Mundo Animal

Cães e gatos podem conviver em harmonia?

cães
0

Cães e gatos podem ser melhores amigos ou inimigos declarados. O tutor desses pets pode ser uma peça fundamental para que os dois animais convivam de forma harmoniosa. Além disso, se os dois forem inseridos no mesmo ambiente desde bebês, dificilmente o tutor terá problemas com a adaptação dos bichos.

O problema maior surge quando cães e gatos são destinados à convivência quando já atingiram uma certa idade, visto que cada um já se adaptou com um ambiente só seu. Mesmo assim, ainda é possível que os donos dos bichinhos possam criá-los juntos, mas tudo depende da forma como isso é feito.

Táticas para a boa convivência de cães e gatos

Em primeiro lugar, é preciso muita paciência. O ideal é que se crie uma aproximação gradual e supervisionada. Para isso, pode ser interessante manter os animais em ambientes separados no início e apresentar, aos poucos, objetos com o cheiro de cada um, como cobertores e caminhas, para que eles se familiarizem com o odor um do outro.

Pixabay

Embora algumas pessoas costumem segurar um animal perto do outro para que eles possam se cheirar, essa prática não é correta. Todo o trabalho deve ser feito aos poucos e, caso haja pressa, a convivência entre cães e gatos pode não ser tão harmoniosa.

O ambiente preparado para eles deve ser familiar e tranquilo: é importante que o encontro aconteça em um ambiente em que ambos se sintam seguros. Por isso, prefira introduzir o novo pet em algum cômodo de sua casa, longe de barulho ou interrupções.

Evitar dar mais atenção para um do que para o outro ou repreender um na presença do outro também é uma boa tática para que eles aprendam a conviver. Caso o tutor não tenha atenção a esses detalhes, os animais ficarão estressados e dificilmente criarão uma amizade.

Pixabay

O tutor também não deve permitir que um dos bichos se aposse do que era do outro ou tome seu lugar, como brinquedos ou caminhas. Mesmo que o cachorro e gato vivendo juntos se tornem grandes amigos, é importante que cada um tenha seu espaço! Tanto os cães como os bichanos são animais territorialistas e a ideia de outro peludo invadindo seu território não é nada agradável.

Portanto, cada pet deve ter sua própria caminha, bebedouro, comedouro e acessórios. Essa divisão deve ocorrer mesmo em casas menores. Outro ponto importante para quem deseja ter cachorro e gato juntos é estar sempre alerta. Isso deve ocorrer especialmente durante os primeiros meses. Mesmo que os pets não briguem, devemos lembrar que o comportamento dos cães e dos bichanos é bem diferente.

Muitas vezes, o cachorro gosta do gato e, por isso, quer envolver o bichano em brincadeiras mais animadas, mesmo quando o gato deseja descansar. Esse comportamento pode acabar gerando brigas e deixando a relação conflituosa.

cães

Pixabay

Como a personalidade dos dois animais é bem distinta, é necessário que os dois tenham os estímulos corretos em casa. Por isso, é importante sempre oferecer brinquedos específicos para cada um dos seus pets. Além disso, investindo em enriquecimento ambiental, o cachorro poderá se divertir sozinho.

Assim, a chance de o cãozinho incomodar o gato é bem menor. Um ponto muito importante é a atenção destinada aos dois na mesma intensidade. Se o pet perceber que há preferências dentro de casa, ele pode se sentir enciumado e, dessa maneira, desencadear problemas comportamentais.

Além disso, o reforço positivo é uma das melhores práticas para quem quer aprender como fazer cachorro gostar de gato e vice-versa. Nele, o pet é recompensado com carinho ou petisco após um bom comportamento. Para isso, basta recompensar seus pets sempre que eles estiverem juntos se divertindo, brincando ou simplesmente descansando sem nenhum atrito.

Se mesmo com todas essas dicas os animais ainda não estiverem convivendo bem, o recomendado é que seja solicitada a ajuda de um adestrador. O profissional pode identificar as inseguranças de cada um e trabalhar para que o bichinho se sinta mais confortável e, consequentemente, não se incomode com a presença do outro.

Fontes: Revista Casa e Jardim e Petz

Os novos mistérios por trás da matéria escura

Matéria anterior

Helicópteros e drones podem voar em outros planetas?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications