CuriosidadesHistória

7 pessoas da História que tiveram casamentos polêmicos

0

Casamentos são tão comuns em nossa história que seria muito difícil compreender exatamente onde tudo começou. Ao longo de nossa história, eles motivaram muitos conflitos, traçaram alianças e muita gente teria até mesmo perdido a cabeça, literalmente. Sem mencionarmos as uniões pouco casuais e até mesmo bizarras, aos olhos da modernidade.

Casamentos entre irmãos, sobrinhos e primos em muitas culturas eram muito comuns. Ao menos entre a elite e os mais poderosos, como era o caso do Japão, até a dinastia Tang. Hoje, trouxemos para vocês alguns dos casamentos ao longo de nossa história que geraram muita polêmica e até mesmo foram motivos de mortes e conflitos. Confira!

1 – Imperador romano Cláudio

Durante seu império, Cláudio conseguiu conquistar a Grã-Bretanha e expandiu seu reinado no norte da África. Ele ainda teria escrito cerca de 28 livros de história. Em seu terceiro casamento, ele se casou com sua sobrinha Agripina, a irmã mais nova de Calígula. Ela conseguiu convencê-lo a nomear seu filho Nero como seu sucessor. Quando Nero completou 16 anos, a mulher teria envenenado Cláudio para que assim pudesse ascender ao trono.

2 – Albert Einstein

Quando falamos sobre o campo da física é impossível não nos lembrarmos de Albert Einstein, um nome que revolucionou o campo da ciência. Em 1903, Einstein se casou com Mileva Maric, outra física. Juntos eles tiveram uma filha. Em 1912, Einstein teria deixado sua esposa para se envolver com sua prima, Elsa. Em 1919, o cientista se divorciou oficialmente de Mileva. Em 1918, o físico terminou seu relacionamento com Elsa para ficar com uma das filhas dela, Ilse. Naquela época, Ilse trabalhava como secretária de Einstein.

3 – Cleópatra

Em 51 a.C., após a morte de seu pai, Cleópatra assumiu o trono aos 18 anos de idade. Na época, a rainha do Egito estava casada com seu irmão de apenas 10 anos, Ptolomeu – o que não era incomum naqueles tempos. Seu próprio pai havia sido casado com sua irmã. A ascensão de Cleópatra ao trono não aconteceu em um bom momento, pois o Egito estava passando por uma forte crise econômica.

A rainha e seu marido então travaram uma guerra. Julio Cesar saiu em favor de Cleópatra e matou seu esposo e irmão em 47 a.C. Até os dias atuais, este é considerado um dos piores casamentos da história da humanidade.

4 – Edgar Allan Poe

Quando Edgar Allan Poe se casou com sua prima Virginia, ele tinha 27 anos enquanto ela tinha apenas 13. A diferença de idade entre os dois era tão grande que Poe foi professor particular de Virginia por muitos anos. Algumas pessoas justificaram a união do casal dizendo que o casamento só aconteceu porque Virginia teria seria enviada a um parente rico depois que sua mãe morreu e eles não queriam se separar. Outras pessoas alegaram que o casamento nunca foi consumado até que Virginia tivesse idade para tal acontecimento.

5 – Atahualpa

O último imperador do Império Inca, Atahualpa, foi casado com sua própria irmã. O imperador vivia uma guerra civil contra seu irmão Huáscar, quando o espanhol Francisco Pizarro chegou. Por medo de que Pizarro pudesse ajudar seu irmão a ascender ao trono, Atahualpa mandou que Huáscar fosse executado. Entretanto, a execução de seu irmão e seu relacionamento incestuoso levaram Atahualpa à morte na mão dos espanhóis.

6 – Imperador Suinin

Ele foi o 11º imperador do Japão e teria se casado com sua prima Saho-bime no século 3 d.C., e isso é uma das poucas coisas que sabemos sobre o imperador. A falta de informações o levou a ganhar o apelido de ‘lendário’. Casamentos incestuosos eram comuns dentro das famílias reais no país, até a Dinastia Tang, no século VIII d.C., quando a cultura chinesa teve uma significativa influência no Japão.

7 – Charles Darwin

Darwin se casou em 1838 com sua prima Emma Wedgwood e isso, aparentemente, gerou muitos problemas para o cientista e sua família. Ao longo da sua união, eles tiveram 10 filhos. Três deles morreram de doenças degenerativas ainda durante a infância. Um de seus filhos, Charles Waring, morreu em 1858 e Darwin perdeu a sua primeira apresentação pública de sua Teoria da Evolução para ir ao funeral.

Mesmo alguns deles sobrevivendo até se tornarem adultos, Darwin teria descrito que a saúde deles não era ‘robusta’. O cientista, inclusive, teria pedido ao governo britânico para realizar um estudo sobre a união de primos e a saúde de seus filhos. No entanto, o pedido de Darwin foi negado.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

7 disputas territoriais bizarras que você não conhecia

Matéria anterior

7 personagens que quase arruinaram Naruto

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos