Que o cachorro é o melhor amigo do homem, isso todos nós já sabemos, mas pelo visto, o cachorro é mais que isso, e já se mostrou diversas vezes ser o melhor amigo de todo o reino animal. Aqui mesmo já mostramos a amizade entre um cachorro e um golfinho, e também de um cachorro que sumia para visitar um cervo.

Temos muitas lições preciosas sobre amizade para aprender com esses animais. O fato é que um amigo pode salvar vidas e trazer muita alegria, e quem melhor para isso do que um pequeno filhote? Charlie é um golden retriever que está com 11 anos de idade, isso pode parecer pouco, mas na idade dos cachorros, ele já considerado idoso. Além disso, há alguns anos atrás, Charlie acabou ficando cego e perdeu a alegria de viver, até que a chegada de um pequeno filhote mudou os ânimos de toda a família.

A chegada do filhote

Quando completou 11 anos de idade, Charlie chegou à terceira idade canina, mas ainda está cheio de amor para compartilhar. Acontece que há alguns anos atrás, a vida de Charlie mudou completamente e ele se viu no escuro, depois de passar por uma cirurgia para a retirada dos olhos, devido a um agressivo glaucoma.

O cachorro, que vivia a correr pela casa espalhando alegria, precisou se adaptar rapidamente à nova realidade. Ele “desacelerou” a sua rotina, e toda a sua animação acabou, compreensivelmente, dando lugar a um Charlie mais “reservado” e quieto.

Publicidade
continue a leitura

Mas, recentemente, Charlie recebeu um presente que acabou trazendo novos ânimos para a sua rotina sossegada. Com a chegada de um novo cãozinho para lhe fazer companhia, Charlie agora tem um novo amigo, que além de compartilhar brincadeiras, ainda o guia nas aventuras pela casa. Trata-se de outro cão, o filhote Maverick.

Para os donos de Charlie, Chelsea Stipe e seu marido, ele ainda era um cachorro feliz, mas pensaram que ele ficaria ainda melhor se tivesse um parceiro para lhe fazer companhia. E eles estava certos. Com a chegada do pequeno Maverick, a rotina de Charlie mudou completamente, e para melhor, diga-se de passagem.

A amizade

Publicidade
continue a leitura

E foi instantânea a conexão entre os dois cães, e eles rapidamente se tornaram amigos inseparáveis. Assim, a energia e entusiasmo de Maverick serviram como uma inspiração para Charlie.

“Charlie definitivamente ficou mais brincalhão e divertido desde que Maverick chegou”, disse Chelsea. “Nós comprávamos brinquedos para Charlie, e ele nem os utilizava. Agora, eles brincam em conjunto o tempo todo” completou.
Mesmo que o filhote tenha apenas alguns meses de idade, ele parece entender a condição de Charlie, e tem se adaptado para ajudá-lo pela casa com essa limitação, sendo tipo um cão-guia.

“Ele sabe que Charlie é diferente. Quando eles caminham juntos, Maverick ajuda a manter Charlie na linha”, conta Chelsea.

Charlie e Maverick fazem tudo junto, e mesmo que sejam diferentes, isso não parece ser um empecilho para eles, pelo contrário, isso parece ter os unido ainda mais.

Publicidade
continue a leitura

“É incrível. Eles são uma excelente combinação”, disse Chelsea. “Eles estão sempre juntos”, enfatiza.
Infelizmente, não há nada a ser feito quanto a idade e condição de Charlie, mas ele ainda pode ter muita felicidade e qualidade de vida, e Maverick o tem ajudado muito nesse quesito.

“Charlie é um cachorro mais velho. Costumávamos pensar que poderíamos perdê-lo a qualquer momento. Mas agora, com Maverick, é como se tivesse dado uma sacudida nele, esse gosto pela vida novamente. Se ele tivesse olhos, eu sei que haveria um brilho neles”, finaliza Chelsea.

Por um mundo mais amizades como essas. E você, o que você achou dessa amizade? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Publicado em: 25/03/19 19h09