• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Cidade alemã resolve comprar todo estoque de cerveja para prejudicar festival neonazista

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      27/06/19 às 18h52

Habitantes de uma pequena cidade, no leste da Alemanha, interromperam a realização de um festival organizado por neonazistas. A população comprou toda a cerveja disponível em um supermercado local para evitar que o evento acontecesse. Os moradores de Ostritz, no estado da Saxônia, que faz fronteira com a Polônia, não aceitaram muito bem a ideia de um festival de rock neonazista estar acontecendo em sua cidade.

Centenas de simpatizantes do movimento neonazista de toda a Alemanha se reuniram em Ostritz, no último final de semana, comparecendo ao Shield and Sword Festival. O festival recebeu esse nome como forma de contornar uma proibição no país em usar as iniciais SS. O que faria uma clara referência à Schutzstaffel, organização paramilitar ligada ao partido nazista e a Adolf Hitler.

O festival

Entretanto, os habitantes da cidade foram mais rápidos. Em uma ação coordenada, eles compraram mais de 200 caixas de cerveja. O que acabou por esgotar o produto nos mercados locais. Assim, os neonazistas não tiveram como aproveitar seu festival como planejavam.

"Foi planejado com uma semana de antecedência. Queríamos deixar os nazistas secos", disse Georg Salditt, um dos responsáveis ??pelo plano, em entrevista ao jornal Bild.

Para piorar a situação, um tribunal local ordenou que o local fosse transformado em um zona seca por razões de segurança. Eles justificaram a decisão ao definirem o festival com sendo de "uma natureza agressiva". Desse modo, o público do festival não pôde levar sua própria cerveja para o lugar.

Foram confiscados pela polícia mais de 4 mil litros de cerveja dos participantes do festival. Estavam envolvidos mais de mil agentes da lei no evento. Cerca de 750 pessoas se inscreveram para participar do evento. A ação aconteceu à medida em que eles foram chegando no espaço onde iria ocorrer o evento com a bebida.

Secou

A venda de cerveja no lugar do festival também foi proibida. Em busca da bebida, as pessoas foram até a cidade para comprar. Porém, foram surpreendidos depois que perceberam que o estoque do produto do único supermercado havia se esgotado. "Quando os nazistas souberam o que estávamos fazendo, eles gritaram obscenidades para nós", disse Salditt, trabalhador de um centro de eventos cristão da cidade.

"Minha impressão é que os protestos da sociedade civil estão surtindo efeito, os neonazistas viram que não são bem-vindos em Ostritz", disse o chefe do Centro Internacional de Encontros de St. Marienthal, Michael Schlitt.

"Estou muito impressionado com a forma com que as pessoas de uma cidade tão pequena se posicionaram e deixaram claro que a extrema-direita não é desejada aqui", disse o primeiro-ministro regional da Saxônia, Michael Kretschmer. Ainda segundo Kretschmer, o estado da Saxônia fará qualquer coisa que esteja em seu poder para combater a ameça do extremismo de qualquer espécie.

Pessoas de várias partes da Europa fizeram ofertas de doações para cobrir os custos da compra da cerveja. Somente o Centro Internacional de Encontros de St. Marienthal chegou a comprar 100 caixas da bebida. Porém, segundo Salditt, o produto não será desperdiçado. Segundo o que foi dito por ele, a cerveja será consumida em futuros seminários que acontecem regularmente no centro.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+