As pessoas estão vivendo em caixões em Hong Kong, descubra o porquê

POR Jesus Galvão    EM Mundo Afora      04/05/18 às 19h21

Em 2016, o número de pessoas vivendo na pobreza em Hong Kong já representava cerca de 20% de sua população total. Em números quase exatos, cerca de 1,6 milhão de moradores. Hong Kong além de suas cores e iguarias é extremamente dividida entre os ricos e os pobres.

Apesar dos esforços do governo, muitas pessoas ainda continuam a viver de forma precária e em uma das piores condições de vida do mundo. Mesmo após a implementação de um sistema de bem-estar social, como forma de elevar as pessoas acima da linha oficial da pobreza, ainda há aqueles que vivem em apartamentos subdivididos.

Eles são conhecidos como "cubículos caixões". Dentro dos apartamentos originais placas de metal e compensado os divide em unidades, e posteriormente em cubículos. Para se ter uma noção, um apartamento de 37 metros quadrados pode ser capaz de comportar até 20 acomodações com cerca de 1,80 metro por até 76 centímetros.

O fotógrafo Benny Lam através de suas lentes capturou alguns desses "abrigos". Por intermédio de uma ONG, a Sociedade pela Organização Comunitária (SOC) - em tradução livre, que entrou em contato com alguns dos moradores dos "caixões" e pediu para que ele pudesse visitá-los. Alguns moradores sequer responderam. No entanto, Lam recebeu a permissão por parte de alguns outros.

"Eu queria fazer algo sobre essa questão social. Não há janelas para ventilação e as camas são muito curtas para os moradores se deitarem completamente.", disse Benny. Em uma das visitas uma das moradoras dos cubículos teria preparado um jantar para o fotógrafo e representantes da SOC. "Foi difícil dizer se o cheiro vinha da comida ou da privada", brincou.

Ainda segundo Benny, a casa dessa moradora era uma das melhores que ele pode visitar. No lugar havia uma pia e um lavabo, completamente espremidos entre os pertences da senhora. O que tornava tudo muito desconfortável. Existem milhares de famílias de baixa renda alocadas nesses cubículos e na visão de Lam, se você ainda não esteve em um espaço confinado você não entenderia o tamanho do problema.

Confira abaixo algumas das fotos registradas por Lam nos cubículos caixões que estão servindo de moradia para os cidadãos de Hong Kong.

#1

#2

#3

#4

#5

#6

#7

#8

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueça de compartilhar com os amigos.

Via   VICE  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+