• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 motivos para não perder 'As Boas Maneiras' por nada

POR Victor Prado    EM Fatos Nerd      29/05/18 às 16h59

Gosta de filmes de fantasia e terror? Então essa produção de Juliana Rojas e Marco Dutra é ideal para você. As Boas Maneiras conta a história Ana (Marjorie Estiano), uma mulher rica que tem uma gravidez conturbada; e Clara (Isabél Zuaa), uma enfermeira da periferia que foi contratada para ser a babá da estranha criança que ainda nascerá.

A produção franco-brasileira chamou a atenção em diversos festivais de cinema ao redor do mundo por abordar com criatividade um tema muito utilizado no cinema: a licantropia ou capacidade de um ser humano em se transformar em lobisomem. Se você ficou curioso sobre isso, nós vamos te mostrar alguns motivos pelos quais você deveria assistir As Boas Maneiras. Confira:

1 - Um filme brasileiro como você nunca viu

As Boas Maneiras é uma fábula de terror nacional que se passa em São Paulo nos dias de hoje. A qualidade na produção e o roteiro original destacam o filme dos produtos que temos no Brasil hoje, e vem surpreendendo a audiência por onde tem sido exibido. Aqui cito o cinepop: "Há quem ainda diga que o cinema brasileiro não consegue se reinventar. Que nossa cinematografia está presa apenas ao convencional e que o público não consome o diferente. Ainda existe aqueles que desacreditam no potencial de fazer um filme de gênero nacional. É para esses então que "As Boas Maneiras" surgem e trazem junto de si uma narrativa completamente nova, um frescor em meio a tantas tentativas fracassadas de replicar o que vimos lá fora." - Cinepop

2 - Com referências icônicas, o filme permeia uma série de gêneros

As Boas Maneiras tem inspirações claras de clássicos do cinema mundial que marcaram gerações. O Bebê de Rosemary e Mensageiro do Diabo fazem parte lado horror do filme, já as fábulas ficam por conta de Mary Poppins e o clássico A Bela Adormecida. Segundo os diretores, Amor, Sublime Amor e Love Bug fazem parte da cartela de inspirações para o filme.

3 - Mais de 30 Prêmios em Festivais Internacionais

O filme conquistou mais de 30 prêmios pelo mundo. Sua estreia mundial aconteceu durante o 70° Festival de Locarmo, de onde saiu vencedor do Prêmio Especial do Júri. Ele também foi o grande vencedor do Festival do Rio, ganhando 8 prêmios, incluindo Melhor Filme. Sem conta com sua participação em diversos festivais fantásticos, como o L'Étrange Festival de Paris, onde ganhou o Prêmio do Público de Melhor Filme e o Festival International de Sitges - Competição Oficial Fantástica, onde ganhou o Prêmio da Crítica de Melhor Filme.

4 - Dupla de diretores incríveis

A parceria de Juliana Rojas e Marco Dutra na direção já aconteceu antes e não é a primeira vez que surpreende. Os dois já trabalharam juntos em Trabalhar Cansa, que foi selecionado para a mostra Un Certain Regard do Festival de Cannes, o festival de cinema mais importante da atualidade.

5 - Trilha sonora chiclete

"Dorme no chão, dorme no feno. Dorme cavalinho aproveita que é pequeno" quando você menos esperar estará cantarolando essa música que simplesmente gruda na cabeça!

O filme conta com outras produções musicais desenvolvidas exclusivamente para o filme. As cabeças por trás das músicas são os irmãos Guilherme e Gustavo Garbato, ao lado dos próprios diretores do filme. Há momento no filme que a trilha sonora é tão intensa que dá vontade de aplaudir no meio do filme.

6 - As protagonistas Marjorie Estiano e Isabél Zuaá

As atuações de Marjorie Estiano e Isabél Zuaá são hipnotizantes! As duas dominam o filme com excelentes atuações. É impossível não ficar completamente encantado pelas duas, que intercalam sentimentos que nos fazem rir e se emocionar conforme o filme evolui. Inclusive, Marjorie Estiano conquistou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante no Festival do Rio e Isabel Zuaá o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cinema de Sitges.

7 - O filme faz parte do lineup da Imovision, distribuidora de filmes premiadíssimos em vários festivais de cinema pelo mundo

A responsável pela distribuição no Brasil é a Imovision, conhecida por sua excelente curadoria, e trabalhar com os filmes mais premiados em festivais de cinema de primeira linha, como Cannes, Berlim e Veneza. A distribuidora lançou grandes títulos do Brasil como Azul é a Cor Mais Quente, Eu, Daniel Blake, Dançando no Escuro, Party MonsterAmor, DogvilleComo Nossos Pais, Monster - Desejo Assassino e muitos outros que vale a pena conhecer.

Trailer

E aí, vai perder esse filme? Nós aqui da Fatos já vamos correr para o cinema no dia 7 de junho. Cria um lembrete ai e comenta sua expectativas para esse filme incrível.

Próxima Matéria
Victor Prado
Passa na zoeira que aqui não tem limites, gold elohell no lolzin, minha playlist do Spotify destruiria sua vida social, de David Bowie a Vai Embrazando de Pokémon a Game of Thrones aqui é Vitão eclético. Homão da Porra. Instagram: victorh.prado
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+