De certa forma, toda editora tem um artista com sua cara. Uma pessoa com diversas criações e publicações dentro da empresa. Com as histórias em quadrinhos, na DC Comics temos Geoff Johns e Grant Morrison. Na Imagine Comics podemos citar Jeff Lemire e Todd McFarlane. Já na Marvel Comics, temos Stan Lee e Steve Ditko. Antes de continuarmos, apenas uma breve ressalva: Jack Kirby faz parte do espírito da nona arte como um todo. Portanto, isso não significa que esses autores estejam presos às editoras. Veja o caso de Lee, por exemplo.

O artista se tornou a representação dos quadrinhos da Marvel. Ele foi co-criador de dezenas de personagens para a editora. Assim como escreveu tantas outras histórias. Sua fama foi impulsionada após o sucesso dos filmes da Marvel Studios. Lee ficou eternizado na empresa. Entretanto, no começo dos anos 2000, ele fez um passeio até a DC Comics. Ali, em parceria com outros autores da editora, ele iniciou o projeto intitulado Just Imagine... o qual consistia em reimaginar as principais lendas da casa. Segundo autor, a proposta era um tributo aos artistas originais dos personagens.

Dessa forma, Lee escreveu histórias para dez personagens, para a Liga da Justiça, fez Origens Secretas e não esqueceu de uma Crise. Nessa matéria especial, já falamos sobre as versões de Stan Lee da Mulher Maravilha, Batman, Superman e Lanterna Verde. Agora é hora de conhecer como era o Aquaman criado por Stan Lee e Scott McDaniel.

Aquaman criado por Stan Lee e Scott McDaniel

Publicidade
continue a leitura

Na história original do personagem, Arthur Curry é uma pessoa híbrida, metade humano e metade atlântico. Ele se torna o Rei dos Sete Mares, um dos protetores da Terra e integrante da Liga da Justiça. Sua fisiologia, como Brainiac bem diz, é uma das mais complexas criações. Arthur pode circular à vontade pela superfície e submerso em qualquer água. O Aquaman criado por Stan Lee e Scott McDaniel é um pouco diferente.

Mantendo o costume de nomes iniciados com as mesmas letras, aqui temos a história de Ramon Raymond. Ele é um jovem biólogo marinho apaixonado pela natureza e, principalmente, pela vida marinha. Ramon é um forte defensor do meio ambiente e um humano ordinário. Parte da sua rotina envolve fazer experimentos com DNA de golfinhos a fim de aumentar a durabilidade da respiração humana embaixo da água. Quando Ramon sai para um passeio de barco com sua namorada, ele resolve fazer um mergulho.

Publicidade
continue a leitura

Uma vez submerso, ele entra em contato com uma misteriosa substância verde, a qual altera seu DNA. O mais curioso é que Lee e McDaniel levaram o nome Aquaman ao pé da letra. Ramon literalmente tem seu corpo transformado em água. A princípio, ele fica no estado líquido apenas na água. Eventualmente, ele consegue controlar sua forma, podendo alterar seu estado também na superfície.

Ramon pode soltar jatos de água e ajustar a intensidade ao seu desejo. Pode afiná-los ao ponto de cortar qualquer metal. Ou mesmo borrifar água para desorientar o adversário. Ele consegue fortalecer partes específicas do corpo se quiser, como o punho. Sua forma líquida também lhe concede maior velocidade, como água correndo em tubos. Um Aquaman completo.

Publicidade
continue a leitura

Gostou do Aquaman criado por Stan Lee e Scott McDaniel? Fique ligado na Fatos Nerd para mais especiais como esse.

Publicado em: 30/08/19 17h52