8 raças mais poderosas do universo de Senhor dos Anéis

POR Gabriela Tyemi    EM Fatos Nerd      15/12/17 às 18h57

Não precisamos nem questionar quem é o pai da fantasia moderna. Seja em livros, na TV, jogos ou em filmes, podemos ver a influência das obras de J.R.R. Tolkien. Responsável pelas franquias de sucesso, O Senhor dos Anéis e O Hobbit, Tolkien elevou o nível de fantasia da ficção e popularizou o gênero para sempre. Seu trabalho se tornou tão influente que é considerado um modelo para várias outras obras de fantasia. Muitos elementos da existência dos anões da montanha, dos elfos graciosos, da natureza imprevisível dos homens e dos Orcs malignos foram criados pelo escritor.

Mas qual dessas criaturas é a mais poderosa? Para responder esta pergunta, fizemos uma lista com 8 raças mais poderosas do universo de Senhor dos Anéis. Confira:

1 - Valar

Os Valar são uma das duas raças que englobam os Ainur em Valinor. Eles são seres extremamente poderosos e foram criados pela suprema divindade de Arda, Eru Ilúvatar. Basicamente, são deuses com poderes muito além de qualquer outra raça, além do próprio Eru. Foram eles que moldaram o mundo da forma que conhecemos, e também os primeiros habitantes dele. A imagem que abre esta matéria ilustra os mais poderosos entre os Valar, muito embora eles não tenham uma forma definida, podendo se moldar como nós trocamos de roupa.

2 - Maiar

Alguns personagens muito conhecidos, como todos os Magos (Istari) e Balrogs, fazem parte dos Maiar. Embora sejam menos poderosos que os Valar, eles assumem um papel muito direto nos assuntos da Terra-Média e, portanto, têm mais impacto que os Valar. Embora sejam espíritos imortais, os corpos que eles habitam podem ser facilmente mortos, o que é evidente quando Gríma mata Saruman com uma simples faca durante o Expurgo do Condado. Gandalf também é um deles, bem como Radagast, o Castanho e o próprio Sauron.

3 - Balrogs

Os Balrogs são uma das criaturas mais antigas de toda a Arda. Na verdade, eles são os Maiar que foram corrompidos por Melkor há muito tempo atrás, e foram transformados em demônios de fogo que são imunes às armas mortais. O mais famoso e poderoso Balrog na história foi Gothmog, Senhor dos Balrogs, que morreu na Primeira Era.

4 - Elfos

As mais antigas e mais nobres raças da Terra-Média são os Elfos. Sendo o parente mais próximo dos Ainur, os Elfos também possuem muitas habilidades além das dos humanos, incluindo reflexos, velocidade e sentimentos aumentados. Eles são imortais, não podem morrer de velhice nem de doença. Mesmo assim, eles ainda podem ser mortos, podendo reencarnar - mesmo que isso demore muito tempo. Eles podem ser orgulhosos e até arrogantes, mas sempre estão dispostos a combater as forças do mal.

5 - Dragões

Dragões são dragões, em qualquer universo. No caso da Terra-Média, eles foram criados por Morgoth durante a Primeira Era, quando Glaurung, o primeiro dragão foi despertado. Os dragões de Tolkien são capazes de se reproduzir por conta própria, e são poderosos o bastante para dizimar exércitos inteiros - basta ver o que Smaug fez durante os eventos mostrados em O Hobbit. Isso sem citar Ancalagon, o maior e mais poderoso de todos os dragões, que destruiu as gigantescas torres de Thangorodrim ao morrer.

6 - Homens

Imprevisíveis? Sim, de toda as raças da Terra-Média os homens são os mais imprevisíveis, se esquivando tanto para o bem quanto para o mal. Em O Senhor dos Anéis, eles aparecem em grande número e bem equipados. Apesar disso, os Elfos e outros serem "superiores" os enxergam como criaturas fracas que podem facilmente ser influenciadas e convertidas para o mal. Mesmo assim, eles conhecem seu potencial.

Os Homens do Leste são um exemplo do mal que habita a alma dos homens. Como poucos ocidentais viajam para o extremo leste de Rhun, pouco se sabe sobre esta terra vasta que contém civilizações que vão desde impérios até tribos nômades. Eles são considerados o maior e mais perigoso exército que os povos livres da Terra-Média enfrentaram. A lealdade desses homens para com o Sauron é inquestionável.

Por outro lado, não podemos falar dos homens da Terra-Média sem citar os mais nobres e poderosos de sua raça: os homens de Númenor. Conhecido por ser o mais bem-aventurado reino dos homens, Númenor foi o lar de figuras emblemáticas para a história da Segunda Era, como Elendil e Ar-Pharazôn. Como descendem de Elros, filho de Eärendil, a raça dos númenorianos possuía uma vida mais longa que a dos homens comuns, de modo que podiam ultrapassar os 500 anos de vida. Mesmo seus descendentes na Terra Média herdaram tal característica. Pode não parecer, mas Aragorn já estava para lá dos 80 anos durante a Guerra do Anel.

7 - Anões

Esses Anões possuem muitos traços nobres, bem como alguns autodestrutivos. Eles são muito fortes, duradouros e capazes de manusear armas pesadas. Se você acha que 100 anos é muita coisa, para os Anões esse número não é nada. Eles podiam viver até 250 anos nos tempos da Terceira Era. Famosos por sua proeza de batalha, excelente artesanato, mineração e uma alta resistência, essas criaturas também são extremamente orgulhosas, teimosas e xenofóbicas.

8 - Águias

As Águias foram criadas para servir como mensageiras de Manwë, o Senhor dos Valar. Mas eles não servem apenas para mandar mensagens. Essas criaturas nobres ajudaram as pessoas livres da Terra-Média contra as forças do mal por várias vezes ao longo dos tempos. Apesar de antigos e orgulhosos, eles são apenas aliados ocasionais das pessoas livres. Vulneráveis a armas aéreas, elas podem ser abatidos por grupos de soldados ou armas de cerco.

Qual é a sua raça preferida? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+