A incrível história do cachorro que caminhou mais de 3 mil km para encontrar sua família

POR Jesus Galvão    EM Mundo Animal      29/05/18 às 19h46

Adam Herbaugh cidadão de Roaring Spring, no estado norte-americano de Pensilvânia, e dono de dois cachorros nunca teria imaginado que poderia encontrar um novo companheiro para sua família. Durante um passeio, enquanto caminhava com seus animais ele ouviu um tilintar atrás dele, e ao se virar ele se deparou com a imagem de um cão da raça Coonhound de pelagem marrom que o estava seguindo.

Em tom de brincadeira Herbaugh, perguntou ao cão se ele gostaria de o acompanhar até a sua casa. O que ele não esperava é que o cão de fato o acompanharia. A essa altura, e pela coleira de identificação que o animal utilizava Herbaugh já havia percebido que se tratava de um animal perdido.

A busca

Adam levou o cãozinho, de nome Jake, até um veterinário, que durante a consulta percebeu que ele estava utilizando um microchip de identificação - registrado em Phoenix, no Arizona, a mais de 3 mil quilômetros de distância. Eles então acionaram uma organização de proteção aos animais chamada Darrah Bull Bully Rescue para ajudar Jake.

Renae Metz, presidente da organização ficou abismado quando percebeu o quão longe Jake havia andado para chegar até Roaring Spring. "A reação inicial foi um completo choque", disse Metz. A verdade é que o cão desapareceu da casa de seus verdadeiros donos há quase um ano e meio.

"Há especulações de que possivelmente um motorista de caminhão tenha encontrado Jake no Arizona e o tenha levado para a Pensilvânia, mas isso é apenas um palpite devido ao fato de termos uma grande empresa de caminhões em nossa pequena cidade", afirmou Metz.

A jornada

Então, ao contatar a família de Jake, uma grande jornada começou. Voluntários se engajaram para ajudar o animal a voltar a seu verdadeiro lar. Foram necessárias 30 paradas, 20 motoristas antes de Jake se reunir novamente com sua família. O animal durante toda trajetória utilizou uma camisa branca, onde os voluntários podiam escrever seus nomes como forma de lembrança a família de Jake.

Quando Jake chegou em casa era evidente o quanto ele sentia falta de sua família. Seu dono ficou muito emocionado e agora ele teria que dividir a casa com um novo irmãozinho. Graças a tecnologia, foi possível reunir novamente o cão e seus verdadeiros proprietários. "Microchips são uma ferramenta incrível para reunir os donos e cães perdidos e essa foi a principal razão pela qual Jake conseguiu encontrar seus donos novamente." disse Metz.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Via   LifeBuzz  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+