• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 momentos icônicos dos livros de Senhor dos Anéis que você não viu nos filmes

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      18/01/19 às 16h28

Cinema e literatura é como café com leite: funcionam tanto juntos quanto separados. Para relatar qualquer narrativa literária em tela, o mais importante não é mostrar absolutamente tudo que a obra escrita traz, mas sim ter sucesso em contar sua história. Uma boa adaptação cinematográfica é aquela que consegue usar toda a estrutura singular do cinema para representar o que foi imaginado no livro. Alterações sempre serão necessárias para transpor um meio a outro.

Quando alguma obra é adaptada, seja para qualquer meio que for, ela nunca será transferida por completo. Isso acontece com frequência, especialmente quando um trabalho escrito é adaptado para o cinema e/ou televisão. As perdas são inevitáveis, até porque cinema e literatura são duas artes completamente diferentes. A trilogia de filmes de O Senhor dos Anéis não é perfeita, mas cumpre muito bem o trabalho de adaptar a complexa obra de J. R. R. Tolkien.

Como explicado, inúmeras mudanças precisaram ser feitas para contar a história nos filmes. Com isso em mente, confira alguns momentos icônicos dos livros de Senhor dos Anéis que você não viu no cinema.

1 - Tom Bombadil

Sem dúvidas, a decisão de Peter Jackson em deixar Tom Bombadil fora da adaptação é discutida até hoje. O personagem é bastante querido pelos fãs dos livros, mesmo sua própria pessoa sendo um mistério. Na obra, ele hospeda Frodo em sua casa por um bom tempo, antes de o hobbit seguir com sua jornada para destruir o anel. De alguma forma, o objeto não teve qualquer efeito sobre Tom e, embora no livro ele seja uma figura instigante, talvez sua presença no filme levantasse dúvidas demais.

2 - As Criaturas Tumulares (Barrow-Wights)

As Criaturas Tumulares fazem parte das lendas da Terra-Média. A origem desses seres é uma incógnita. Com aspecto fantasmagórico, elas são de colocar arrepios em qualquer pessoa facilmente. Reza a lenda que elas costumam amaldiçoar suas vítimas, com misteriosos feitiços. No livro, quando Frodo, Sam, Merry e Pippin partem para a jornada, eles são capturados por essas criaturas. Os quatro hobbits são mantidos prisioneiros delas por um tempo.

3 - Glorfindel no Vau do Bruinen

A participação de Arwen nos livros é nula. A personagem aparece pouquíssimas vezes, pois vive reclusa. A cena no filme em que ela leva Frodo para Valfenda para Elrond poder curá-lo, não ocorre nos livros. No romance, quem faz esse trabalho é Glorfindel, um antigo elfo guerreiro tão poderoso que já foi capaz de derrotar um Balrog. Apesar de ele não ter aparecido na adaptação, a sequência com Arwen também proporcionou arrepios.

4 - O encontro dos hobbits com os Elfos da Floresta

No livro A Sociedade do Anel, um dos momentos mais bonitos acontece no início da jornada de Frodo, Sam, Merry e Pippin, quando os hobbits encontram os elfos da floresta. Eles estão de partida da Terra-Média e podemos saber um pouco mais sobre eles, além de ser mais uma oportunidade para conhecê-los melhor, além de Lothlórien e Valfenda. No filme, o momento é mostrado brevemente, porém apenas na versão estendida. No corte para o cinema, a passagem ficou de fora.

5 - A passagem por Bri

Bri é uma vila nada amigável; cheia de pessoas estranhas, suja e sempre com aspecto sombrio. Um lugar no qual é quase impossível encontrar uma companhia decente. A vila abriga o Pônei Saltitante, um pub/estalagem que capta muito bem o estilo de Bri. A passagem dos hobbits pelo local é assustadora e bastante desconfortável. Embora esses lugares tenham aparecido na adaptação, a sequência em si não transmitiu o cenário agonizante presente no livro.

6 - Bilbo no Conselho de Elrond

Ao chegar em Valfenda, Frodo tem um reencontro com Bilbo. Em seguida, há uma reunião para decidir o destino do Anel. O livro dedica um capítulo inteiro ao evento. Mas, claro, no filme as coisas precisaram ser condensadas. A adaptação resume a conversa e as pessoas ali presente. Por exemplo, no romance, temos a chance de ouvir o que Bilbo Bolseiro tem a dizer, pois ele faz parte do conselho. Sua presença foi removida no filme, deixando Frodo como o único representante dos hobbits.

7 - O grande homem que Faramir foi

Infelizmente, um dos pontos mais baixos da adaptação de O Senhor dos Anéis está na representação de Faramir. Tanto no livro, como no filme, o personagem luta para conseguir o respeito de seu pai. Vive às sombras do irmão, mas sempre mantém sua postura e responsabilidade como capitão do exército. A diferença está no caráter de Faramir. No filme, ele peca ao fazer Frodo e Sam  seus prisioneiros e também ao desejar levar o um Anel a Gondor. Enquanto que, no livro, Faramir não cai em tentação como o irmão. Desde o começo, ele trata os hobbits com o maior respeito. Ele explica porque deteve os dois e conversa com eles. Eventualmente, os liberta sem grandes problemas.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+