História

9 razões que vão te deixar feliz por não ter vivido na Idade Média

0

Vários historiadores contemporâneos e especialistas retratam a Idade Média como uma época de pobreza, atraso e arbitrariedade religiosa. Para eles, a visão coloca o período como escuro, salvo somente pela Renascença e, mais tarde, pela Revolução Industrial.

Para mostrar esse ponto, são apresentados retratos de problemas sociais, pobreza, falta de higiene como alguns dos ingredientes de um cenário caótico, repleto de destruição. Se você é fascinado pelo período da Idade Média, vai precisar rever alguns conceitos.

Aqui estão alguns fatos desse período controverso que ajudou a moldar vários conceitos de nossa história.

1 – Mulheres não tinham nenhum direito

1

Mesmo que o estupro fosse considerado um crime na maior parte da Europa medieval, as leis sobre o sexo podiam ser diferentes quando se tratava do casamento. Uma esposa não podia recusar os desejos sexuais de seu marido, mas eles também não podia recusar as vontades das mulheres. A crença popular dizia que as mulheres estavam sempre em busca de sexo e que seria prejudicial para a saúde não manter uma vida sexual ativa. Naquele contexto, as mulheres eram praticamente vistas como objetos para o sexo, serviços caseiros e criação de filhos.

2 – Não havia ruas para se caminhar

2

Na maioria das cidades medievais não havia ruas asfaltadas e as pessoas precisavam caminhar na terra. Pode parecer uma realidade comum ainda em várias partes do mundo, sem grandes problemas. Mas naquela época, não era só em terra que as pessoas precisavam pisar. A maior parte do chão era coberta de fezes de humanos e animais, além de restos de bichos mortos e comida podre espalhadas por todos os lados.

3 – A cozinha medieval era nojenta e pouco saudável

3

A violência da Idade Média provoca uma sociedade primitiva sem muita elegância e refinamento. As comidas medievais eram feitas basicamente de ingredientes naturais cultivados em feudos. As massas comiam grandes quantidades de pão, carnes de baixa qualidade ricas em gordura, com uma dieta que sofria com a falta de frutas e vegetais em geral.

4 – A medicina era baseada principalmente em superstição

4

Um diagnóstico médico durante a época medieval podia envolver astrologia e outras teorias variadas que hoje seriam consideradas completamente malucas dentro de um consultório. Por exemplo, o derramamento de sangue era uma das técnicas mais aceitas e reconhecidas como método de tratamentos de diferentes doenças, já que a maioria dos especialistas acreditava que se livrar do sangue causaria a eliminação de doenças que estavam contaminando o paciente.

5 – A expectativa de vida era muito menor do que em hoje

5

Pelo que nós sabemos hoje em dia a respeito da expectativa de vida média para um adulto nascido na região da Inglaterra entre 1276 e 1300 era de apenas 31 anos. Para mulheres, as coisas eram um pouco mais otimistas, pois elas conseguiam chegar a uma idade um pouco mais avançada, depois da fase de fertilidade, que podia chegar até por volta dos 40 anos.

6 – A maioria da população era formada por bêbados

6

Água não era uma bebida tão comum durante a época medieval em razão das dificuldades de se obter área potável. Se a água tivesse que ser bebida, a retirada diretamente da nascente era recomendada, já que apresentava bem menos riscos de doença do que a água de rios. A população também acreditava que a água fazia mal para a digestão e, por todas essas razões, as pessoas consumiam muito mais bebidas como vinho e cerveja, fazendo com que estar embriagado fosse a regra.

7 – As pessoas não tomavam banho ou lavavam as mãos

7

Mesmo que banhos públicos e técnicas de saneamento fossem comuns em Roma, Atenas e grandes cidades antigas, tudo isso mudou no período medieval. Os cristãos eram proibidos de tomar banho nus e a Igreja Católica declarou que hábitos de higiene e banhos públicos levavam a imoralidade, sexo promíscuo e doenças. Essas regras religiosas acabaram se tornando parte da rotina da maioria dos cidadãos, que começaram a abandonar qualquer tipo de costume de limpeza.

8 – A morte era comum no mundo do entretenimento

8

Hoje em dia, atores, cantores, atletas e personalidades de TV são alguns dos mais bem pagos e mais respeitados indivíduos por todo o mundo, mas na Idade Média as coisas não eram tão boas assim para eles. Se algum trabalhador de qualquer área do entretenimento falhasse na missão de fazer o rei feliz, ele poderia ser executado por não ser bom em seu trabalho, tendo um fim muito mais triste do que uma demissão.

9 – As pessoas tinham modos horríveis

9

Tirando a maior parte da realeza e algumas poucas pessoas da nobreza, a grande maioria das pessoas não sabiam o que eram boas maneiras. A maior parte delas usava xingamentos e palavras de baixo calão a todo o tempo e consideravam atos de bondade algo ruim, além de terem péssimas maneiras à mesa. Para se ter uma ideia, era considerado aceitável arrotar num alto volume durante as refeições e jogar ossos e restos de comida no chão.

Deu pra ter uma ideia do tanto que a vida era complicada na época né? Qual item você achou mais chocante? Conte para a gente nos comentários.

10 coisas que só quem teve ou tem muitas espinhas vai entender

Matéria anterior

SAIU! Liberado o primeiro trailer de Homem Aranha: De Volta ao Lar

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em História

Comentários

Comentários não são permitidos