Mulheres estão ficando carecas após comerem um fruto comum

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      09/04/18 às 18h08

Existem diversos tipos de intoxicação alimentar e os sintomas podem variar. O mais comum é o vômito, dor de estômago, febre alta e diarreia. Porém, é perigoso ainda que uma intoxicação alimentar provoque quedas de cabelos em algumas pessoas. A alopecia (redução parcial ou total de pelos em alguma parte do corpo) é uma grande preocupação. A mesma aumenta ainda mais no caso das mulheres, que temem por isso. E um caso tem chamado a atenção do mundo inteiro. Duas mulheres procuraram recentemente um médico com medo de uma perda súbita e maciça de cabelo. O pior de tudo é o motivo para isso. Elas estavam perdendo cabelo por causa de sua alimentação.

Tudo veio a tona em março de 2018, quando vários jornais relataram a história de duas mulheres. Ambas moravam na mesma região em Paris e procuraram ajuda médica após sofrerem alopecia. Isso aconteceu depois que elas consumiram abóbora. Elas não compraram o alimento no mesmo lugar ou sequer se conheciam. No entanto, elas moravam em áreas próximas e começaram a perder o cabelo após comerem o produto. Ambas alegaram que as abóboras estavam com um gosto "amargo".

Casos

No primeiro caso, a mulher e sua família estavam comendo e, apesar de acharem amargo demais, continuaram a comer. Cerca de duas horas depois, todos eles começaram a apresentar problemas no estômago, o que acreditaram ser uma intoxicação alimentar. Vômitos, dores de estômago e diarreia foram os primeiros sintomas que foi passando em alguns dias sem demais consequências até então. Isso, na verdade, aconteceu com todos, menos com a mulher. Ela começou a notar que seus cabelos, como os pelos pubianos ou das axilas, estavam caindo de forma incomum.

No segundo caso, a senhora comeu um purê de abóbora. Seus familiares não comeram porque acharam amargo demais. Após comer, ela começou a sofrer os sintomas de intoxicação alimentar. No seu caso, eles começaram com quedas de cabelo, como no final do primeiro caso. Ela buscou o médico para conseguir tratar isso da forma mais correta possível. Isso aconteceu pelo consumo do produto que faz parte da família Curcubitaceae.

A família Curcubitaceae inclui, além das abóboras, melões e pepinos. Algumas outras variedades também fazem parte do grupo. Esses podem produzir substâncias químicas conhecidas como curcubitacinas. Essa substância dá ao vegetal um sabor amargo e, em alguns casos, podem agir com efeitos tóxicos contra as pessoas. Os produtores não cultivam esses alimentos com substâncias químicas propositalmente, mas as vezes acabam sendo vítimas.

O problema não é percebido pelas pessoas até serem comidos e o gosto amargo sentido. Segundo os pesquisadores, a queda de cabelo é provocada por que os compostos tóxicos têm folículos pilosos que se assemelham aos medicamentos utilizados para quimioterapia. Em vários casos, isso leva a queda de cabelo temporário. Felizmente, após algumas semanas, as duas mulheres tiveram os seus cabelos de volta. Os especialistas aconselham a não comer algum produto se ele apresentar um gosto amargo.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Diogo Quiareli
Diogo Quiareli, 23 anos, Gay, Publicitário, Goiano, Geminiano e Infinito. Uma pessoa extremamente apaixonada pelo universo musical e amante do e-sport. Fiel a memória de RBD e Glee, além de alimentar diariamente a paixão por Katy Perry, Florence and The Machine e 30 Seconds to Mars.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+