• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 seitas esquecidas das principais religiões

POR Natália Pereira    EM História      21/05/18 às 18h56

Depois de levar algumas das seitas mais conhecidas como base, a maioria das pessoas passou a associar esses grupos a uma forma extremista e errônea de mostrar os seus ideais. Mas, por incrível que pareça, essa pode não ser toda a verdade sobre elas. O nome seita vem do latim 'secta' e significa seguidores. E, ao contrário do que muitos pensam, elas podem indicar grupos voltados tando para os campos religiosos, filosóficos e políticos.

Para falar a verdades, as seitas são uma segmentação criada com base em doutrinas preexistentes. Isso porque, em algum momento, eles acabam discordando de certos pontos ou tendo algumas práticas divergentes. Mas, no geral, as principais religiões já deram luz a diversas seitas no passado que, de alguma forma, acabaram sendo esquecidas com o tempo. E, mesmo que não estejam presentes atualmente, merecem ser lembradas.

1 - Kharijitas

Os Kharijitas, ou Carijitas, foram a primeira seita registrada como advinda do Islã, o que deixa claro a sua importante para a história. Mas, ainda assim, a maioria das pessoas que não são adeptas a essa religião nunca ouviram falar dela. Acontece que, depois da morte de Maomé, uma enorme discussão foi criada para afirmar quem deveria ser o novo califa. Dando origem a seita dos xiitas e sunitas, que debatiam o assunto. Porém, logo depois, uma terceira ramificação se originou com embasamentos e ideias diferentes das demais. Isso porque, de acordo com os Kharijitas, qualquer um que recebesse o chamado de Alá poderia ser um califa.

O problema foi que, com o tempo, as suas ideias acabaram se tornando mais extremistas. Eles difundiram os seus ideais de forma rígida e começaram a se tornarem violentos com aqueles que se opunham aos seus ideais. No geral, apesar de terem começado com pensamentos de inclusão que permitiam que outras pessoas se tornassem califas mesmo sem terem uma linhagem com Maomé, estes acreditavam que isso não podia acontecer caso você tivesse cometido um pecado muito grande. Depois que a violência se tornou evidente, o grupo foi dividido em partes menos extremistas.

2 - Quranists

Se você acha que o Islã é uma religião muito tradicionalista é porque ainda não conheceu a seita dos Quranists. Eles partiram dela mas, em algum momento, acabaram se tornando ainda mais rigorosos. De acordo com eles, a única palavra de Alá seria a presente no Alcorão. Fazendo com que qualquer coisa que não seja realmente derivada dele uma fraude completa. Isso faz com que eles rejeitem até mesmo hadith - palavras e ensinamentos colocados pelo profeta Maomé. Ou seja, a única regra real que deve ser estabelecida para o comportamento humano deveria ser a presente no Alcorão.

3 - Adamitas

Desta vez a seita foi originada a partir do cristianismo, apesar de ter enfrentado reprovações da mesma. Isso porque os adamitas acabaram mostrando aversão as regras impostas pela sociedade, acreditando que as únicas válidas seriam aquelas viáveis no Jardim do Éden. Isso fez com que eles vivessem em adoração a natureza e andassem nus durante suas atividades, já que achavam que essa era a forma como você iria se encontrar com Deus. Além disso, eles julgavam os bens materiais como malignos e o espirito humano como bom, fazendo com que basicamente todas as suas ações fossem consideradas boas quando não estava ligada ao consumo.

4 - Shabbetaianism

De forma geral, a Igreja Messianica sempre pregou que um salvador viria para ajudar os judeus a encontrar o seu destino e segui-lo. Mas, em certo momento, certas pessoas acabaram se aproveitando disso. Uma delas foi o Shabbetai Tzevi, um homem que nasceu em 1626 e acabou atraindo seguidores quando tinha 22 anos. E, depois de ser expulso da sua cidade natal, Smyrna, o homem acabou viajando pelo Oriente Médio com a intenção de conquistar mais seguidores.

Ele acabou sendo repreendido e passando por diversos conflitos por seu posicionamento, fazendo com que ele fosse preso em Constantinopla em 1666. Ainda que tenha morrido com poucos seguidores na época, uma seita chamada Shabbetaianismo  acabou se formando com base nele. Eles realmente acreditavam que o homem era o Messias.

5 - Bardaisanites

Com um papel muito importante, o Bardaisan foi o primeiro a tentar converter os sírios ao cristianismo. Durante o período, a seita dos Bardaisanites acabou adquirindo muitos seguidores e se tornando realmente grandes. De acordo com eles, Deus teria criado o mundo de acordo com o 4 elementos. Sendo estes a água, o fogo, a terra e a luz. Além disso, o grupo rejeitava a ideia do mal e de satanás, afirmando que essa seria uma forma de representar a hierarquia. Difundindo, também, que as pessoa deveria ser responsável por seu próprio corpo e reprodução, já que estes eram extremamente importantes para o ciclo da vida.

6 - Millerites

O homem responsável pelo surgimento da seita dos Millerites foi um homem chamado William Miller. De acordo com ele Jesus retornaria para a Terra no momento próximo ao apocalipse. Se tornando essencialmente parecidos com os mórmons, o que fazia com que eles interagissem entre si. Eles começaram a estudar possíveis datas apocalípticas e anunciaram uma que aconteceria na década de 1840. Mas, como isso não aconteceu, eles acabaram sendo desacreditados e desapareceram.

7 - Shugendo

A seita dos Shugendo foram, na verdade, originadas de várias religiões. Dentre elas estavam o xintoísmo, o taoismo e o budismo,as principais crenças presentes no Japão. Ainda assim, ela acabou sendo mantida em segredo e apenas algumas poucas pessoas podiam fazer parte da mesma. Isso fez com que muitos fatores sobre ela permanecessem desconhecidos. Mas, sabe-se que ela era embasada em visões e previsões. Tendo as montanhas como uma de suas principais adorações. Crendo que a cura deveria ser feita com o poder da natureza e que os espíritos malignos. deveriam ser expulsos.

Apesar de terem se originado de religiões popularmente conhecidas, a maioria dessas seitas acabaram sendo dissolvidas e esquecidas com o tempo. O que acaba tornando-as ainda mais intrigantes, concordam? Já conheciam alguma delas?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+