Chuva de meteoros causada pelo cometa Halley pode ser vista até quinta

POR A redação    EM Curiosidades      21/10/14 às 11h51

Quem ficar atento às estrelas durante a noite e madrugada desta terça (21) até quinta-feira (23) terá a chance de ver até 20 meteoros por hora riscando o céu. Esse fenômeno é conhecido como Orionídeas, que começou por volta do dia 9 e deve seguir até 29 de outubro. Essa chuva de meteoros ocorre quando a Terra passa pela região do espaço em que foi deixado um rastro de poeira pelo cometa Halley. "É como se a Terra estivesse passando por uma nuvem de detritos", explica Felipe Braga Ribas , astrônomo do Observatório Nacional.

A Orionídeas pode ser vista a olho nu em qualquer canto do Brasil e em outros países. É obvio que para ver, é aconselhável que você se afaste das grandes cidades iluminadas, porque a poluição luminosa atrapalha a vista do fenômeno. Especialistas alertam que o melhor horário para a visualização é a partir das 23 horas.

O ponto de referência a ser observado no céu é a região onde ficam as Três Marias, estrelas da constelação de "rion. Ainda é importante que o céu esteja limpo sem nuvens.

[caption id="attachment_16207" align="aligncenter" ]Constelação Três Marias Constelação Três Marias[/caption]

Dicas

Para observar o céu por um longo período sem ter dores no pescoço, vale a pena usar uma cadeira de praia e uma toalha para apoiar.
Em regiões mais escuras é mais fácil observar, já que a maioria dos detritos luminosos são pequenos, em grandes cidades você só vai conseguir observar os maiores e terá um espetáculo pela metade.

Não consegui ver ontem (21)

Então basta apertar o play no vídeo abaixo, são poucos segundos mais é uma das cenas mais incríveis que você verá na vida.
https://www.youtube.com/watch?v=CpIxj61rbSs

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+