• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 franquias de super-herói promissoras que nunca passaram do primeiro filme

POR Toni Nascimento    EM Fatos Nerd      21/08/18 às 15h27

Filme de super-herói é o "creme de la creme" da indústria cinematográfica hollywoodiana atual. Graças ao Universo Cinematográfico da Marvel, o MCU, esse tipo de longa caiu no gosto popular. O sucesso é tamanho que cada estúdio quer ter o seu próprio universo compartilhado de super-heróis. Talvez o principal exemplo, além do MCU, seja o Universo Compartilhado da DC, o DCEU. Apesar de ainda estar engatinhando a procura de aceitação popular, o estúdio já conseguiu movimentar uma bela receita. Além dele, a Sony começou seu plano de criar o seu próprio universo compartilhado composto por vilões do Homem-Aranha.

Diante dessa era de ouro dos filmes de super-heróis, fica difícil imaginar um projeto sobre algum herói que tenha sido realmente um fracasso. Mesmo os filmes mais criticados da DC Comics conseguem se pagar e fazer um extra na bilheteria. Ainda assim, aparecem projetos que, apesar de promissores, não passam do primeiro longa. O exemplo mais recente que temos foi o Quarteto Fantástico, da Fox. A obra foi tão criticada pelo público e pela crítica que uma continuação seria inimaginável. Como nós gostamos de saber tudo o que não deu certo, listamos 7 franquias de super-herói promissoras que nunca passaram do primeiro filme.

1 - Spawn

Em 1997, o ator Michael Jai White deu vida ao anti-herói Spawn, no filme de mesmo nome. Por incrível que pareça, o longa obteve êxito na bilheteria. Com um custo de US$ 40 milhões de dólares, o filme lucrou o dobro, cerca de US$ 87 milhões de dólares. Além disso, o personagem era muito popular na década de 1990. Porém, a receita positiva e a popularidade não foram suficientes para que a sequência, programada para 1998, realmente chegasse aos cinemas. Muito desse cancelamento da franquia aconteceu devido à enxurrada de críticas negativas que o longa recebeu na época.

Mais de 20 anos depois, um novo filme da franquia está programado para chegar aos cinemas. Spawn está previsto para estrear em 2019, não contará a história de origem do personagem e será protagonizado por Jamie Foxx.

2 - O Besouro Verde

O Besouro Verde, de 2011, possui um elenco de peso. Seth Rogen, Christoph Waltz Cameron Diaz garantiram uma arrecadação de US$ 227 milhões de dólares, mais do que o valor gasto na produção do longa: US$ 120 milhões de dólares. Apesar disso, o filme foi bem criticado. A imprensa especializada chamou o longa de "uma comédia desleixada e sem graça". Após essas palavras, uma sequência foi logo engavetada.

3 - Jonah Hex

Se hoje você vê Josh Brolin se desdobrar para viver dois papeis dentro da Marvel, saiba que nem sempre foi assim. Em 2010 ele, Megan Fox, Michael Fassbender e John Malkovich acharam que Jonan Hex, da DC Comics, poderia fazer uma bilheteria bacana. Apesar do super-herói ser desconhecido, o elenco estrelado poderia ajudar. Além disso, o investimento financeiro era pequeno, sendo um projeto de risco limitado. Mas não deu certo. Com um orçamento de US$ 47 milhões de dólares, o filme só conseguiu ganhar US$ 10 milhões de dólares nas bilheterias. Apesar desse longa ter inúmeros motivos para não ter uma sequência, o fracasso econômico é o maior deles.

4 - Demolidor

Ben Affleck começou a se traumatizar com o universo das HQs em 2003. Ele viveu o super-herói Demolidor no filme de mesmo nome. Apesar do longa ter recebido uma crítica morna e certo contragosto do grande público, seu real problema foi com os leitores de histórias em quadrinhos. Os fãs do Demolidor não gostaram da adaptação. Com isso, uma possível sequência foi imediatamente cancelada. Apesar disso, um spin-off do longa, Elektra, chegou aos cinemas. Esse foi igualmente odiado por todos. Fim de papo.

5 - Hulk (2003)

Muito antes de Mark Ruffalo viver o Hulk no MCU, o personagem já dava as caras na tela grande. Em 2003, Eric Bana viveu o Gigante Esmeralda no filme do Ang Lee. A ideia era realmente criar uma nova franquia. Mas as mudanças no personagem, o tom sério e sombrio do filme e o ritmo lento ganharam muita repercussão. Financeiramente, o filme foi até bem, arrecadando mais de US$ 245 milhões de dólares com um orçamento de US$ 137 milhões de dólares. Mas não foi o suficiente. Além do mais, logo depois disso a Marvel conseguiu de volta parte dos direitos do herói, lançando um reboot em 2008.

6 - Lanterna Verde

Talvez o filme do Lanterna Verde, seja a maior vergonha da DC Comics. Antes do Ryan Reynolds viver o anti-herói Deadpool e fazer o maior sucesso nos cinemas, ele já pagou muito mico como um dos maiores heróis da DC. O filme foi o primeiro de uma trilogia planejada que ajudaria a DC a lançar um universo cinematográfico semelhante ao MCU, mas não deu certo. O filme foi um fracasso de bilheteria e crítica. Isso porque ele foi realmente ruim. Do CGI ao roteiro, nada ficou bom.

7 - O Justiceiro

Em 1989,  Dolph Lundgren interpretou pela primeira vez nos cinemas o anti-herói Justiceiro. O longa sofreu graças a uma série de alterações feitas no personagem, incluindo a remoção da caveira - sua marca registrada, normalmente estampada em seu peito. O longa amargou US$ 9 milhões de dólares em bilheteria e, assim como os outros dois futuros filmes do super-herói, nunca ganhou uma sequência. O Justiceiro só conseguiu reconhecimento fora dos quadrinhos quando ganhou seu seriado solo na Netflix, em parceria com a Marvel.

E aí, você queria ter visto a sequência de algum desses filmes citados? Comenta aqui com a gente e compartilha essa lista nas suas redes sociais. E para você que gosta do Hulk do Ang lee, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   CBR  
Imagens IGN
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+