Fatos Nerd

8 imagens dos bastidores de Thor que irão mudar a forma como você vê os filmes

0

Graças a evolução tecnológica, o cinema ficou ainda melhor. O lugar que antes criava mágicas, hoje opera milagres. Claro, no fundo tudo depende de quanto o estúdio tem e está disposto a gastar para alcançar a glória. Por causa do avanço da computação gráfica, os filmes de super-herói estão cada vez mais reais. Nesse quesito, a Marvel Studios procura sempre oferecer o melhor para seus fãs. Desde o início do seu universo cinematográfico, os efeitos melhoram a cada produção. Filmes como Guardiões da Galáxia são filmados quase por completo em chroma key.

Nesses cenários, cabe aos atores usarem a imaginação da melhor forma possível. Vingadores: Guerra Infinita é o lançamento mais recente do estúdio. Dada a história e a ambientação, o filme quase não precisou de locações externas. Antes dele, outra obra também trabalhou bastante com o auxílio do chroma key. Thor: Ragnarok chegou aos cinemas no final de 2017 e, contra todas as expectativas, se consolidou como o melhor filme solo do herói. Junto com os roteiristas Eric Pearson, Craig Kyle e Christopher Yost, o diretor Taika Waititi tentou superar a imagem negativa deixada pelos antecessores. O sucesso foi alcançado e Ragnarok não só caiu na graça dos fãs, como também apresentou a melhor versão cinematográfica de Thor.

Além do retorno de Chris Hemsworth como o Deus do Trovão, Tom Hiddleston como Loki e Idris Elba como Heimdall, a produção teve alguns ótimos acréscimos ao elenco. A Senhora de Lothlórien, Cate Blanchett, estreou na Marvel como a deusa asgardiana da morte Hela, Jeff Goldblum como o Grão Mestre e Tessa Thompson como Valquíria. Com um elenco desses, as gravações do filme não poderiam ser menos que divertidas. O filme já passou, mas as curiosidades continuam. A seguir, confira algumas imagens do animado ambiente dos bastidores de Thor: Ragnarok.

1 – Loki é digno sim!

Loki foi introduzido no universo cinematográfico como vilão em Thor. Ele fez o trabalho tão bem feito que voltou como vilão principal também em Os Vingadores. Com o passar dos filmes, contudo, ele começou um processo de redenção, tendo o ápice de sua transformação em Ragnarok. Cheio de fãs, sua morte foi muito sentida em Guerra Infinita. Para encerrar a discussão se Loki completou sua transição para o lado da luz ou não, nada melhor que a imagem dele com o Mjolnir erguido.

2 – O pai de todos

Anthony Hopkins é um ator brilhante, porém não costuma fazer muitos trabalhos de comédia. Por isso, vê-lo em cenas de deboche pode ser estranho, mas bem recompensador. Graças a Thor: Ragnarok, isso foi possível. Na foto, Taika Waititi e Chris Hemsworth compartilham todo o seu amor pelo pai de todos os deuses asgardianos.

3 – Processo de transformação

Pensou que Hulk era apenas computação gráfica? Nada disso. O personagem tem quase um corpo completo construído. Essas partes auxiliam o encaixe dos efeitos especiais na pós-produção. Mark Ruffalo, além de fazer a captura de performance do personagem, também precisa usar esses acessórios gigantes em algumas ocasiões.

4 – Hela yeah!

Cate Blanchett estava deslumbrante como Hela. A vilã já chegou com o ego maior que Midgard e logo tomou conta de Asgard. Ela destruiu o Mjolnir, baniu Loki e Thor e foi viver o sonho de governante. O que ninguém sabe é o trabalho necessário para manter toda essa pose. Assim como as princesas clássicas da Disney, não pode falta aquele ventinho no cabelo.

5 – Nada de fogos

Tessa Thompson foi um dos melhores acréscimos ao elenco e esperamos vê-las nas futuras produções. Sua Valquíria causou tanto impacto em Thor como sua queda na Terra. Como esperado, a cena no final, quando ela sai da nave sob as luzes de fogos de artifício, não teve nada de especial durante as filmagens.

6 – Kiss, kiss! Bang, Bang!

Thor e Hulk possuem uma relação de amor e ódio desde do primeiro encontro em Os Vingadores. Ela foi desenvolvida e fortalecida em Ragnarok, mas não antes dos dois saírem no braço. A briga acaba quase empatada, mas poderia ter seguido outra direção de acordo com a imagem acima. Claro, ela não passa de uma brincadeira entre o ator e o diretor.

7 – Incrível Hulk

Mark Ruffalo no processo de filmagens enquanto Hulk não tem nada de incrível. O ator precisa vestir uma roupa especial para a captura de performance. Além disso, um bastão precisa ficar em suas costas como referencial da altura do personagem.

8 – CGI até no cabelo


Na verdade, o cabelo de Hela é o da atriz mesmo, mas seus chifres não. Thor: Ragnarok foi um filme que exigiu muita computação gráfica e em detalhes difíceis de se imaginar. Por exemplo, os chifres na cabeça de Hela não é nenhum chapéu especial, mas uma mentira mesmo. Eles foram feitos por meio de CGI e precisou contar com a linguagem corporal da atriz para ser verossímil.

7 Barbies mais caras que existem

Matéria anterior

7 ‘cidades secretas’ que foram mantidas em segredo da população

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.