidos. Tem suas raízes no rock psicodélico e outros gêneros do metal, marcado por um som bem mais encorpado, caracterizado pela distorção nos amplificadores, explorando a guitarra  e criando riffs únicos.

O estilo carrega consigo um fardo pesado, sendo estereotipado como um gênero que cultua forças malignas. Por ser mais agressivo e carregar tal estigma, também sempre se encontrou em posição controversa no Brasil... Existem aqueles que amam, e os que odeiam com todas as forças.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem algum outro estilo musical amado e odiado em nosso país? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+