• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 provas de que estamos sendo espionados o tempo inteiro

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      22/03/18 às 14h07

Muitas pessoas podem não saber, mas o governo está mais presente em nossas vidas do que imaginamos. Eles e diversas empresas podem estar nos observando o tempo inteiro. Eles conseguem informações sobre tudo o que fazemos. Desde as nossas pesquisas na internet até os nossos movimentos físicos. A medida com que a tecnologia avance, mais eles conseguem encontrar facilidades em nos espionar. Nossos dados são armazenados de diversas formas e, com autorização legal, eles podem obtê-los sem o nosso consentimento. Por um lado isso é bom, visto que algumas investigações criminais puderam ser resolvidas utilizando esses meios.

Pensando um pouco sobre isso, nós da Fatos Desconhecidos resolvemos trazer essa matéria para vocês. Listamos algumas maneiras que, acredite você ou não, possam estar nos espionando. Após uma busca, encontramos coisas que jamais imaginaríamos. Aproveite para compartilhar com seus amigos essa lista e alertá-lo sobre essas coisas. Se você souber de algum outro jeito que não listamos, manda pra gente aí embaixo.

1 - Câmeras nas ruas

Em 2011, havia pelo menos uma câmera para cada 32 cidadãos no Reino Unido. Em 2016, esse número mudou para uma câmera responsável por 11 pessoas. Isso fez com que o Reino Unido se tornasse o lugar mais espionado do mundo. Porém, eles não estão sozinhos nessa vigilância dos cidadãos. Vários países possuem câmeras de segurança instaladas nas ruas. Nos Estados Unidos, essa tecnologia ajuda as autoridades a solucionarem diversos crimes. É por esse motivo que as câmeras são instaladas. No entanto, essa crescente deixa algumas pessoas desconfortáveis, pois tira um pouco da privacidade da população.

2 - TVs

Se você possui uma SmartTV, saiba que ela pode estar indo além de registrar o que você assiste. Existe a chance de alguém estar te observando. Muitos modelos de TVs inteligentes possuem microfones e câmeras embutidas. Caso haja algum tipo de violação no aparelho que está operando, outras pessoas poderão espionar suas ações por meio desse aparelho. Essas violações foram questionadas, pois não oferecem uma verificação de segurança detalhada e, com isso, os dados dos consumidores podem facilmente ser roubados.

3 - Cartões de crédito

Existe há muito tempo uma teoria da conspiração que os cartões nos monitoram. Essa teoria pode estar certa. O uso de alguns cartões e realização de compras eletrônicas pode ser monitorado em tempo real pelo governo dos Estados Unidos e outras agências de inteligência. A razão para isso é notar os padrões incomuns de compras ou gastos que podem ser relacionados a possíveis atos terroristas. Pelo menos nos Estados Unidos, é necessária uma autorização do FBI para acessar as informações dos cartões. Além disso, será emitida por um juiz uma ordem de não divulgação, ou seja, quem estiver sendo observado não será informado por seu banco.

4 - Pesquisas na Internet e no histórico no navegador

Toda vez que realizamos uma pesquisa no Google, os dados são registrados e armazenados. Esses registros podem ser acessados pelo governo quando eles sentirem essa necessidade. Em novembro de 2015, o governo do Reino Unido anunciou que, como forma de lutar contra o terrorismo, o histórico das pessoas seriam mantidos por um ano pelos provedores de internet. Palavras chaves como "gatilhos" são utilizadas frequentemente para garantir que o governo analise de perto o histórico das pessoas.

5 - Smartphones

Acredite ou não, mas os nossos celulares são extremamente inteligentes e armazenam diversos dados sobre nós, até mesmo movimentos físicos. As pesquisas e demais ações também são mantidas. Quanto mais modernos são os aparelhos, mais informações as empresas conseguirão. É possível alguns celulares rastrearem o movimento dos usuários no último ano inteiro. Todas as vezes que um aplicativo é baixado no celular, ele provavelmente armazene informações sobre você, principalmente que a maioria você precisa autorizar o uso de alguns serviços, como câmera ou microfone. A maioria das empresas telefônicas afirma que essas informações são mantidas somente no dispositivo.

6 - Redes Sociais

Dependendo das configurações de privacidade, qualquer pessoa pode saber tudo sobre você utilizando as redes sociais. O governo pode facilmente monitorar suas postagens nas redes, mesmo se for bloqueadas. Além disso, eles conseguem acesso às mensagens privadas caso tenham um mandado de investigação. Isso acontece em diversos países, como: Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia e Austrália.

7 - Drones

Em março de 2016, o governo dos Estados Unidos admitiu que usava drones para espionar cidadãos americanos. Os detalhes foram parcialmente liberados. A maioria das missões com esse dispositivo estava envolvida em missões de busca e resgate em inundações ou incêndios. A notícia de que o FBI também usava drones para espionar as pessoas deixou diversos cidadãos norte-americanos inquietos.

E aí, o que você achou sobre isso? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+