Cientistas criam camisinha hipersensível, autolubrificante e com viagra

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      24/04/15 às 20h09

Algumas pessoas reclamam que a camisinha pode ser um pouco incômoda. Mas daqui a algum tempo não existirá mais desculpa para deixar de praticar sexo seguro.

Cientistas da Universidade de Wollongong, na Austrália, projetaram um tipo de  preservativos que é ultra resistentes. De acordo com eles, o produto apresentaria maior sensibilidade em relação ao látex, material do qual são feitos os preservativos convencionais.

A camisinha hipersensível é feita de hidrogel, por isso é um preservativo mais forte e mais  resistente.

Financiada por Bill Gates

Close up of colorful condoms

Você deve estar pensando de onde surgiu a ideia de criar um preservativo como esse, e também de onde veio o financiamento para isso. Os cientistas criaram o preservativo devido a um projeto financiado pelo fundador da Microsoft.

Isso mesmo, você não entendeu errado! Bill Gates decidiu dar uma forcinha para criar a "próxima geração de camisinhas".

"Tivemos uma ideia para novos materiais em Original, que teria as mesmas propriedades de borracha com uma sensação mais agradável, mas não tenho certeza se eles tem as propriedades certas para um preservativo", afirma Robert Gorkin, cientista que lidera o projeto.

"Se você torná-lo tão agradável que as pessoas não podem esperar para colocá-los, em seguida, mais pessoas vão usá-los, e espero que possamos deter a propagação de doenças", completa o cientista.

Biodegradável e com uma dose de viagra

viagra

Além de ser mais resistente e hipersensível, o preservativo também pode ser auto-lubrificante e ter sua pequena dose de Viagra. Como isso será possível, ainda é um mistério.

Mas sem sombra de dúvida, o novo produto é inovador. Outra característica do preservativo é que ele também é biodegradável. Dessa maneira, o meio ambiente pode se livrar de resíduos do tipo.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+